Número total de visualizações de página

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

até já, Silvina!

Há pessoas assim: discretas. Sempre. Mas nem por isso nos deixam indiferentes. Pelo contrário, marcam-nos pela sua sobriedade e verticalidade.
A Silvina Ventura passou pela ESÁS deste modo.
Discreta. Sempre. Mas sóbria e vertical.
Aprendemos todos muito com ela. Nós, os do mesmo grupo disciplinar, os outros colegas e funcionários e, obviamente, os alunos.
Hoje, saiu da sede do nosso Agrupamento da mesma forma como entrou: discreta, sóbria e vertical.
Tão discreta que alguns dos mais próximos não souberam e não puderam dar-lhe “aquele abraço”. Não conseguiram tirar "a foto" do momento.
Saiu da escola para se aposentar. Deixou ficar o halo dos que passam pela vida, assim, estoicamente.
Obrigada, Silvininha, por todo o teu legado. Esperamos estar à altura de o sabermos prolongar.
Deixamos-te aqui umas flores. Também elas discretas mas belas... como tu.
Até já!
a equipa do Crescer

4 comentários:

manuela couto disse...

A Silvininha vai fazer-me muita falta.
Quem é que vai impor a sensatez quando todos nos perdemos em desvarios? Quem é que vai pôr a mão à frente da boca e dizer "eu acho que não devia dizer isto mas..."? Quem é que tem uma caligrafia igual à dela? A quem é que eu vou dizer "meto-te debaixo do braço e levo-te comigo"? A quem? :(

Um abraço do tamanho do mundo!

Kátia Araújo disse...

Faço minhas as palavras da Manuela.
E que saudade sentirei daquela gargalhada que mais ninguém tem!
Permaneceremos guiando-nos por ti que foste, tal como Caeiro, Mestre.

Um beijo já saudoso!

carmen madureira disse...

A Silvininha, a nossa pequenina, mas só em tamanho pois grandeza não lhe falta, é das pessoas que mais me marcaram.
Eu só quero não sentir saudades tuas.

Eduarda disse...

Que a tua calma e ponderação nos continue a guiar nos momentos mais conturbados da vida.

Um forte abraço!