Número total de visualizações de página

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Governo quer limitar acesso ao Ensino Superior em Lisboa e Porto


A ideia é levar estudantes para outras regiões do país. Manuel Heitor adianta que a medida poderá avançar já nos próximos dois anos com uma redução de cinco por cento nos chamados numerus clausus.

De fora desta redução do número de vagas em Lisboa e no Porto devem ficar os cursos com maior procura no país. Medicina, Tecnologias de Informação e Física são as áreas que não serão abrangidas pela redução do número de vagas.

Nas contas do Governo, mais de 40 por cento dos estudantes do Ensino Superior público estão nesta altura nas duas maiores cidades do país.

Mobilidade

É também em nome da mobilidade que o Governo pretende limitar os mestrados integrados, permitindo que os alunos possam fazer a licenciatura e o mestrado em instituições diferentes.
A medida vai avançar no prazo de dois anos e só a Medicina fica excluída.

O Executivo pretende ainda reativar os empréstimos para estudantes: o programa foi reduzido pela banca durante os anos de crise e estará de novo disponível a partir do próximo ano, em particular para quem já tem formação académica e pretende voltar à universidade.

Na nova estratégia de inovação que o Governo quer aprovar esta quinta-feira, o objetivo é que, até 2030, estejam no Ensino Superior 60 por cento dos jovens de 20 anos e 50 por cento das pessoas entre os 30 e os 40 anos. @ RTP notícias

har o artigo Governo quer limitar acesso ao Ensino Superior em Lisboa e Porto

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

a semana das línguas continua







as visitas do "Turismo"

Estes últimos dias têm sido “novidade” para muitos dos alunos do curso de Técnico de Turismo. Foi a primeira vez que realizaram visitas com tanto formalismo.


Visita ao hotel The Yeatman para o 11ºH (dia 15/02)


Visita à agência Abreu para o 10ºJ (20/02)



Visita ao hotel AC Porto by Marriott para o 10ºJ (20/02)



cortesia de Ginette Carvalho

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

a semana das línguas chegou



Decorre por estes dias a "Semana das Línguas". Entre exposição de trabalhos, feira de livros, gastronomia e declamações, tudo pode acontecer...

O CRESCER vai dando notícias dos eventos e hoje aproveita para partilhar um pequenino texto sobre a "Simbologia do Amor" saído das mãos de um elemento desta casa. 

Não nascemos com o Amor. É preciso desenvolvê-lo e cultivá-lo na sede das nossas emoções que é o coração. É a base de tudo. O amor é a soma de dar e receber. Quanto mais damos do nosso tempo e das nossas energias, mais recompensados seremos na nossa vida diária. O Amor é como escalar uma montanha, vale todo o esforço árduo. Compara-se também aos degraus de uma escada: quando mais subimos mais se enriquece. Assim acontece com o amor. O amor é uma âncora que nos salvaguarda. É o maior Tesouro. Indescritível. 
Marisa Poeta

domingo, 18 de fevereiro de 2018

atenção: inscrição para exames

O site da UNIAREA é bastante interessante. Nestas ocasiões ainda se torna mais útil.  À data de 16 de fevereiro publicou:

Já são conhecidas as datas relativas aos exames nacionais deste ano, bem como ao concurso nacional de acesso 2018. Podes consultar todo o calendário no nosso site, sendo a informação mais relevante o início das inscrições nos exames nacionais nesta sexta-feira, dia 16, acabando o prazo a 1 de março.

Está também disponível desde hoje o Guia Geral de Exames 2018, uma publicação anual da Direção Geral do Ensino Superior (DGES) e do Júri Nacional de Exames da Direção Geral da Educação, que se destina a informar os alunos do Ensino Secundário e respetivos encarregados de educação sobre a articulação dos cursos e exames finais nacionais do Ensino Secundário e o acesso ao Ensino Superior. São disponibilizadas aí todas informações necessárias para uma correta inscrição e realização dos Exames Finais Nacionais do Ensino Secundário, com efeitos na conclusão de curso e o prosseguimento de estudos no Ensino Superior. 

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

escola colorida




Rostos

estruturas

e

composições

no A2 e no A3...









resultados dos torneios de voleibol

Parabéns a todos os que participaram e a todos os que organizaram este torneio de voleibol.


Torneio 7º e 8º anos
FEM
1º 8ºI
2º 7ªI
MASC
1º 8F
2º 8D1
Torneio 9º e 10º anos
FEM
1º 10ºB
2º 9ºA
MASC
1º 10ºE2
2º 9ºK
Torneio 11º e 12º anos
FEM
1º 11ºI
2º 11ºB
MASC
1º 12H
2º 11ºB

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

hoje é dia de Voleibol



Tal como aqui anunciamos, hoje decorreu o Torneio de Voleibol.

Quem jogou? Quem ganhou? Como se comportaram as equipas? E o público?

Aguardemos as notícias do Desporto.

o Carnaval assume-se como uma festa onde reinam fantasias e disfarces

trabalho dos alunos de 6º ano 
«O Carnaval começou a ser festejado pelo povo grego em 600 a 520 a.C., como forma de agradecimento aos deuses pela boas colheitas do ano.
No ano 590 d.C, o Carnaval começou a ser festejado pela Igreja Católica. O período de Carnaval era apelidado como o "adeus à carne", marcando a véspera de um período de jejum e privações antes de se iniciar a quaresma. As populações festejavam e degustavam manjares para preparar o período de privações a começar no dia seguinte.
Hoje o Carnaval assume-se como uma festa onde reinam fantasias e disfarces, na qual miúdos e graúdos festejam usando máscaras e trajes coloridos que não têm possibilidade de usar durante o resto do ano. É uma época de diversão e onde são permitidas brincadeiras, seguindo o provérbio popular "No Carnaval ninguém leva a mal".» (daqui)

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Carnaval? cantem com ele e dancem com eles

É Carnaval, ninguém leva a mal!
Divirtam-se. Cantem com ele: Pharrell Williams - Happy
E dancem com eles: Music Video with Minions

"toma lá, dá cá"

À semelhança ​do ano anterior, vai ter lugar, nos dias 20, 21 e 22 de fevereiro, no âmbito da "Semana das Línguas", a "Toma lá dá cá" - a Feira de troca de livros - que este ano também integra troca de filmes - aberta a todas a comunidade.

Assim sendo, precisamos de livros e filmes para o acervo inicial. Ficamos à espera das vossas ofertas (livros e ou filmes) que poderão entregar na biblioteca.

Quem oferecer pelo menos um livro ou filme, terá acesso antecipado à lista de livros/filmes existentes que poderão reservar.
Helena Borges

as diferentes formas de comunicação que enriquecem as relações humanas



No dia 24 de janeiro os alunos de Educação Moral e Religiosa Católica do 6.º ano tiveram a oportunidade de experimentar em contexto real os conteúdos das unidades letivas abordados no 1.º período: as diferentes formas de comunicação que enriquecem as relações humanas. Participando muito ativamente nas oficinas promovidas pelo serviço educativo do MTC (Alfândega do Porto), experimentaram a conceção e execução de um programa de TV e de Rádio. 
O almoço decorreu na Escola Secundária Inês de Castro onde fomos muito bem recebidos por toda a Comunidade Educativa.
Na outra parte do dia ficaram a conhecer o papel da Diocese do Porto na formação da identidade da Cidade Invicta através de uma muito interessante e dinâmica visita à Casa do Infante. 
Os professores de EMRC agradecem a todos os colegas que acompanharam esta atividade; com a sua colaboração permitiram a sua concretização.

os docentes de EMRC

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

vem aí o Torneio de Voleibol



Vem aí o Torneio de Voleibol, para as turmas do 3º ciclo do ensino básico e ensino secundário.

O mesmo será realizado na próxima 5ª feira, dia 15 de fevereiro (no dia seguinte à interrupção letiva de Carnaval), entre as 9h e as 17h30.

Depois do Carnaval, que bom vai ser apreciar quão bem a nossa escola pratica esta modalidade!

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

de novo, temos Orçamento Participativo das Escolas



Lembram-se que já no passado ano aconteceu? E com a ajuda dele conseguimos a cobertura do espaço entre a cantina e a reprografia.
Bom, este ano há nova possibilidade. De que estão à espera?


O Orçamento Participativo das Escolas, OPE, tem como objetivos contribuir para as comemorações do Dia do Estudante e estimular a participação cívica e democrática dos estudantes, promovendo o seu espírito de cidadania e o diálogo, a mobilização coletiva em prol do bem comum e o respeito pelas escolhas diferentes, valorizando a sua opinião em decisões nas quais são os principais interessados e responsáveis, e, finalmente, permitir o conhecimento do mecanismo do voto.
Pretende-se que os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e/ou do ensino secundário elaborem propostas onde seja identificada claramente uma melhoria pretendida na escola, através da aquisição de bens e/ou serviços que sejam necessários ou convenientes para a beneficiação do espaço escolar e/ou da forma da sua utilização ou destinados a melhorar os processos de ensino-aprendizagem e do qual possa beneficiar ou vir a beneficiar toda a comunidade escolar.
As propostas podem ser apresentadas individualmente por qualquer aluno ou em grupo (máximo de 5 elementos), de acordo com as Normas de Participação, através da redação de um texto contendo o máximo de 1000 palavras, com ou sem imagens e referindo, caso seja viável, a sua compatibilidade com outras medidas em curso na escola e a sua exequibilidade com o orçamento previsto (aproximadamente 1500€);
Calendarização: As propostas terão de ser desenvolvidas e apresentadas até ao dia 28 de fevereiro de 2018;
Entrega das propostas: Serviços de Administração (Secretaria) ou para o endereço de correio eletrónico carmen.madureira@aescas.net
Divulgação e debate das propostas: De 10 a 20 de março de 2018;
Votação das propostas: Dia 22 de março de 2018;
Apresentação dos resultados: Dia 23 de março de 2018;
 Execução da medida: até 31 de dezembro de 2018.

Para mais informações consultar:
Projeto (https://opescolas.pt/)

Regulamento (https://opescolas.pt/regulamento/)

a Ana Margarida viu o seu trabalho reconhecido



Na passada segunda feira foi entregue o prémio à aluna vencedora do Concurso de Construção de Presépios. O CRESCER deu a notícia aqui.
Ana Margarida Ferreira da turma 6D foi a aluna reconhecida pelo seu trabalho, tendo recebido as felicitações dos professores de Educação Moral e Religiosa Católica e da sua Diretora de Turma, professora Helena Ribeiro.
Parabéns!

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

APPC: era uma vez... teatro

No próximo dia 27 de fevereiro os alunos da Unidade de Multideficiência da nossa escola vão deslocar-se à Junta de Freguesia de Águas Santas para assistirem à representação da peça "Era uma vez... teatro", pela Companhia de Teatro da APPC (Associação do Porto de Paralisia Cerebral).

Como a peça se baseia na obra de José Saramago, os alunos de 12º ano do ensino regular e profissional também irão assistir por ser um autor do programa  da disciplina de Português. 

Conheça o projeto. Clique no link da companhia da APPC.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

olh' ó 73!

E, agora, apreciem o nº 73, edição de janeiro de 2018, do Jornal da Tarde da AAF do JI de Moutidos.


economia: de graúdos para miúdos

Dando seguimento a um artigo publicado no início do ano, e já sem sequer ter a capacidade de afirmar que estes artigos foram prometidos no âmbito de uma resolução de ano novo, achei que devia voltar a escrever algo, nem que seja para o sossego de consciência.

Assim, como no meu último pequeno texto tento mostrar em que medida a economia, sendo um fenómeno social total, depende de todas as outras ciências sociais, desta vez venho (simplesmente expor o que está no meu manual de economia de 10º ano) afirmar que a economia, enquanto ciência, tem um método científico, com linguagem própria, estratégia de investigação, etc.
Mas, acima de tudo, a economia tem um “problema fundamental” que advém do facto das nossas necessidades ilimitadas estarem condicionadas por recursos escassos, ou seja, nós podemos desejar tudo, mas nunca teremos isso, tal é impossível. De tal modo que somos obrigados a fazer escolhas, aparecendo um conceito chamado “racionalidade económica”, a boa gestão que nos permite fazer as escolhas mais eficientes (que nos permite satisfazer mais necessidades) quando não é possível satisfazer todas as necessidades, têm de se sacrificar algumas delas. Pseudocitando uma professora minha, temos de escolher entre ir ao cinema ou ir almoçar fora, mas não podemos fazer as duas.
Deste modo, espero que tenham aprendido algo mais sobre o funcionamento da economia.

Gonçalo Morais

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

escola colorida

A Biblioteca enche-se de luz, desta vez com uma exposição  de trabalhos realizados  por alunos do oitavo ano, no âmbito da disciplina de Educação Visual.

Que bonito!
foto do blogue da biblioteca

Projeto Geração+ da Lipor

ambição, ambiente, articulação, clareza, economia, eficiência, flexibilidade,
fluidez, inovação, mensurabilidade, orientação, pluralidade, polivalência,
transversalidade, simplicidade, sociedade, sustentabilidade

São estas as palavras-chave do Projeto Geração+ da Lipor, ao qual aderimos neste ano letivo e que, a partir de agora, vai dar que falar e vai promover melhorias significativas nesta comunidade educativa.
O Lipor Geração+ constitui-se como um projeto de educação e intervenção ambiental dirigido a Associações, Instituições Sociais ou educativas, Agrupamentos Escolares e Instituições de Ensino Superior.

É uma oferta facilitadora de práticas, que suportam a melhoria no desempenho ambiental das instituições e a consciencialização dos impactos ambientais na sociedade e na economia, promovendo uma otimização dos recursos humanos e materiais afetos aos processos de gestão ambiental. Tem como principal objetivo criar uma oferta educativa que promova o compromisso dos cidadãos com boas práticas ambientais, facilitando a aquisição de competências promotoras de maior intervenção cívica, capazes de alimentar o crescimento e a consolidação de processos ambientalmente responsáveis e sustentáveis.

Pela elevação da consciência ambiental, da consolidação de boas práticas, do equilíbrio na gestão dos recursos e a otimização da gestão de processos a Geração+ está aí.

Todos contamos, todos somos responsáveis, todos somos intervenientes.

2º Encontro de Atividades Rítmicas Expressivas


Este sábado, 3 de fevereiro, vai realizar-se o 2º Encontro de Atividades Rítmicas Expressivas.

Mais uma vez a nossa escola vai apadrinhar um evento do Desporto Escolar, recebendo cerca de 20 escolas do distrito do Porto. Este evento terá início pelas 9:00. Todos são bem-vindos para apoiar a nossa escola que também vai atuar com um grupo.

Jorge Mendes, professor responsável
 
Programa
Ordem
Painel Juízes
Escola
Nível
Tipo de dança
1
1
EB de São Pedro da Cova
2
Contemporânea

2
2
EB de Pedrouços
2
Urbana

3
1
ES António Sérgio
2
Urbana

4
2
EB de Aver-o-Mar
2
Urbana

5
1
EBS de Águas Santas
2
Urbana

6
2
EB Pêro Vaz de Caminha
2
Urbana

7
3
ES de Valbom A
3
Contemporânea

8
4
EBS de Campo
2
Urbana

9
3
ES Rocha Peixoto B
3
Contemporânea

10
4
ES Inês de Castro
2
Criativa

11
3
EBS de Rio Tinto A
3
Contemporânea

12
4
ES Abel Salazar A
2
Moderna

13
3
ES Rocha Peixoto A
3
Urbana

14
4
ES de Valbom B
2
Urbana

15
3
Colégio Amorim
3
Fusão

16
4
EBS de Rio Tinto B
2
Contemporânea

17
3
ES Abel Salazar B
3
Moderna

18
4
ES Aurélia de Sousa
CD
Criativa

19
3
EA Soares dos Reis
3
Moderna