Número total de visualizações de página

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

e "os repórteres por um dia" sucedem-se

Não é um post repetido: são outros alunos, outros "repórteres por um dia".
outros alunos/outros "repórteres"
                Os alunos do CEF do 8º ano da turma I “vestiram” a pele de repórteres do Jornal de Notícias, na sexta feira, dia 24 de fevereiro.                                                   
            A visita iniciou-se com a visualização de um filme alusivo à história do jornal. De seguida, os alunos inteiraram-se da dinâmica de criar um jornal diário . E, no Workshop, puderam perceber como é que as notícias que leem vão parar  aos  jornais e, hoje em dia, à Internet através da última hora. Uma tarde passada entre fontes, informações pertinentes e citações que se traduziu em novas publicações do Media Lab.
            
Esta atividade superou as expectativas de docentes e discentes.
Elisa Neto

semana das línguas: dia do Português

Começa hoje a Semana das Línguas, com... o Dia do Português.
Pela manhã, os alunos de 12º ano vão poder ver a peça "Felizmente há Luar!" no auditório.

A praça da alimentação será animada, nos intervalos, pela Rádio ESÁS com música portuguesa.

(E haverá "beijos" que se soltam e gatos que miam para que "tu" me olhes.)
Não faltarão iguarias gastronómicas para saciar os apetites. Em troca de uma compra, recebe-se um poema.

Os meninos do 2º ciclo distribuem  flores em papel crepe, com pensamentos de diversos autores. Haverá exposição de trabalhos de alunos, alusivos à  “ Semana das Línguas”.
O almoço é tipicamente português: rojões à moda do Minho e sobremesa de leite-creme.
À tarde teremos visitas: a do encenador Lee Beagley e a do escritor Martinho Torres (ver posts anteriores) que vêm conversar connosco.

E a música continua...

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

1º teste intermédio de Português de 12º ano

          Realizou-se, hoje, o 1º teste intermédio de Português de 12º ano.
        O mesmo, tal como anunciava a informação do GAVE, versou sobre os conteúdos do funcionamento da língua lecionados no 10º e 11º anos (isto porque no 12º ano não há, neste domínio, "matéria nova" e de acordo com o Dicionário Terminológico) e sobre competências de leitura, interpretação e escrita. Não incidiu sobre os textos / autores do 12º ano. 

         O autor escolhido para o texto do 1º grupo foi Mário de Sá Carneiro, amigo de Pessoa, com o poema "Quase". Um texto sobre Arte Portuguesa do século XX serviu de pretexto para o 2º grupo e no 3º grupo escreveu-se sobre a importância da cor na nossa cultura visual. Um teste em tom verdadeiramente "dégradé".

Um pouco mais de sol — eu era brasa.
Um pouco mais de azul — eu era além.
Para atingir, faltou-me um golpe de asa...
Se ao menos eu permanecesse aquém...

Assombro ou paz? Em vão... Tudo esvaído
Num baixo mar enganador d'espuma;
E o grande sonho despertado em bruma,
O grande sonho — ó dor! — quase vivido...

Quase o amor, quase o triunfo e a chama,
Quase o princípio e o fim — quase a expansão...
Mas na minh'alma tudo se derrama...
Entanto nada foi só ilusão!

De tudo houve um começo... e tudo errou...
— Ai a dor de ser-quase, dor sem fim... —
Eu falhei-me entre os mais, falhei em mim,
Asa que se elançou mas não voou...

Momentos de alma que desbaratei...
Templos aonde nunca pus um altar...
Rios que perdi sem os levar ao mar...
Ânsias que foram mas que não fixei...

Se me vagueio, encontro só indícios...
Ogivas para o sol — vejo-as cerradas;
E mãos de herói, sem fé, acobardadas,
Puseram grades sobre os precipícios...

Num ímpeto difuso de quebranto,
Tudo encetei e nada possuí...
Hoje, de mim, só resta o desencanto
Das coisas que beijei mas não vivi...
..........................................
...........................................

Um pouco mais de sol — e fora brasa,
Um pouco mais de azul — e fora além.
Para atingir, faltou-me um golpe de asa...
Se ao menos eu permanecesse aquém...

(Paris, 13 de maio de 1913)

e os vencedores foram...

... "O Artista" e "A Invenção de Hugo" e Meryl Streep, entre outros, nos Óscares de Hollywood.



Mas, por cá, igualmente vencedores,


são as meninas e os meninos do 12ºA  que venceram os torneios do secundário de basquetebol, masculino e feminino,

                                                                                                              

         e nos torneios de voleibol misto obtiveram o 2º lugar.




Por razões de ordem técnica não temos fotos do "evento". Se as conseguirmos, aqui mesmo as colocaremos.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

a Rádio ESÁS em parceria com o Português

No dia 28 de fevereiro, a Rádio ESÁS associa-se às comemorações do Dia do Português e vai dar-nos música do "nosso país". Para já preparou o poster para divulgar o evento. Ele aí está. Da responsabilidade da Bárbara Teixeira.

vem aí a semana das línguas

Nos dias 28 e 29 de fevereiro e no dia 1 de março, as disciplinas de Português, de Francês e de Inglês, comemoram, respetivamente, os "seus dias".
Como?
Esperem para ver. Envolvam-se nas atividades.
Nós, por cá, faremos a cobertura. Sabemos que as atividades versam vários temas. Deixamos o
mote para procurarem a glosa.
                                 música
                                                                                          cinema
                        gastronomia
                                                poesia
                      conferências
 debates

sábado, 25 de fevereiro de 2012

cursos EFA em Paris


         Nos passados dias 10, 11 e 12 de fevereiro os formandos dos cursos EFA das turmas F, G, H e J da nossa escola realizaram uma visita de estudo a Paris.
        Esta experiência, que cumpriu o objetivo de aproximar os formandos do universo cultural, cumpriu um itinerário que passou por percorrer os monumentos mais marcantes desta cidade, nomeadamente a Basílica do “Sacré-coeur”, o Panteão, a Catedral de “Notre Dame”, o Arco do Triunfo, o Palácio dos “Invalides” e, naturalmente, a Torre Eiffel. Foram, ainda, visitados outros pontos de atração turística de Paris, tais como a Avenida dos Campos Elísios, o Museu do Louvre e o mais famoso cabaré do mundo: o “Moulin Rouge”. A visita culminou com um cruzeiro pelas águas do rio Sena e com a degustação de um crepe, um dos tesouros gastronómicos dos gauleses.
         Apesar do frio que se fez sentir, e dos múltiplos chocolates quentes que foram distraindo os demais face ao mesmo, tratou-se de uma experiência fantástica, que deixará, certamente, marcas na memória de todos os que a viveram. Voltaremos… quiçá!!!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

correntes d' escritas: a loucura obrigatória

cartaz 2012
O encontro decorre de 23 a 25 de fevereiro na Póvoa de Varzim e, como é habitual, a animação e a informalidade nas mesas de debate deverão atrair muitos leitores e espetadores – mesmo num ano em que, por restrições orçamentais, o evento vai ser mais curto.

correntes d'escritas: a loucura obrigatória

"Vocês me permitem que eu leia Camões?", perguntava Rubem Fonseca logo após ser anunciado como o vencedor do Prémio Literário Casino da Póvoa, na 13. ª edição do Encontro Literário Correntes d' Escritas, com o livro "Bufo & Spallanzani", editado pela Sextante.

Rubem Fonseca recebe o prémio das mão de Francisco Viegas
foto JPN


Como vencedor do prémio literário e como representante de todos os escritores, Rubem FonsecaRubem Fonseca falou de pé, por ser "uma pessoa peripatética" que não consegue falar parado. Elogiou o poeta maior [Luís de Camões] e disse "amar a língua portuguesa". DeclamouDeclamou, até, Camões, mais precisamente o soneto "Busque amor novas artes, novo engenho".




Eduardo Lourenço
foto DN

Também Eduardo LourençoEduardo Lourenço, o ensaísta homenageado na Revista Correntes d'Escritas 11, salientou, de Camões, a permanente consciência de dizer "o que precisamos para não sucumbir à tentação do pessimismo que invade páginas" num velho país onde "os tempos não são famosos" e há "grande desesperança e dúvida". 

D. Manuel Clemente
foto DR
A conferência de abertura esteve a cargo de D. Manuel ClementeManuel Clemente, distinguido em 2009 com o Prémio Pessoa. O Bispo do Porto citou a sua própria "corrente descrita" com base em palavras como "agradecer, começar, partir, consistir e coexistir", pelas quais traçou o perfil do devir português. Na "pouca terra para nascer e muita terra para morrer" que tem caracterizado o português historicamente, D. Manuel Clemente encontra hoje uma outra forma de ficar e partir, onde o longe é mais perto e menos vitimado pelos contrastes. @ JPN

dia do Português: Lee Beagley na ESÁS


Curiosos? Não é para menos.  


No âmbito das atividades que marcarão o dia do Português, a nossa escola receberá no dia 28 de Fevereiro, pelas 15 horas, no Auditório, o encenador LEE BEAGLEY que fará uma conferência sobre a “Encenação Moderna de Autores Clássicos”.

 
Vamos conhecê-lo.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

25 anos sem Zeca

Primeiro, as palavras. Aí vão. VEJAM BEM:

Vejam bem
que não há só gaivotas em terra
quando um homem se põe a pensar
quando um homem se põe a pensar

Quem lá vem
dorme à noite ao relento na areia
dorme à noite ao relento no mar
dorme à noite ao relento no mar

E se houver
uma praça de gente madura
e uma estátua
e uma estátua de de febre a arder

Anda alguém
pela noite de breu à procura
e não há quem lhe queira valer
e não há quem lhe queira valer

Vejam bem
daquele homem a fraca figura
desbravando os caminhos do pão
desbravando os caminhos do pão

E se houver
uma praça de gente madura
ninguém vem levantá-lo do chão
ninguém vem levantá-lo do chão

Vejam bem
que não há só gaivotas em terra
quando um homem
quando um homem se põe a pensar

Quem lá vem
dorme à noite ao relento na areia
dorme à noite ao relento no mar
dorme à noite ao relento no mar

Depois, o som e a imagem para poderem acompanhar as palavras de ZECA AFONSO


O Zeca Afonso teimou em partir cedo mas nem por isso se fez esquecer das nossas memórias. E, quando assim é, eterniza-se o homem. "Vejam bem"!

dia do Português: Martinho Torres na ESÁS

Richard Towers propõe-nos uma incursão pelo seu inovador mundo literário, através de três obras – “Tempo”, “Reflexos” e “O Desafio” – os seus mais recentes lançamentos. Nesta abordagem, ficaremos a conhecer melhor o conceito que rege a Neoma Produções, a editora que reinventou o livro, e penetraremos no íntimo processo criativo do autor, ficando a conhecer os segredos por detrás da concepção do livro-relógio, do livro-espelho e do livro-xadrez. Richard Towers é candidato a vários prémios de inovação e promete edificar uma carreira ímpar através da sua visão única e original da literatura e do livro. A descobrir! 

Martinho Torres, o escritor, vai estar na nossa escola, no auditório, no próximo dia 28, à tarde.
Vamos conhecê-lo.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

ECD e ADD: não sejam piegas, leiam lá!

Já foi publicado o Decreto-Lei n.º 41/2012, que estabelece a 11.ª alteração ao estatuto da carreira docente (ECD).

Também foi publicado o Decreto Regulamentar n.º 26/2012, que regulamenta o novo sistema de avaliação do desempenho docente (ADD).

a noite estrelada e interativa de Van Gogh e Vrellis Petros

Vrellis Petros é um artista grego, também um engenheiro eletrotécnico, que fez uma versão animada, interativa  de uma das mais famosas pinturas de Vincent Van Gogh . Esta é uma bela homenagem à "A Noite Estrelada" (Starry Night). A tela mostra a visão noturna que o artista teve de sua janela do hospital psiquiátrico de Saint-Rémy-de-Provence.
Petros utiliza um algoritimo que explora o quadro impressionista “A noite estrelada” de Vincent Van Gogh, trazendo vida àquilo que os traços de pincel simularam. Através de um sistema fluido de partículas, as cores movimentam-se pelo céu estrelado de Saint-Rémy, convidando o observador a interagir com a pintura através do toque e assim deformando os traços do quadro. O artista também utilizou um sistema de áudio MIDI que dinamicamente constroi música baseada na pintura.
O aplicativo foi desenvolvido utilizando openFrameworks e, de acordo com o artista, a música foi resultado de muita experimentação e sorte.
A interação com "A Noite Estrelada" é simples, suave e elegante. Não percam. (adaptado daqui)

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

é "carnis valles"!

daqui
Carnaval é uma festa que teve origem na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C.. Através dessa festa os gregos realizavam os seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. Passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica em 590 d.C. É um período de festas regidas pelo ano lunar no cristianismo da Idade Média. O período do carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou do latim "carnis valles" dando origem ao termo "carnaval". Durante o período do carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. O carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX. A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspirariam no carnaval parisiense para implantar suas novas festas carnavalescas.@WIKIPEDIA

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

bem-vindos ao Fantasporto!

O pior cineasta de todos os tempos e um dragão. Bem-vindos ao Fantasporto!

A 32.ª edição do Fantasporto começa esta segunda-feira com a inauguração da estátua de um dragão, na Praça D. João I, frente ao Rivoli, onde o certame decorre até 4 de Março.
A estátua, do escultor Aureliano de Aguiar, será inaugurada pelas 16h30.

A diretora do festival, Beatriz Pacheco Pereira, afirma ter acolhido a ideia do “dragão” por ser “o animal por excelência da mitologia celta, que aparece em muita literatura medieval e neogótica e em muitos filmes do género fantástico, além de ser um símbolo da cidade para muitos portuenses”. Afinal, diz,”o Fantasporto tem um fraquinho pelas artes plásticas”. (ler mais aqui)

domingo, 19 de fevereiro de 2012

VER, OUVIR, LER e IR

Em fim de semana prolongado, de "(in)tolerância carnavalesca", há muito para Ver, Ouvir, Ler e Ouvir. Por exemplo:

VER
"O Artista", vencedor de 7 BAFTAS



OUVIR
o novo álbum dos Tindersticks já pode ser ouvido aqui (basta clicar)

LER
"O Medo" de Al Berto

IR

Exposição fotográfica "Ruas do Porto"

desde 11 de Fevereiro de 2012 às 17:00 até 9 de Março de 2012 às 23:30
Porto com Arte, Largo dos Lóios, nº8
4050-338 Porto

sábado, 18 de fevereiro de 2012

"Mondego" por Daniel Pinheiro

Partilhamos com todos o documentário "Mondego",  do nosso compatriota Daniel Pinheiro.

Este filme é o seu projeto final do mestrado em Wildlife Documentary Production da Universidade de Salford, onde teve aulas com Sir David Attenborough, Paul Reddish, Niel Lucas e outros nomes da BBC Natural History Unit, Bristol.

O filme foi classificado com uma distinção e o próximo passo é concorrer a festivais desta especialidade na
Europa.



Vejam e partilhem o link do filme pois ele precisa de divulgação.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

repórteres por um dia


Os alunos do 10.º ano das turmas D, E, F, G, H e I “vestiram” a pele de repórteres do Jornal de Notícias, entre janeiro e fevereiro. 
A visita iniciou-se com a visualização de dois filmes alusivos à história do jornal. De seguida, os alunos inteiraram-se da dinâmica de criar um jornal diário. Passaram à “acção”, construindo um jornal com as suas próprias notícias.
Esta actividade superou as expectativas de docentes e discentes, pelo seu carácter pragmático e dinâmico. A publicação das fotografias dos grupos são exemplo disso mesmo.
Sandra Fonseca

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

pré-requisitos

Aqui segue a Deliberação nº 202/2012 de 16 de fevereiro de 2012, da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior, que fixa os pré-requisitos para a candidatura de 2012-2013. 

inscrições para os exames nacionais/equivalência à frequência

As inscrições para os exames nacionais/equivalência à frequência decorrem entre 23 de fevereiro e 2 de março.
É obrigatória a entrega de uma fotocópia do bilhete de identidade/cartão do cidadão, bem como o boletim de inscrição modelo nº 0133 preenchido (excepto ponto 3).

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Ministério adverte que provas e exames não devem ter questões demasiado simples

As provas de aferição, provas finais e exames nacionais não devem incluir questões demasiado simples para o nível de escolaridade a que se destinam, adverte o Ministério da Educação numa informação publicada on-line.
A informação constante no site do Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE) diz que questões demasiado simples podem constituir “um indicador desajustado da exigência pretendida”.

As provas devem “avaliar de forma clara e precisa os conhecimentos de cada disciplina e pautar-se pela exigência e rigor, adequando o nível de complexidade ao ano de escolaridade a que destinam”, lê-se no documento da Secretaria de Estado do Ensino Básico e Secundário. @ Lusa 

1ª fase de exames é "obrigatória"

A primeira fase dos exames nacionais do Ensino Secundário realiza-se entre 18 e 26 de Junho com carácter obrigatório, havendo segunda chamada para situações excepcionais, de 13 a 18 de Julho, segundo os termos publicados nesta sexta-feira em Diário da República.
A primeira fase dos exames nacionais de 11.º e 12.º anos tem “carácter obrigatório” para todos os alunos internos e autopropostos, ficando a segunda fase reservada aos alunos que na primeira chamada não tenham obtido aprovação e para aqueles que pretendam realizar melhoria da classificação em qualquer disciplina, especifica o Ministério da Educação e Ciência (MEC).

vem aí o estendal poético metropolitano

À semelhança do que vem sendo realizado, a Biblioteca Municipal Doutor José Vieira de Carvalho realiza, de 20 a 24 de Março de 2012, a Semana da Poesia, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Poesia (21 de Março). Num conjunto de diversas atividades insere-se o “Estendal poético metropolitano” que consiste na suspensão de poemas originais, ou de poemas de autores reconhecidos com ilustração original, em local de passagem pública durante todo o Dia Mundial da Poesia (junto à estação de metro do Fórum – Maia). Pelas 11.00h do mesmo dia ocorrem declamações poéticas no local do estendal.
Neste sentido, os alunos dos estabelecimentos de ensino do concelho são convidados a participar neste evento metropolitano com o envio de poemas originais, ou ilustração original de poemas de autores reconhecidos. Não existe formato obrigatório e considerando que se trata de um “estendal” apela-se à criatividade de formatos. Alunos e/ou professores são ainda convidados a declamarem os poemas recolhidos, ou outros, pelas 11.00h do dia 21/03/2012 (junto à estação de metro do Fórum – Maia).

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

EXAMES

repetindo post de dia 10:
Foi publicado em Diário da República o Despacho n.º 1942/2012, que estabelece a calendarização das provas de aferição do 1.º ciclo, provas finais do 2.º e 3.º ciclo e exames do ensino secundário.

dia mundial da rádio


daqui



A UNESCO instituiu o dia 13 de fevereiro como o Dia Mundial da Rádio.

Hoje comemora-se o primeiro dia.

proposta de alteração do modelo de gestão das escolas

Os diretores perdem poderes e passam a ser avaliados por toda a comunidade escolar, caso seja aceite a primeira proposta de alteração do modelo de gestão das escolas, entregue na sexta-feira pelo Ministério da Educação aos sindicatos.
A proposta de alteração ao decreto-lei que define o Regime de Autonomia, Administração e Gestão Escolar foi um compromisso assumido pelo Governo durante as negociações sobre o novo modelo de avaliação e "procura ir ao encontro dos anseios de professores e escolas relativamente a estruturas de coordenação, afirma um comunicado da tutela".
Neste proposta, a ser discutida com as estruturas sindicais no final do mês, a avaliação de desempenho do diretor deixa de ser competência exclusiva do diretor regional de educação, como até aqui. O responsável máximo da escola passa a ser avaliado pelo Conselho Geral, órgão no qual estão representados professores, funcionários, pais, alunos e autarquias, todos os elementos que conhecem e acompanham de perto o seu trabalho.
O coordenador de departamento deixa de ser designado pelo diretor e passa a ser eleito pelo respectivo departamento, entre uma lista de três docentes propostos pelo diretor, ao passo que o número máximo de departamentos curriculares deixa de ser definido pela tutela e passa a ser definido no regulamento interno das escolas.
"Sendo um dos objetivos do Programa do Governo o estabelecimento e alargamento dos contratos de autonomia das escolas, passam a ser princípios orientadores para a celebração deste tipo de contratos a melhoria dos resultados escolares, a diminuição do abandono e o desenvolvimento de instrumentos rigorosos de avaliação e acompanhamento do desempenho que permitam aferir a qualidade do serviço", esclarece a tutela.
O documento prevê ainda que a oferta de cursos com planos curriculares próprios passe para a competência das escolas com contrato de autonomia.@JN

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

LER, IR e VER e OUVIR

LER




Morreste-me, texto que deu a conhecer o jovem escritor José Luís Peixoto, é uma obra intensa, avassaladora e comovente: é o relato da morte do pai, o relato de um luto e, ao mesmo tempo, uma homenagem, uma memória redentora.

Um livro de culto há muito tempo disponível no mercado português.


de Carlos Romão






IR e VER e OUVIR 

o mar em dia de inverno, com sol e frio




Bom fim de semana!

world press photo 2011

O fotógrafo espanhol Samuel Aranda é o vencedor do World Press Photo 2011, com uma fotografia que retrata uma mulher coberta por um véu integral, a abraçar um familiar ferido, no Iémen.

breves:

EXAMES

Foi publicado no Diário da República de hoje o Despacho n.º 1942/2012, que estabelece a calendarização das provas de aferição do 1.º ciclo, provas finais do 2.º e 3.º ciclo e exames do ensino secundário.







progressões na carreira dos PROFESSORES

O anúncio é da FENPROF: "As escolas vão ter de regularizar as progressões na carreira de docentes, anteriores a 01 de janeiro de 2011, pagando os respetivos retroativos, depois do Provedor de Justiça ter feito uma sugestão nesse sentido". O melhor mesmo é ir à fonte.

de visita à universidade católica

No dia 9 de janeiro, realizamos uma visita de estudo à Universidade Católica, no âmbito das disciplicas de Higiene, Segurança e Cuidados Gerais (HSCG) e Saúde, com as professoras Gabriela Girão e Carmen Madureira.
Esta visita teve como objectivo conhecer uma Instituição onde se faz formação na área da Saúde, adquirir novos conhecimentos que futuramente serão úteis no tratamento e cuidados a ter com os doentes e conhecer mais alternativas, após o estágio.
Realizámos duas actividades diferentes e bastante interessantes.
Na primeira foi-nos apresentado um PowerPoint sobre o que é ser idoso, como se sente fisicamente um idoso e quais os cuidados que merecem ter. Explicou-nos que é necessário ter paciência e respeito, pois já não têm a mesma condição física do que quando eram mais novos. Foi então proposta uma actividade “secreta” à Alexandra. Depois de muito esperarmos ansiosamente pela entrada da nossa colega na sala, a Alexandra entrou...
E para nossa surpresa ela estava transformada numa idosa...Tinham-lhe colocado uns óculos e uns “pesos” nas pernas, nos braços, nas mãos, nos pés, na barriga e nas costas e também no pescoço. Foi pedido à Alexandra para executar algumas tarefas simples, como andar, sentar-se, apanhar alguma coisa do chão e até escrever o nome dela. Em algumas tarefas foi notória a dificuldade que tinha a fazer, e ela própria o admitiu.
De uma forma engraçada foram-nos transmitidas informações sobre o que era realmente ser idoso e quais as limitações que a partir de uma certa idade surgem e que essas limitações são perfeitamente normais.
A segunda atividade da visita foi realizada com alunas finalistas do curso de enfermagem. A atividade teve como objetivo conhecermos os posicionamentos corretos que um doente acamado deve ter e como fazer as tranferências desses utentes. Executámos, mais uma vez com a ajuda da Alexandra os diferentes tipos de posicionamentos (decubito dorsal, ventral e lateral esquerdo/direito).

Aprendemos também a fazer corretamente as transferências de um doente acamado e por fim o Rui Pinto e o João foram executar essa tranferência sendo a “doente” a Alexandra.
Foi uma ótima visita de estudo.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

da blogosfera: para formadores acreditados, sem custo

Foi no blogue adduo que encontramos esta informação. Aqui a partilhamos.

O Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar assinou um despacho em que determina:
 1. O pessoal docente que, enquanto formador acreditado pelo CCPFC, sem qualquer contrapartida pecuniária, colabore com os CFAE, os CFdas Associações Profissionais e Científicas de Professores e CF das Organizações Sindicais de Professores em ações de formação contínua devidamente acreditadas pelo CCPFC, adquire o direito a obter para efeitos de avaliação do seu desempenho docente, a creditação máxima atribuída aos formandos na respetiva ação de formação;
2. A contabilização do disposto no número anterior, apenas poderá ser feito uma única vez por ação;
3. O presente despacho tem caráter excecional e aplica-se exclusivamente ao ano letivo de 2011-2012.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

11º G coloca as mãos na massa

E ainda dizem que estudar não é uma "doçura"! Vêm aí mais crepes!!!

Os alunos do 11ºG matriculados na disciplina de francês comemoraram a preceito “La Chandeleur”. Desafiados pela professora, colocaram as mãos na massa para poderem saborear uma das mais famosas e apreciadas iguarias francesas, os crepes.
Foi um momento de convívio agradável que se transformou numa autêntica diversão. Risos e gargalhadas encheram a cozinha do refeitório, que as funcionárias, apesar de muito atarefadas, aceitaram gentilmente partilhar.

Entre crepes mutilados e crepes tostadinhos, lá se safaram alguns. Verdade seja dita, a tarefa não era nada fácil, sobretudo para principiantes. Mas, com ou sem ajuda, todos ficaram de barriguinha cheia. Inventaram-se recheios e não faltaram bebidas.
Ficam algumas fotos para recordar a alegria do momento e, para os mais atrevidos, a receita dos crepes com as dicas preciosas do 11ºG, para conseguir fazer saltar os crepes da “poêle”.

MASSA
1 l de leite gordo
4 ovos
250 g de farinha
1 pintada de sal
1 saqueta de açúcar baunilhado (fac.)
1 cheirinho de rum (fac.)
(óleo p/ untar a “poêle”)
A massa deve repousar, no frigorífico, pelo menos duas horas.
·         Untar a “poêle” com a ajuda de um “sopalin” (repetir o processo entre crepes);
·         Pré-aquecer a “crepière”;
·         Não exagerar na quantidade de massa, pois quanto mais espessos forem os crepes, mais difícil será conseguir fazê-los saltar;
·         Mexer rapidamente a sertã, de maneira a que a massa se estenda uniformemente;
·         Deixar cozer a lume brando, mas muito bem, o primeiro “lado” do crepe;
·         Recortar as beiras do crepe, com a ajuda de uma espátula;
·         Sacudir a “poêle”, repetidas vezes, até conseguir “soltar” o crepe;
·         Lançar, num gesto rápido e certeiro, o crepe ao ar, para que este recaia no “lado” ainda por cozer.
·         Repetir este último passo, as vezes que desejar, consoante goste do crepe mais ou menos “tostadinho”.
BON APPÉTIT!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

o que deve e não deve fazer quando utiliza as redes sociais

Em Dia da Internet Segura, a Google lança hoje um espaço destinado às famílias e à relação das crianças com a Internet de uma forma adequada, tendo como parceiros investigadores e a Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens (CNPCJ). (ler mais aqui)
O CRESCER considera que a mensagem contida neste vídeo justifica totalmente a sua publicação, independentemente de nele conter publicidade. Para todos os nossos leitores, pequenos e grandes, alguns conselhos, sem paternalismos vãos.

torneio de futsal: "os bravos" prometem muitas façanhas



A equipa de professores da nossa Escola. Em pé, da esquerda para a direita,
Humberto Nogueira (treinador), Gui Pestana, Patrícia Fraga, Serafim Borges e Rui Ferreira.
Em baixo: António Coimbra, Carlos Simão, António Portela e Luís Alves.
            Os nossos professores não deixaram os seus créditos por mãos alheias (futebolisticamente falando), já que o nível técnico atingido pela nossa equipa foi de fazer inveja a muitos profissionais da bola.
Com efeito, num jogo realizado no pavilhão da Escola Básica 2,3 Dr. José Vieira de Carvalho, em Moreira da Maia, e arbitrado por Francisco Cavaleiro, da Escola Básica e Secundária de Levante, os “bravos” de Águas Santas (ver foto da equipa) disputaram uma frenética partida com os colegas da Escola Básica 2,3 Gonçalo Mendes da Maia.
Jogo marcado pela estreia de Carlos Simão, na baliza, constituindo assim uma aposta ganha pelo técnico Humberto Nogueira que viu o “reforço de inverno” realizar excelentes defesas ao longo da partida.
Perante um numeroso e muito ruidoso público, apesar do jogo se realizar de manhã, a primeira parte pautou-se por um grande equilíbrio entre as equipas, tendo-se registado ao intervalo um justificado empate a uma bola com o golo da Escola de Águas Santas apontado por Luís Alves.
            Após o regresso dos balneários, o nosso treinador fez algumas substituições com o objetivo de alcançar a vitória. Foram largas dezenas de minutos de futsal de “primeira água”, tendo todos os nossos atletas suado literalmente as camisolas. Marcaram golos na baliza adversária, os colegas Rui Ferreira, Gui Pestana (na sequência de um passe em profundidade, o avançado atirou para o fundo das redes adversárias com um remate pleno de intencionalidade, considerado por muitos o golo da jornada) e Patrícia Fraga, a nossa ”arma secreta”.
Destaque para as excelentes exibições dos dois centro-campistas da equipa, Serafim Borges e António Portela que terminaram o jogo completamente exaustos.
Apesar do grande esforço e de denodado espírito de sacrifício, a verdade é que a sorte não quis nada com a nossa equipa, pese embora as muitas bolas que embateram na barra da baliza adversária. O placard final cifrou-se num desnivelado 4 -7.
Para isso, terão contribuído as ausências dos colegas Manuel Ferreira e Óscar Brandão que, segundo alguns observadores presentes, poderão estar na origem do resultado final desfavorável à nossa equipa.
Fica a sensação de que foi melhor a exibição do que o resultado, o que faz antever uma clara subida de forma da nossa equipa para as restantes jornadas que se avizinham.
A terceira jornada do Torneio de Futsal, organizado pela Casa do Professor da Maia, decorre no Pavilhão da Escola Básica 2,3 Dr. José Vieira de Carvalho, em Moreira de Maia e vai opor a nossa equipa – “Os Bravos” à formação da Escola Básica e Secundária de Levante, Nogueira da Maia. O jogo realizar-se-á a partir das 11 horas do próximo dia 3 de Março. Os bilhetes estarão à venda, nos locais habituais, a partir do dia 1 de Março.
Em suma, tratou-se de um agradável encontro entre colegas de escolas do Concelho da Maia que através da prática desportiva vão desfrutando de bons momentos de convívio.
texto de Mário Pavão e foto de Gabriela Lopes

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Truffaut faria hoje 80 anos

François Truffaut (Paris, 6 de Fevereiro de 1932 — Neuilly-sur-Seine, 21 de Outubro de 1984) foi um cineasta francês.
Um dos fundadores do movimento cinematográfico conhecido como Nouvelle Vague e um dos maiores ícones da história do cinema do século XX, em quase 25 anos de carreira como diretor Truffaut dirigiu 26 filmes, conseguindo conciliar um grande sucesso de público e de crítica na maior parte deles.
Os temas principais de sua obra foram as mulheres, a paixão e a infância. Além de ter sido diretor cinematográfico, ele foi também argumentista, produtor e ator.
Juntamente com Jean-Luc Godard, Truffaut foi uma das mais influentes figuras do novo cinema francês e inspirou cineastas como Steven Spielberg, Quentin Tarantino, Brian De Palma e Martin Scorsese.
Hoje a Google homenageia-o com mais um doodle.

guia de provas de ingresso: inscrição e matrículas


A Direção-Geral do Ensino Superior publicita no seu sítio o Guia de Provas de Ingresso - alterações para 2012, 2013 e 2014.
Destina-se aos estudantes que pretendem candidatar-se à matrícula e inscrição no ensino superior nos anos letivos de 2012/2013, 2013/2014 e 2014/2015.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

VER, em casa, no fim de semana

Com o frio que se vai fazer sentir neste fim de semana, será bom ficar por casa e ver (e ouvir e ler em simultâneo), um destes dois filmes. Ou os dois, se vontade tiverem para tal.
Este documentário, de 2006, "I´m your man", sobre o lendário cantor norte-americano Leonard Cohen. Além de depoimentos, o filme ainda traz versões de artistas influenciados pelas músicas de Cohen.


Ou, "Não Estou Aí" (I´m not there), um filme de 2007, inspirado na vida do cantor e compositor norte-americano Bob Dylan. Dirigido por Todd Haynes, seis atores interpretam versões de distintas fases da vida do ícone folk: Marcus Carl Franklin, Ben Whishaw, Heath Ledger, Christian Bale, Richard Gere e Cate Blanchett.

Bom fim de semana!

galletes des rois

Já lá vai janeiro e com ele as festividades dos reis. No entanto, o 10º I fez uma comemoração especial do dia de Reis pois fê-lo segundo a tradição francesa e o Crescer teve disso conhecimento. Para tal, tanto a professora de Francês, Hortênsia Ramos, como alguns alunos fizeram uma Galette des Rois à la frangipane e outra franc-comtoise, bolo tradicional, e com elas se deliciaram. Hoje, partilhamos fotos desta atividade e a história desta tradição.

Tudo começou no século 17, quando Luís XIV, o Rei Sol da França, resolveu homenagear o dia da Epifania (dia da Manifestação dos 3 reis magos) com uma doce em formato de coroa (rosca) chamado gâteau des rois. Alguns poucos anos depois, fizeram uma torta redonda, recheada com creme de amêndoas que começou a se tornar mais popular que a rosca de frutas cristalizadas. Surgiu então a Galette des Rois.
A Galette  tornou-se  a preferida de outro rei, o Luís XV. Conta a lenda que o cozinheiro, para surpreender e presentear o rei, resolve colocar uma jóia dentro da galette.
Foi uma festa. O rei e seus convidados adoraram! A ideia começou a ser difundida entre a aristocracia francesa e, ao invés de jóia, colocavam uma fava de baunilha.

Os anos foram passando e a brincadeira foi amadurecendo. Quem encontrasse a fava dentro da galette, seria rei por um dia. Em troca, compraria a galette do ano seguinte.
A tradição foi difundida entre toda a Europa. Os espanhóis fizeram o Roscón de Reyes e os portugueses o Bolo-Rei.
Hoje, as Galettes des Rois são vendidas com bonecos dentro (com peças de porcelana, ferro ou plástico) e com coroas de papelão. Você encontra pedaços à venda até nas ruas de Paris.