Número total de visualizações de página

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

um maço de tabaco por dia causa 150 mutações genéticas por ano nos pulmões

Caveira com Cigarro Aceso (1885-86),
Vincent van Gogh 
DR


Pela primeira vez, estabeleceu-se uma ligação direta entre o número de cigarros fumados e o número de mutações que isso provoca no ADN e que, mais tarde, poderão terminar em cancro. 

Que o tabaco mata já não é novidade. Que o cancro é causado por mutações no ADN também já se sabia. O que agora se encontrou pela primeira vez foi uma relação direta entre o número de cigarros fumados e o número de mutações no ADN. Se fumar um maço de cigarros por dia, ao fim de um ano terá provocado nas células dos seus pulmões, em média, 150 mutações genéticas, o que aumenta o risco de cancro – conclui este trabalho publicado esta sexta-feira na revista Science

Saiba mais, aqui.

Sem comentários: