Número total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

hábitos diários que melhoram (e muito) a saúde mental

Stress, poluição, fast-food, sedentarismo, ruído. A nossa mente está todos os dias à mercê de um sem fim de agentes agressores que, a qualquer momento, podem facilmente começar a comprometer o bom funcionamento cerebral... mas não só.
© iStock
Falar em saúde mental é muito mais do que falar no desempenho cognitivo, é falar no estado da mente, na forma como ela lida com as emoções, com as complicações, com o próprio dia a dia. Do stress, à ansiedade, passando pela irritação constante e nunca esquecendo a depressão, são muitas as formas de espelhar uma saúde mental debilitada, mas são também muitas as formas de combater isso.
Como escreve o The Independent no seu site, a saúde mental beneficia de pequenos hábitos e gestos diários... como andar com a cabeça levantada e os ombros alinhados. Sim, uma postura confiante em cada passo que se dá é uma das estratégias mais eficazes para melhorar a disposição e afastar os pensamentos negativos.
Parar de tirar fotografias com o telemóvel a tudo e mais alguma coisa e passar a apreciar esses mesmos momentos é também uma forma de melhorar a saúde mental, como revelou um estudo publicado na revista científica Psychological Science. E por falar em telemóvel, importa começar a usar menos os dispositivos móveis, uma vez que a ciência já conseguiu mostrar como as redes sociais têm um impacto negativo na saúde mental dos utilizadores, aumentando a sensação de tristeza e até inveja.
Tal como a ciência tem vindo a alertar cada vez mais, o exercício físico é fundamental para a boa saúde da mente, tendo ficado já provado que as pessoas que combatem o sedentarismo tendem a ter menos pensamentos depressivos. E se a atividade desportiva é importante, a capacidade de parar de procrastinar é também fundamental, lê-se na publicação, que revela que quanto mais as pessoas adiam o que têm para fazer, mais ansiosas e stressadas ficam.
No leque de hábitos diários que melhoram a saúde mental - e, por consequência, a saúde física também - estão ainda a boa rotina de sono, a perda do hábito de querer fazer tudo ao mesmo tempo (sim, está na hora de dizer não ao multitasking) e a importância de dedicar uma parte do dia aos cuidados pessoais, que podem ser um banho mais longo, uma leitura, uma música, uma ida ao cinema, etc. @ NaoM

Sem comentários: