Número total de visualizações de página

terça-feira, 10 de outubro de 2017

foi uma noite de "Até já..."




Muitos colegas de hoje e de ontem, muita animação e algum disparate, como convém em jantares sérios. Foi assim no jantar de "até já" da professora Natália Caminha.
Até houve tempo para a poesia: vejam o que escreveu e disse a  professora  Helena Borges.










Gosta de uma boa conversa
De teatro e caminhada
De gente de mente aberta
E língua bem afiada.

Mas que alma tão bela
Quem é ela? Quem é ela?
[É a Natália, É a Natália]


Um até breve, até sempre
Amiga do seu amigo
Nunca mais te esqueceremos
Estaremos sempre contigo.

Mas que alma tão bela
Quem é ela? Quem é ela?
[É a Natália, É a Natália]

Mas que alma tão bela
Quem é ela? Quem é ela?
[É a Natália, É a Natália]

2 comentários:

Helena Ferraz disse...

É justo referir que também fomos contemplados com um "doce" até já da autoria da Natália, vejam só a sua veia poética

Tantos amigos aqui,
hoje serão como irmãos,
relembrando o que vivi
na "escola feita de mãos"

Talvez dúzia e meia de anos
mas passaram num instante
alegrias, desenganos
e a vida por diante

.........

E agradecendo o carinho
que me deram. passo a passo,
deixo o rasto de um beijinho
e o aperto de um abraço

Natália Caminha
04/10/2017

CRESCER disse...

Obrigado, professora Natália!