Número total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de junho de 2018

greve às avaliações bloqueia reuniões

"Os primeiros três dias da greve às avaliações marcada pelo novo Sindicato de Todos os Professores (STOP), que se iniciou no passado dia 4 e se prolongará até dia 15, levaram ao cancelamento de todas reuniões previstas para essas datas, indicou ao PÚBLICO um dos dirigentes desta estrutura sindical, André Pestana.
Este balanço diz respeito aos dias 4, 5 e 6 de Junho. A maior parte das reuniões dos Conselhos de Turma, onde são aprovadas as notas finais dos alunos, está marcada para esta quinta e sexta-feira, mas por agora André Pestana afirma que a greve está “a ter um impacto incrível nas escolas”.
Estão em causa nesta semana as notas dos alunos dos anos que têm exames nacionais (9.º, 11.º e 12.º) e que por isso já terminaram as aulas nesta quarta-feira. Basta que um professor não compareça para que a reunião do Conselho de Turma tenha de ser adiada e reagendada depois para as próximas 48 horas, podendo o processo arrastar-se por semanas como aconteceu em 2013. 
Aconteceu durante o mandato de Nuno Crato que se viu obrigado, devido a esta acção, a recuar no regime de mobilidade especial que previa que os docentes sem turmas atribuídas (os horários-zero) pudessem a prazo ficar sem retribuição."@ PÚBLICO

Sem comentários: