Número total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

haja saúde, sim?

O último relatório da OCDE afirma que as mulheres portuguesas são das que vivem mais anos no conjunto da UE: 84,4 anos. Mas 29 são vividos com pouca saúde.
AFP/Getty Images
A esperança média de vida na União Europeia está a aumentar a olhos vistos, numa média de três meses por cada ano que passa. Em 2014, rondava os 80,9 anos no conjunto dos estados-membros, de acordo com o mais recente relatório da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) — OECD Health at a Glance: Europe 2016. E, neste capítulo, Portugal aparece em destaque: as mulheres portuguesas são das que vivem mais anos no conjunto dos Estados-membros da UE: 84,4 anos. Maior longevidade só mesmo em Espanha — as espanholas vivem, em média, 86,2 anos –, em França (as francesas vivem 86 anos) e em Itália (85,6 anos). A esperança média de vida das mulheres na UE rondava, em 2014, os 83,6 anos. 

Mas se, por um lado, as mulheres portuguesas vivem muitos anos, por outro, são as que vivem mais anos com uma atividade limitada, por falta de saúde. Dos 84,4 anos, apenas 55,4 anos são vividos com saúde, ou seja, as mulheres portuguesas vivem 29 anos com pouca saúde. Na UE a 28, as mulheres vivem 21,8 anos com pouca saúde.No que diz respeito aos homens, os portugueses vivem, em média, 78 anos, em linha com a média da UE (78,1 anos). Desses, 19,7 anos são vividos já com pouca saúde, o que coloca também Portugal entre os países em que os homens vivem mais anos sem saúde. @ Obervador

Sem comentários: