Número total de visualizações de página

quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

dia 1 de outubro: dia mundial da música

Em 1975 foi instituído pelo Conselho Internacional da Música, instituição da UNESCO, o Dia Mundial da Música. A criação desta celebração tem como objetivos promover esta arte, procurando fazê-la chegar a todas as pessoas, sempre de acordo com os ideais da organização, como a paz e amizade. Um pouco por todo o país será possível encontrar programação relacionada com esta celebração.
 
No Porto, na Casa da Música, atuará a Orquestra de 100 Flautas e 100 Saxofones, assim como o Quarteto Ruggeri, que interpreta obras do compositor italiano Gaetano Donizetti. O preço de entrada é 8 euros. No Mosteiro de São Bento da Vitória, a Orquestra da Guarda Nacional Republicana dará um concerto de beneficência que assinala os novecentos anos da Ordem Soberana e Militar de Malta. A entrada é 12 euros.
 
O CRESCER recomenda uma visita ao nosso Musikes, sempre tão pleno de rica e melodiosa informação.

terça-feira, 30 de Setembro de 2014

há 26 nomeações portuguesas aos 'óscares' do turismo mundial

Ainda a propósito do Dia Mundial do Turismo...

Será Lisboa a melhor cidade do mundo para uma escapadela? O Algarve o melhor destino de praias? E a Madeira, o melhor refúgio insular? Há 26 oportunidades para Portugal brilhar na gala mundial dos World Travel Awards. A votação decorre online.
Depois de um recorde de prémios na gala europeia dos World Travels Awards - 16, conquistados em agosto) -, chega a vez da ronda final destes prémios que são vistos como os "óscares" da indústria turística. Marrocos recebe a gala mundial dos WTA a 29 de Novembro e entre as nomeações para os melhores do turismo (incluindo em tecnologia de viagens ou além-fronteiras) contam-se representantes portugueses como Lisboa, Algarve ou Madeira mas também a EuroAtlantic, DouroAzul, Parques de Sintra, TAP ou Turismo de Portugal, além de alguns dos maiores nomes da hotelaria portuguesa. Em 2013, foram cinco os vencedores lusos nos WTA mundiais, incluindo a declaração de Portugal como melhor destino de golfe e galardões para a Parques de Sintra e para os hotéis The Vine, Vila Joya e Conrad Algarve.
Entre os "porta-aviões" das nomeações encontra-se a cidade de Lisboa, apontada não só para melhor destino do mundo para uma escapadela urbana como também para mais dois prémios: melhor destino e melhor porto de cruzeiros. Algarve e Madeira - tradicionalmente sempre muito e bem representados nos WTA por dezenas de hotéis - também concorrem aos prémios de topo. As praias algarvias poderão vir a fazer com que a região ganhe a distinção de "leading beach destination 2014", enquanto a Madeira poderá vir a ser declarada o melhor destino insular. Já o Turismo de Portugal está nomeado para melhor organismo oficial.
Entre as empresas, destaque para a DouroAzul, que compete com algumas das melhores companhias de cruzeiros fluviais do mundo, ou para a EuroAtlantic, nomeada para melhor charter. Isto enquanto a Parques de Sintra - Monte da Lua procurará revalidar a chancela de melhor companhia de conservação.
Na hotelaria, somam-se os candidatos de luxo, com foco no Vila Joya de Albufeira, que anualmente assegura o seu prémio e este ano volta a estar nomeado tanto para melhor boutique hotel como para melhor boutique resort; ou o Conrad Algarve, que brilha em três categorias (resort, resort de luxo, resort de lazer).
Pelas diferentes categorias encontram-se também chancelas como o Cascade Wellness & Lifestyle, nomeado para melhor academia desportiva, o Pestana Porto Santo, candidato a melhor tudo-incluído. A lista completa-se com os madeirenses Choupana Hillls e The Vine, o lisboeta Bairro Alto Hotel e os algarvios Pine Cliffs, Vila Vita, e Martinhal.
Nota de realce ainda para a presença além-fronteiras dos hotéis Tivoli: o Tivoli Ecoresort Praia do Forte conta com duas nomeações, para melhor hotel familiar e melhor spa resort.
Na gala mundial dos WTA serão ainda atribuídos os prémios para os melhores das tecnologias das viagens. E nesta lista também há marcas lusas: a TAP é candidata a melhor site de uma companhia aérea e o visitportugal.com (o site oficial do turismo português) é candidato a melhor site de um organismo oficial.

A votação para estes "óscares", atribuídos desde há duas décadas, decorre online (até 26 de Outubro; excepção para os prémios tecnológicos, cuja votação decorre até 19 do mesmo mês). Toda a gente pode votar mas o voto dos profissionais de turismo registados vale por dois.

segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

só será possível reduzir as doenças cardiovasculares se for melhorado o ambiente no trabalho e na rua

O presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia, Manuel Carrageta, defende que só será possível reduzir as doenças cardiovasculares se for melhorado o ambiente no trabalho e na rua. Neste Dia Mundial do Coração recorda-se que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte da população a nível mundial.

Ouvido pela Antena 1, Manuel Carrageta afirma que é preciso ter um estilo de vida saudável. “A forma como nós vivemos é que vai condicionar a forma como adoecemos e morremos”, alerta.

29 de setembro: dia mundial do coração

No dia 29 de Setembro é assinalado o Dia Mundial do Coração!
Este dia é comemorado pela Federação Mundial do Coração, à qual pertence a Fundação Portuguesa de Cardiologia, contando ainda com a participação da UNESCO, da Organização Mundial de Saúde entre outras instituições.
Para gozarmos a vida em pleno, todos nós necessitamos de um coração saudável. Com o objetivo de sensibilizar todas as pessoas do mundo para o quão extraordinário o seu coração é, como cuidar dele e como promover a sua saúde, comemora-se este dia, tendo sido delegada na F.P.C. a sua organização e dinamização no nosso país.
 Dia Mundial do Coração 2014
A Fundação Portuguesa de Cardiologia, em conjunto com diversas entidades, mobilizou a população portuguesa para a participação em atividades físicas e desportivas, promovidas pelas Câmaras Municipais e por outras entidades locais.

sexta-feira, 26 de Setembro de 2014

VER: "Os Maias - cenas da vida romântica"

Porque é português, porque se baseia na obra homónima que faz parte do currículo de 11º ano, porque é fim de semana, o CRESCER sugere uma ida ao cinema  para ver "Os Maias".

Maria Eduarda e Carlos da Maia
"Os Maias - Cenas da vida romântica" é o primeiro filme de época de João Botelho, que afirmou na semana passada, num encontro com a imprensa, que o romance queirosiano que narra a vida de três gerações de uma família da burguesia, assenta "como uma luva" no Portugal contemporâneo.

Dois dos protagonistas são os atores Graciano Dias, que interpreta o papel de Carlos da Maia, e a atriz brasileira Maria Flor, que interpreta Maria Eduarda, personagens responsáveis por uma das tragédias que marcam a família d´"Os Maias".

Do elenco fazem ainda parte João Perry, Pedro Inês, Maria João Pinho, Adriano Luz, Ana Moreira, Catarina Wallenstein, Rita Blanco, Hugo Mestre Amaro, Pedro Lacerda e o barítono Jorge Vaz de Carvalho, que dá voz a Eça de Queirós, o narrador.

O filme decorre num ambiente muito operático, porque os interiores foram filmados em palacetes, sobretudo em Lisboa, e os exteriores são todos filmados em estúdio, usando telas de grandes dimensões, pintadas pelo artista plástico João Queiroz.

26 de setembro: dia europeu das línguas

Em 2001 celebrou-se o Ano Europeu das Línguas (AEL), por iniciativa conjunta do Conselho da Europa (CoE) e da Comissão Europeia (CE), com o objetivo de celebrar a diversidade linguística como uma riqueza do património comum da Europa a preservar. Nessa conformidade, com o AEL-2001 pretendeu-se promover o multilinguismo – realidade que, de um modo geral, caracteriza as sociedades europeias – e fomentar o plurilinguismo, motivando os cidadãos europeus para a aprendizagem de línguas, de modo a facilitar a comunicação.
Também por iniciativa conjunta do CoE e da CE, foi, então, instituído o Dia Europeu das Línguas (DEL), que passou a celebrar-se todos os anos a 26 de setembro. O desenvolvimento das capacidades de comunicação em várias línguas são essenciais para garantir a equidade e a integração. Na atual conjuntura de crescente mobilidade, globalização da economia e tendências económicas em constante mudança, é mais óbvia do que nunca a necessidade de aprender línguas e desenvolver uma competência plurilingue e intercultural.

comemorações oficiais do Dia Mundial do Turismo 2014

Hoje, dia 26 de setembro, é oficialmente celebrado o Dia Mundial do Turismo.
As comemorações oficiais do Dia Mundial do Turismo celebram-se este ano na Alfândega do Porto, dia 26 de setembro, a partir das 17h30, com a participação do ministro da Economia, António Pires de Lima, do ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, do secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, e do presidente do Turismo de Portugal, João Cotrim de Figueiredo.
A Estratégia de Turismo para 2015 será apresentada durante as comemorações oficiais do Dia Mundial do Turismo, que incluirá ainda um debate com a participação do presidente da ViniPortugal, Jorge Monteiro, o consultor da Associação de Turismo do Porto e Norte, João Pedro Capelo, e a account manager da Google, Leonor de L’Hermite. A conclusão do debate está a cargo do presidente da Confederação do Turismo Português, Francisco Calheiros.

Programa das Comemorações Dia Mundial do Turismo:

17h30 – Abertura
– Intervenção do secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes
– Filme Rede Natural.pt – Intervenção do Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva
Apresentação Estratégia de Turismo para 2015
– Intervenção do Presidente do Turismo de Portugal, João Cotrim de Figueiredo
– Debate:
Moderação: Presidente do Turismo de Portugal, João Cotrim de Figueiredo
Jorge Monteiro – Presidente da ViniPortugal
João Pedro Capelo – Associação de Turismo do Porto e Norte
Leonor de L’Hermite – Google
– Conclusão: Intervenção do presidente da Confederação do Turismo Português, Francisco Calheiros
19h30 – Encerramento
– Intervenção do Ministro da Economia, António Pires de Lima

quinta-feira, 25 de Setembro de 2014

27 de setembro: dia mundial do turismo

O Dia Mundial do Turismo foi criado em 1979, iniciando-se as comemorações a partir do ano 1980. Foi na sua terceira sessão, realizada em setembro de 1979 em Torremolinos, Espanha, que a Assembleia Geral da OMT decidiu criar o Dia Mundial do Turismo. O dia escolhido foi 27 de setembro, por coincidir com a data de aniversário da adoção dos Estatutos da Organização Mundial do Turismo.
O principal  objetivo desta comemoração é sensibilizar a comunidade internacional para a importância do turismo e seu valor  económico, social e cultural. Com este evento pretende-se também destacar a contribuição que o setor de turismo pode dar na concretização  das Metas de Desenvolvimento do Milénio propostas pelas Nações Unidas.

A cerimónia deste ano realiza-se na cidade de Guadalajara, no México, tendo por tema “Turismo e Desenvolvimento Comunitário". O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, deixou uma mensagem acerca deste dia, destacando que “O turismo ajuda as pessoas a desenvolver muitas competências"  e  "gera milhões de empregos e oportunidades de negócios".     
10ºK, curso profissional de turismo

toda a Mafalda reeditada em Portugal a propósito dos seus 50 anos

A pequena Mafalda celebra este ano o seu 50.º aniversário e para marcar a data a Verbo vai reeditar em Portugal todas as suas tiras.
Livro chega às lojas no final de Outubro 

É quase uma edição de colecionador, um livro que todos os amantes da pequena contestatária, criada pelo argentino Quino em 1964, vão querer ter em casa. Toda a Mafalda chega às lojas no final de outubro e além de incluir todas as tiras numa nova edição cartonada, terá uma capa inédita e ainda uma série de artigos e informação que completam a leitura.
A primeira história de Mafalda foi publicada a 29 de Setembro de 1964. Quino pensara pela primeira vez nesta filósofa de palmo e meio dois anos antes, para uma campanha publicitária da marca de eletrodomésticos Mansfield que nunca chegou a ver a luz do dia. Desde então, os anos passam e Mafalda não cresce, continua a ter 6 anos e acompanha já algumas gerações. Habituámo-nos ao seu olhar do mundo e às suas perguntas e à sua demanda por uma sociedade mais justa e digna.@ PÚBLICO

menos colocados na 2.ª fase de acesso ao ensino superior apesar do aumento de candidatos

Há 8600 novos estudantes com um lugar no ensino superior, o que corresponde a uma quebra de 7% face a igual período do ano anterior. Ainda sobram 9000 vagas nas universidades e politécnicos

Apesar do aumento do número de candidatos ao ensino superior, a 2ª fase de acesso terminou com uma redução do número de estudantes colocados em relação ao ano anterior. No novo período do concurso, cujos resultados foram divulgados pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC) esta quarta-feira à noite, foram 8600 os novos alunos a encontrar uma vaga, o que corresponde a uma quebra de 7%. Nas universidades e institutos politécnicos públicos ainda há mais 9000 lugares disponíveis.
Ao todo, foram colocados na 2ª fase do concurso nacional de acesso 10.492 estudantes, de acordo com os resultados divulgados pelo MEC. Destes, 8.602 são novos colocados, ao passo que os restantes são alunos que já tinham encontrado uma vaga na 1ª fase, mas preferiram candidatar-se agora a um curso superior diferente. Em qualquer dos casos, o concurso sofre uma redução do número de colocados em relação ao ano anterior.
Há um ano, encontraram uma vaga no ensino superior, nesta fase do processo, 11.486 estudantes, o que corresponde a mais 994 (8,7%) alunos do que este ano. Se a análise se centrar apenas nos novos colocados, a redução é inferior (6,6%), uma vez que há um ano houve mais 609 estudantes colocados na 2ª fase. Estes resultados contrariam o sucedido na 1ª fase do concurso nacional de acesso, cujos resultados foram conhecidos no início do mês, que teve um total de 37.778 colocados, mais 363 do que em igual período do ano anterior.
Esta redução no número de colocados acontece apesar do aumento do número de candidatos. A 2ª fase tinha mantido a tendência da primeira, com um incremento de 5% de estudantes que pretendiam ingressar no ensino superior. Ao todo, inscreveram-se 18.382 estudantes, mas 101 foram excluídos por não cumprirem os preceitos legais necessários a participarem no concurso. Estes números elevam para 49.694 o total de candidatos ao ensino superior até este momento.
Os estudantes agora colocados devem matricular-se na respetiva instituição de ensino superior a partir desta quinta-feira. O prazo de inscrição termina na segunda-feira, 29 de Setembro.

O curso que colocou mais estudantes na 2ª fase do concurso foi Direito da Universidade de Lisboa, com 89 novos alunos. Seguem-se Engenharia Electrotécnica e de Computadores do Politécnico do Porto (87 colocados), Engenharia Informática do Politécnico de Coimbra (85) e Gestão da Universidade de Lisboa (73). @ PÚBLICO

quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

três portugueses receberam primeiro prémio de concurso europeu para jovens cientistas

Três jovens portugueses de 16 anos receberam nesta terça-feira, em Varsóvia, o primeiro prémio da 26.ª edição do Concurso da União Europeia para Jovens Cientistas, com projectos nas áreas da matemática e da biologia, informou a Comissão Europeia.
João Pedro Araújo (matemática) e a dupla Mariana Garcia e Matilde Moreira (biologia) vão receber, cada, sete mil euros, partilhando o primeiro lugar com Lubos Vozdecky, um jovem checo, de 19 anos, que apresentou um trabalho no domínio da física.
O concurso de Varsóvia, na Polónia, reuniu 77 projectos de 36 países, incluindo os Estados-Membros da União Europeia, estados associados e outros países, segundo uma nota divulgada pela representação da Comissão Europeia em Portugal.
Os temas dos projectos incidiam nas áreas de biologia, física, química, informática, ciências sociais, ambiente, matemática, materiais, engenharia e medicina.
Ao concurso apresentaram-se 110 jovens, entre os 14 e os 20 anos. Os segundos prémios (cinco mil euros por projecto) foram concedidos a trabalhos da Irlanda, Bulgária e Eslovénia (em matemática e química) e os terceiros (3.500 euros) a projectos da Lituânia, do Reino Unido e da Alemanha (nas áreas da biologia, medicina e engenharia). Um outro prémio, de cooperação internacional (cinco mil euros), foi para um jovem suíço (física).

terça-feira, 23 de Setembro de 2014

hoje, chega...

... o outono
O outono começa, em Portugal Continental, na madrugada de 23 de setembro, às 3h29. Este é o instante do equinócio de outono, que marca o início desta estação no hemisfério Norte.
O outono prolonga-se por 89,815 dias até ao próximo solstício, que ocorre no dia 21 de dezembro às 23h03.
Um equinócio é o instante em que o Sol, no seu movimento anual aparente, passa no equador celeste. A palavra, de origem latina aequinoctium, agrega o nominativo aequus (igual) com o substantivo noctium, genitivo plural de nox (noite). Assim significa “noite igual” (ao dia), pois, segundo a crença geral, nestas datas dia e noite têm igual duração.


... a nova nota de 10 euros

Depois da renovada nota de 5€, chega a altura de renovar a nota de 10. A nova nota entra em circulação a partir de hoje, dia 23 de Setembro.
Esta nova série de notas, tal como a nova de 5 euros, foi pensada para durar mais tempo, o que permitirá que as notas sejam substituídas com menos frequência.
Em termos de aspeto, as novas notas são semelhantes às atuais, a grande diferença é que terão o retrato de “Europa”, figura mitológica grega que deu origem ao nome do continente, no holograma e na marca de água.

... o romance inédito de José Saramago



O romance inacabado de José Saramago "Alabardas, alabardas, Espingardas, espingardas", chega hoje às livrarias, anunciou hoje a Porto Editora que chancela a obra. No início do mês, ao apresentar o plano editorial para 2014/15 o editor Manuel Alberto Valente salientou o "testemunho empenhado" do livro inédito e inacabado de José Saramago, como exemplo do investimento "crescente" da Porto Editora, na publicação de autores portugueses.

Em julho, quando a presidente da Fundação José Saramago, Pilar del Río, anunciou na revista Blimunda, a publicação da obra, afirmou que esta representava "uma forma de repúdio à violência". "São poucos capítulos, mas o tema fica claro, o texto tem unidade", explicou Pilar Del Río, tradutora para espanhol da obra do Nobel português. Os primeiros capítulos do romance incluem notas que o autor fez quando o começou a escrever.

segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

autocarros da STCP passam a ter WiFi e acesso gratuito à Internet

Foto: Arquivo JPN
A partir de segunda-feira, 22 de setembro, os autocarros da STCP que circulam no Porto, Matosinhos, Maia, Gondomar, Valongo e Vila Nova de Gaia, passam a disponibilizar serviçoWiFi, permitindo aos passageiros um acesso gratuito à Internet.
Na segunda-feira, 22 de setembro, assinala-se o Dia Europeu sem Carros, e, por isso, a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP) vai aproveitar a data para lançar um novo serviço que tem todos os argumentos para convencer qualquer pessoa de que podem existir mais "dias sem carros" sem isso prejudicar o conforto dos passageiros.
Desta forma, a STCP prepara-se para se tornar "o primeiro operador de transportes públicos rodoviários na Europa a disponibilizar cobertura WiFi a bordo dos seus autocarros", assume a empresa, em comunicado.
Ou seja, a partir de segunda-feira - e durante um período experimental de seis meses -, os utilizadores dos autocarros da STCP que circulam no Porto, Matosinhos, Maia, Gondomar, Valongo e Vila Nova de Gaia, poderão aceder gratuitamente à Internet enquanto viajam. Este novo serviço vai estar disponível em mais de 400 autocarros STCP - quase a totalidade da frota da empresa.
Trata-se de um serviço apenas possível devido a uma tecnologia desenvolvida pela spin-off das Universidades do Porto (UP) e de Aveiro (UA), Veniam'Works, "inovadora a nível mundial, porque utiliza não apenas a rede dos telemóveis mas também a rede WiFi e de fibra ótica da Porto Digital, permitindo fazer face ao enorme volume de tráfego gerado pelos clientes da STCP", informa a transportadora. @ JPN

sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

sugestão para fim de semana no Porto

O ritual que se repete todos os anos no Porto acontece esta sexta e sábado, a partir das 22h30. São as Noites Ritual, que este ano recebem os The Crawlers, Blind Zero, O Incrível Homem Bomba e David Fonseca. Devido às atuais condições climatéricas instáveis e à forte possibilidade de chuva, o palco vai ser transferido para o interior do Pavilhão Rosa Mota. A entrada é livre até à capacidade máxima do recinto: cinco mil pessoas.
Sábado é, também, dia de inaugurações simultâneas em Miguel Bombarda, na Baixa portuense. A partir das 16h00, 18 galerias de arte do quarteirão de Miguel Bombarda inauguram em simultâneo novas exposições. Como já é habitual, em associação com os galeristas e lojistas, promovem-se espetáculos de rua, performances, DJ, concerto e comes e bebes.
A primeira edição do Rali Vinho do Porto arranca esta sexta-feira, às 15h00, do edifício da Alfândega do Porto, seguindo depois em direção ao Douro Vinhateiro, e cuja “meta” é cortada no domingo, em Tabuaço. No rali só entram carros anteriores a 1974 e quanto mais originais, melhor.
Para quem prefere correr com as pernas, e não de carro, pode participar este sábado na Corrida do Parque à noite, marcada para as 21h00 no Queimódromo do Porto. No final, os atletas têm à disposição uma Fun Zone, um espaço com DJ e música e com animação temática inspirada nos “Piratas das Caraíbas”. A inscrição custa 15 euros e inclui objetos úteis à corrida, como uma t-shirt fluorescente, mochila e lanterna.
No sábado de manhã, o Museu Nacional Soares dos Reis organiza para as crianças entre os oito e os 12 anos a última Caça ao Tesouro do verão. Durante quase três horas, os participantes vão poder descobrir os segredos do edifício e aprender um pouco sobre arquitetura. Participar custa 10 euros. @ Observador

quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

sem comentários

Crato pede desculpa aos professores e aceita demissão de diretor-geral


Depois de mais de quatro dias de protestos, o ministro da Educação assumiu o erro e prometeu refazer os cálculos e corrigir a ordem de colocação dos professores. O diretor-geral da Administração Escolar demitiu-se.
O ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, assumiu na tarde desta quinta-feira que “houve uma incongruência”, “na harmonização da fórmula” com base na qual foram ordenados milhares de professores sem vínculo, que começaram a ser contratados pelas escolas na segunda-feira passada. “Peço desculpa aos pais, aos professores e ao país”, disse, na Assembleia da República, ao assumir o erro. Ao fim da tarde, soube-se que aceitou a demissão do diretor-geral da Administração Escolar, Mário Agostinho Pereira.
Em causa está a fórmula matemática utilizada pelo MEC para criar as várias listas de contratação, nas quais milhares de docentes estão ordenados por ordem decrescente. Nos restantes concursos a lista está ordenada com base na graduação profissional. Neste, designado por Bolsa de Contratação de Escola (BCE), a legislação determina que a classificação é feita com base na graduação profissional (com a ponderação de 50%) e na avaliação curricular.
O ministro, que falava na Assembleia da República num debate de atualidade agendado pelo PSD a propósito do arranque do ano letivo, assumiu a existência de "um erro", com “implicações jurídicas”. “Estão a assistir a uma coisa que não é comum na História, que é um ministro chegar ao parlamento e reconhecer a responsabilidade por uma não compatibilidade de escalas, e um ministro assumir que o assunto vai ser corrigido”, disse. O erro, explicou, "é um aspecto não apenas matemático ou aritmético, mas que tem implicações jurídicas, e que precisa de ser visto não só de um ponto de vista quantitativo e lógico, mas também à luz da legislação existente".
Desde sexta-feira passada que há protestos e desde domingo que a Associação Nacional dos Professores Contratados (ANVPC)  denunciava que o MEC terá somado 50% da graduação profissional (um valor a começar no zero e sem limite determinado) com 50% da avaliação curricular (determinada numa base de 0 a 100%, presumiram), sem converter uma das grandezas.

Esta segunda-feira, depois de especialistas terem dado razão aos protestos dos professores, Nuno Crato admitiu o erro, assumindo responsabilidade pela "não compatilização de escalas". A afirmação provocou aplausos nas galerias, onde estavam professores. “Não há erros dos diretores, das escolas, há erro dos serviços do MEC”, afirmou Nuno Crato, que assegurou que os alunos "não serão prejudicados” e que, “se houver duplicações na colocação de professores", estas serão analisadas “caso a caso”. Ao fim da tarde desta quinta-feira, o gabinete de imprensa do MEC confirmou que Nuno Crato aceitou a demissão do responsável da Direção-Geral da Administração Escolar, Mário Agostinho Pereira, que ocupava o cargo desde 2009. Esta quarta-feira soube-se que Mário Pereira terá responsabilizado os diretores por erros nas colocações, o que motivou a sua indignação. @ PÚBLICO

a chuva, o BCE e o ministro da educação

a chuva/ o choro
a chuva/ o choro
Hoje o tempo está feio. A chuva torrencial e o vento que se fazem sentir não são habituais nesta altura do ano. Chove copiosamente, mas está calor. Parece que estamos no fim do 1º período, no entanto ainda agora o 'ano' começou. Na nossa escola, os vidros de todas as janelas choravam assim. 

Mas tudo isto é uma banalidade comparado com o que se passa com o concurso de Bolsa de Contratação de Escola (BCE).

"O Ministro da Educação recusou hoje anular o concurso de Bolsa de Contratação de Escola (BCE) dizendo desconhecer qualquer problema com a fórmula aplicada, mas ainda assim pediu averiguações aos serviços do ministério.
"Não tenho exemplos de que a fórmula não tenha sido respeitada", disse o ministro Nuno Crato, hoje, em conferência de imprensa nas instalações do Ministério da Educação e Ciência (MEC), em Lisboa.
O responsável pela pasta da educação acrescentou que todas as informações que tem "vão no sentido de que foram respeitados os critérios".
No entanto, o ministro adiantou que pediu à Direção Geral da Administração Escolar (DGAE) para que fossem feitas averiguações e que espera uma resposta dos serviços até ao final desta semana". @ LUSA

Será que o S. Pedro está solidário com os professores contratados e é por isso que 'chora' assim?

quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

texto de autor: "ser professor em tempos de cólera"

Nenhuma classe profissional foi tão maltratada como a dos professores. Nos últimos vinte anos, progressivamente, perderam direitos e autoridade. E, muito mais grave, perderam o reconhecimento do Estado e da comunidade. Encurralados numa sociedade que privilegia a volatilidade e vive para o dia seguinte; humilhados pelas circunstâncias; menosprezados por agendas mediáticas que transformam as notícias numa permanente novela; os professores estão desesperados. Legitimamente desesperados.
Não é uma questão ideológica. Um assunto que divida a esquerda e a direita, liberais e social-democratas, socialistas ou libertários. O menosprezo dos professores é uma vergonha, uma insensatez, um crime contra o futuro. Porque sem eles, sem um reconhecimento explícito do seu papel, sem a capacidade de encontrar maneiras de reencontrarem o sentido da sua profissão, não existirá futuro, progresso, evolução ou elites.
Por isso, neste dia de arranque do ano letivo, mais do que falar do regresso dos alunos, o homenageia os professores e o ser professor, um dos mais extraordinários destinos a que se pode ambicionar. Uma profissão que oferece aos outros o melhor que se tem, como a Marta Reis tão bem escreve nas páginas seguintes. Numa época de tantas desconfianças quase duvidamos de que estas pessoas existem mesmo. O professor que criou um viveiro onde os miúdos produzem ervas aromáticas. A professora inconformada com o curso das coisas que "fugiu" para Moçambique para que o seu sonho não morresse. O professor que, separado por centenas de quilómetros da mulher que ama continua fascinado com a ideia de se sentir útil aos outros. A professora em Lamego que convence todos os alunos, a maioria filhos de agricultores, a candidatarem-se a prémios e a sonharem que é possível alargar horizontes. O professor no Alentejo que leva os seus alunos aos lares para reforçar a identidade local. A professora de Viseu que envolve pais e filhos numa grande comunidade. A professora no Cerco do Porto que convenceu os miúdos, de um dos principais bairros problemáticos do Porto, que não há limites para o saber.
Ser professor é isto. É ter vontade para virar tudo do avesso, provar pelo exemplo e exigir dignificação e respeito. (leia o restante texto de opinião @ jornal I)
Luís Osório e Marta F. Reis
publicado em 15 Set 2014 

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

"Os Maias" de João Botelho já é o terceiro filme português mais visto de 2014



Em apenas quatro dias de exibição, Os Maias – Cenas da Vida Romântica, de João Botelho, tornou-se o terceiro filme português mais visto do ano, com 13.915 espectadores desde a sua estreia, no dia 11. Depois de o seu trabalho anterior, Filme do Desassossego, ter circulado em formato digressão pelos cineteatros do país, o realizador e a produtora Ar de Filmes voltaram ao circuito comercial com o filme inspirado na obra de Eça de Queirós.
O filme, estreado em 12 cidades e 22 ecrãs e que deve em breve chegar a mais quatro salas, conseguiu perto de 14 mil espectadores em sala desde quinta-feira, segundo números do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA). Em 2010, Filme do Desassossego conseguiu cerca de 5600 espectadores nas duas primeiras semanas de exibição, fora do circuito comercial convencional.
O produtor Alexandre Oliveira, da Ar de Filmes, atribui o sucesso destes primeiros dias de exibição a uma conjugação de factores que tem à cabeça o efeito Eça de Queirós e o ensino. “Sendo uma obra obrigatória nas escolas, [a adesão do público] não é uma surpresa para nós”, admitindo que a campanha promocional do filme foi afinada nesse sentido, mas também focada em Botelho. “Desde o Desassossego que se gerou uma corrente de público à volta do João”, conta, em contraste com “um determinado cinema de autor desligado do público. O João tem conseguido fazer essa ponte”. (…)

Segundo a Lusa, em Novembro o filme vai circular pelo país e junto do público escolar, nos passos de Desassossego. “Satisfeitos com o resultado”, os membros da equipa de Os Maias esperam agora “que o filme mantenha este ritmo”, contando com o tal público de Botelho, mas também com as audiências dos multiplexes e com as escolas. @ PÚBLICO

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

"a ciência por quem a faz e por quem a ensina"

O CRESCER apresenta-lhe pequenos extratos das cinco conferências que tiveram lugar no encontro "A Ciência por quem a faz e por quem a ensina" que teve lugar na nossa escola pela 4ª vez.
Os conferencistas que abrilhantaram este encontro foram Alexandre Magalhães, Nuno Ferrand, Paulo Marques, Paulo Morais e Sobrinho Simões.

Dentro em breve as conferências serão integralmente publicadas, bem como reportagem fotográfica, no site do encontro: http://www.cfaemaiatrofa.org/encontro2014/





3, 2, 1...

Abram-se as portas! Haja luz. Hoje é o primeiro dia do resto do ano letivo.


O CRESCER deseja o maior sucesso a todos os leitores.

sexta-feira, 12 de Setembro de 2014

VER e OUVIR

VER
No próximo sábado, dia 13 de Setembro, o Cineclube da Maia retomará as suas sessões quinzenais com a exibição do filme A Gaiola Dourada, no cinema Venepor às 21h30 com entrada livre.

Realizado pelo luso-francês Ruben Alves, “A Gaiola Dourada” é uma comédia que conta a história de Maria e José Ribeiro, um casal português emigrado na França há mais de trinta anos e que decide regressar a casa. Filme mais visto do ano em Portugal, conta com Rita Blanco e Joaquim de Almeida nos papéis principais.

OUVIR
Seguir a música pelas ruas da baixa do Porto vai ser possível no próximo sábado, dia 13 de Setembro, com entrada livre para todos os concertos.
Este evento já é familiar. Este ano toma o nome de NOS em D’Bandada e conta com mais de 60 artistas em 18 diferentes espaços, com 12 horas de música – das 16h às 04h.
Do cartaz destacam-se nomes como Rita RedshoesDealemaMind Da GapCapicuaWhite HausFachadaD’AlvaThroes + The ShineMiguel AraújoNorberto LoboErmoTime For TOld JerusalemDear TelephoneAna CláudiaSolar CoronaHHY & The MacumbasQuelle Dead Gazelle e ainda You Can’t Win, Charlie Brown.
Haverá espectáculos em locais como o Jardim das Virtudes, Coreto da Cordoaria, Praça dos Leões, Café Au Lait, Armazém do Chá, Plano B, Ateneu Comercial do Porto, Maus Hábitos e Passos Manuel.
Bom fim de semana!




entretanto...

Hoje, houve receção aos meninos de 5º ano e respetivos encarregados de educação.

Durante todo o dia não cessaram os conselhos de turma para os professores delinearem estratégias de atuação e planificarem transversalmente as atividades a desenvolver.

À noite, há entrega de diplomas aos alunos que concluíram o 12º ano no ano transato.

e esta, hem?

Ontem, o CRESCER lançou-lhe um desafio: escolher entre duas imagens que apenas trocavam uma letra - A escola sem futuro ou A escola tem futuro (?).
Hoje, esclarecemos: a primeira imagem era real, a segunda era uma montagem.
Mas os fenómenos acontecem e, hoje, alguém respondeu ao desafio, como se pode ver nesta que é uma imagem real:

"Isto é o que os físicos chamam uma situação de "sobreposição quântica", algo que está e não está, é e não é, simultaneamente."

Bom, respondendo ao seu próprio desafio, o CRESCER fez uma opção e escolheu esta 'imagem'. Estamos certos que subscrevem. 

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

a escolha é sua


cortesia de Cândido Pereira
Há frases que fazem pensar. O CRESCER deixa-lhe o desafio. A escolha é sua.

quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

espaços humanizados

As 'formiguinhas' não páram de trabalhar para que o ano letivo se inicie da melhor maneira. Ultimam-se horários, planificam-se as matérias a lecionar, reúnem-se os grupos e subgrupos e mini-grupos disciplinares e... embeleza-se a casa. O "Grupo de Humanização dos Espaços" tem vindo a demonstrar a preocupação que deu o nome ao grupo. E todos agradecem.



Conhecem estes cantinhos?


Alguém se importará de aguardar nesta 'sala de espera'?

terça-feira, 9 de Setembro de 2014

a festa da receção

Lembram-se da canção "A Festa da Vida", vencedora do festival da canção em 1972, interpretada por Carlos Mendes? A letra era assim:

auditório (quase) cheio
Que venha o sol o vinho as flores
Marés canções todas as cores
Guerras esquecidas por amores;
Que venham já trazendo abraços
Vistam sorrisos de palhaços
Esqueçam tristezas e cansaços;
Que tragam todos os festejos
E ninguém se esqueça de beijos
Que tragam prendas de alegria
E a festa dure até ser dia



jovens flautistas
o diretor saúda os presentes












A escola não teve o Carlos Mendes a cantar para os professores mas estes foram brindados por pequenos tocadores de flauta que fizeram a festa interpretando bandas sonoras de filmes que fazem parte do imaginário coletivo. 

Para além disso, a coordenadora dos projetos, professora Carmen Madureira, apelou à criação de um maior número de projetos para irem ao encontro do ambicioso Projeto + do diretor do agrupamento.
uma das atuações

Por sua vez, o diretor, professor Manuel Carneiro Ferreira, deu as boas-vindas a todos e formulou votos de um excelente ano letivo.

foto do bolo
(o pasteleiro ainda não aderiu ao acordo ortográfico ;/)
E, como vem sendo habitual, a Direção ofereceu um simpático lanche onde não faltou o bolo de abertura do ano letivo.

dia de receção aos professores

Desde que esta casa era assim...

até aos dias de hoje...
... que a tradição se mantém: há um dia oficial para comemorar a receção aos professores. E que bom que é!

Todos sabem que os professores têm o seu mês de férias em agosto, por força das múltiplas tarefas que são necessárias levar a cabo para finalizar um ano letivo e preparar o seguinte. Muitos já estão a trabalhar há muito (são aquelas tarefas que ninguém vê e interpreta como inatividade), mas em todas as boas relações é necessário escolher um dia para marcar/oficializar a receção aos professores. Pois bem, é hoje. Está quase, quase a começar. A expetativa é muito elevada, pois o grupo de trabalho que se ocupa desta atividade tem colocado a fasquia alta.
O CRESCER promete reportagem. Agora, vai à festa.

segunda-feira, 8 de Setembro de 2014

o 1º post de 2014/2015


Sejam todos muito bem-vindos ao novo ano letivo!
É tempo de abraços e de beijos e de muita felicidade por nos voltarmos a ver.
É também tempo de conhecer novos rostos e gente boa.
É tempo de começar a agitar as "santas águas" e de, paulatinamente, pôr em marcha mais um projeto definido para mais um ano.
O CRESCER deseja a todos um excelente novo ano letivo, cheio de sucessos pessoais e profissionais.

sábado, 26 de Julho de 2014

o último post de 2013/2014

Caros leitores,
É sempre com algum mal-estar que escrevemos o último post de um qualquer ano letivo. Depois de anos tão intensos, chegamos ao último dia de trabalho (da equipa do Crescer) extenuados.
Há todo um ano letivo que termina, em somas de tanto feito: aulas, substituições, apoios, reforços, testes, reuniões (de CT, de grupo, de departamento, de DT, com EE), negociações, projetos, indisciplina, incómodos, correções, classificações, horas-extra, exames, matrículas, turmas, correção de exames (1ª fase, 2ª fase), secretariado, estatísticas, horários, revisão de documentos, preenchimento de grelhas, planos de melhoria, metas, justificações,… Dissemos tudo? Se calhar, não.
Para além de tudo isto, há uma última reunião em que os diferentes grupos disciplinares fazem a distribuição de serviço para o ano letivo seguinte. E são sempre reuniões muito difíceis. Seja porque se escolhem níveis de ensino/turmas para desenvolver trabalho com gente que se desconhece, seja porque se decide (em minutos) a responsabilidade de um ano de trabalho, seja porque nem todos estão presentes, seja porque todos estão demasiado cansados para poderem suportar reuniões longas. Sobra a sensação que o ano não acaba da melhor maneira. É um cansaço, um supremíssimo, íssimo cansaço!, diria o Álvaro de Campos.
Julga o cidadão comum que “os professores estão em férias há muito” e também julga que “o professor dá aulas e ponto final”. Como se engana! O professor carrega o mundo às costas. Na ânsia de bem-fazer procura fazer tudo: é professor, pai/mãe dos meninos, educador dos EE, burocrata, conciliador, psicólogo, relações públicas, prenunciador, colega, amigo, e, no final, ainda suporta a carga emocional de não sentir  a sua classe profissional dignificada.
Pois é, somos heróis sempre insatisfeitos e estamos todos muito cansados! Oxalá estas últimas reuniões pudessem ser feitas no início dos anos letivos em que o tempo é feito de abraços e de beijos (sabemos que é impossível, só estamos a ironizar!) e todos são felizes!
O CRESCER vai 'carregar baterias' e deseja aos seus leitores um bom descanso para que em setembro todos voltemos retemperados.
Até setembro! 

sexta-feira, 25 de Julho de 2014

quarta-feira, 23 de Julho de 2014

à noite, pelas 21h, o GDDE atua na EB 2/3 da Maia


E porque "não há duas sem três", diz o povo com razão, o CRESCER faz a sua terceira recomendação do dia: o Espetáculo Solidário Itinerante Mamafrica 2014, que se realiza hoje, dia 23 de Julho, pelas 21h na EB 2/3 da Maia.


O espetáculo, com a produção artística da Associação Alma Mater Artis, conta com a participação de cerca de 80 jovens do Agrupamento de Escolas de Águas Santas, pertencentes ao Grupo de Atividades Rítmicas Expressivas do Desporto Escolar, recentemente Campeão Nacional, bem como com a participação de outros Agrupamentos de Escolas.

Este espetáculo está inserido numa itinerância de apoio à causa humanitária do Banco de Leite de São Tomé e Príncipe que teve a sua origem e implementação no Agrupamento de Escolas de Águas Santas. A entrada é livre. Não perca!

Maia acolhe Campeonato da Europa de Futebol de 7 da Paralisia Cerebral

O CRESCER também recomenda este evento. Porque é um belíssimo espetáculo, porque estes jovens merecem ter uma enérgica assistência e porque o seu treinador, professor Vasco Ferreira, é "gente da nossa casa".


Decorre na cidade da Maia, entre os dias 23 de Julho e 2 de Agosto de 2014, o Campeonato da Europa de Futebol de 7 para praticantes com Paralisia Cerebral.
Sob a égide da federação internacional, CPISRA (Cerebral Palsy International Sports and Recreation Association), a prova será organizada pela Paralisia Cerebral-Associação Nacional de Desporto, no âmbito da Cidade Europeia de Desporto Maia 2014, contando com o apoio do Instituto Português do Desporto e da Juventude, da Câmara Municipal da Maia e da Associação de Futebol do Porto.
A prova reunirá as melhores seleções europeias de Futebol de 7, garantindo um espectáculo desportivo competitivo e fiel aos valores e princípios que norteiam o desporto de alto rendimento.

Participam as equipas de Portugal, Dinamarca, Inglaterra, Finlândia, Alemanha, Irlanda, Holanda, Rússia, Irlanda do Norte, Escócia e Ucrânia. De destacar que a Rússia é a actual campeã Paralímpica e a Ucrânia ostenta o ceptro de campeã do mundo.
O pontapé de saída será dado no dia 23 de Julho, pelas 20h00, com o jogo Portugal – Inglaterra, após a cerimónia de abertura (18h00), no Estádio Municipal Dr. José Vieira de Carvalho. O segundo jogo da equipa das quinas terá lugar às 20h00 do dia 25 de Julho, no mesmo estádio, bem como a final, no dia 2 de Agosto, pelas 18h00.
A competição também terá lugar no Estádio Municipal Dr. Costa Lima, e as sessões de treino no Estádio Municipal de Pedrouços e de Cutamas.  
Venha até à cidade da Maia e apoie a nossa seleção.
O treinador destes jovens talentosos é o professor Vasco Ferreira, professor de Educação Física da nossa escola, e ele, certamente, gostará de contar convosco nas bancadas a apoiar o grupo.
A entrada é gratuita.
Poderá também acompanhar a prova através da emissão ao vivo online, através do seu site (eurofootball7aside.com) e Facebook.