Número total de visualizações de página

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

comemorar o aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos é um imperativo ético



Numa iniciativa do grupo disciplinar de Filosofia, e para assinalar o Dia Internacional dos Direitos Humanos (10 de dezembro), um representante da delegação do Porto da Amnistia Internacional esteve na nossa escola a dinamizar uma palestra para os alunos de 10º ano.
Comemorar o aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos é um imperativo ético. Muito frequentemente assiste-se, por esse mundo fora, a situações lamentáveis de total desrespeito pelos direitos mais básicos dos seres humanos. É urgente denunciar essas situações e apostar na educação e sensibilização dos mais jovens. Só dando a conhecer a realidade no seu horror conseguimos despertar consciências; só mostrando que o sofrimento tem sempre por detrás um rosto, um nome, uma pessoa, conseguimos que ele deixe de ser uma mera abstração contra a qual as pessoas estão cada vez mais imunizadas.

O grupo de Filosofia

Sem comentários: