Número total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de maio de 2012

3º teste intermédio de matemática de 12º ano

Já começam a ser banais os testes intermédios. Dantes eram assustadores. Agora pensa-se neles como uma prova feita por alguém "de fora" para os alunos "de dentro". E isso "até é bom!". Retira o trabalho da conceção ao professor titular e ajuda a aferir resultados, diz-se.
Vai daí, quando a campaínha toca para mais um TI já não há esgares de pânico, antes a compenetração necessária para mais um teste com a formalidade a que todos já se habituaram.

Hoje, fez-se o 3º TI de Matemática de 12º ano da temporada. O CRESCER ouviu as vozes, no final de mais uma prova.

"Era muito grande! Não consegui fazer tudo."
"Não deu para fazer as coisas com calma. Fazer e voltar atrás foi imposível."
"Não era difícil, mas era muito longo!"
"Lá se vai o meu dezanove!"
"Esqueci-me de fazer uma pergunta. Perdi dois valores."

A professora serenava os alunos. Ao CRESCER considerou tratar-se de uma prova de nível "médio/alto".
Aguardemos pelos resultados.

4 comentários:

Cátia disse...

Querem reprovar-nos a todos? Qual é o tipo de aluno vulgar a matemática? O médio/alto, o regular ou o insuficiente?

CRESCER disse...

Que maravilhosa diferença de opiniões!
Oxalá a Cátia esteja enganada e a comentadora anónima consiga o seu 20. Pena não sabermos o nome para a podermos felicitar!

Anónimo disse...

pois quem tem 20 não pode achar dificil não...caso contrário não merecia o 20! É pena que não reconheça que nem toda a gente tem 20!

Pedro Jesus disse...

Deves ser muito boa então, porque eu embora não seja aluno de 20 pois a preguiça não me deixa, sei que tenho as capacidades de um aluno com tal classificação, como tu dizes ser... E, se o teste não pode ser classificado como difícil, pode ser de facto adjectivado como horrivelmente longo, pois eu, assim como grande parte dos meus colegas, tivemos dificuldade em terminar o teste. E quanto ao último limite notável, eu que tenho por passatempo ocasional resolver limites monstruosos, dei por mim a coçar a cabeça quando depois do teste olhei para a primeira vez para ele, porque não o conseguia resolver, mesmo depois de inúmeras tentativas. A minha dificuldade em encontrar a solução é então justificada pelo facto de a minha professora não o ter conseguido fazer à primeira. Contudo, folgo em saber que o futuro da nossa matemática, ou melhor, o futuro da nossa medicina, pois é para onde irás certamente, está bem assegurada com bons alunos com 20 a matemática mas com 0 valores no que toca a Humildade e capacidades sociais... É por isso que há bons médicos, e Bons Médicos, e tu, pelo que vejo, serás um Doutora medíocre, porque serás aluna de 20, pois não deixarás ninguém insultar a tua inteligência, mas de certo receberás muitos insultos graças a essa tua insolência... Ah, e peço desculpa por insultar a tua inteligência pois, na minha óptica algo mudou porque no último teste intermédio tive 19,4 e neste tive 11,8 pois não tive oportunidade de acabar todas as questões ou rectificá-las... Mas como tu mesma disseste, eu tenho que reconhecer, que nem todos somos alunos de 20 como tu, assim como tu tens que reconhecer que nem todos podemos ter consciência social como eu...

E como eu não tenho medo de que saibam quem sou, ao contrário de ti que te escondes no anonimato:

Pedro Jesus, orgulhoso insulto à tua inteligência e imaturidade...

Prazer...