Número total de visualizações de página

sábado, 9 de setembro de 2017

receção aos professores

Boa noite! Só agora conseguimos aqui chegar. Nós duas: Eduarda Ferreira e Manuela Couto, responsáveis por este jornal. 



A receção aos professores e funcionários que hoje decorreu ilustra bem o espírito que se vive nesta casa. Aqui há dedicação, festa e emoção. E trabalhar em festa, ensinar em festa, aprender em festa é singular e, por isso, extraordinário.

Sejam todos muito felizes a trabalhar!

(não há falta de acento nem falta de AO que esmoreça a delícia do bolinho)

Por fim, queremos saudar todos e deixar-vos palavras que não são nossas, mas que consideramos inspiradoras:

"A escola pode tornar-se (...) uma espécie de porto seguro quando as famílias sofrem e não sabem sê-lo. E os professores, os adultos significativos que com um gesto, uma palavra ou uma expressão, têm em si o poder mágico de evitar que alguém que cresce se zangue para sempre com as pessoas e com a vida.
Ora, claro que isto não é fácil e que existem cansaços, desalentos e frustrações, que conseguem por vezes desgastar os dias e roubar a esperança das histórias seguintes.
E é por isso que eu sei, porque sinto, que os bons professores também precisam de colo, precisam que lhes digam, muitas e muitas vezes, que podem realmente fazer a diferença e ser fonte de inspiração, conquistando assim a enorme honra de não serem esquecidos.
Eu fá-lo-ei sempre com a gratidão de quem sabe que tem o privilégio de aprender todos os dias com aqueles que têm em si o poder de mudar o mundo.
Seja este um bom ano! De escola e de vida." (daqui)




1 comentário:

Izazevedo disse...

Bom ano! Em modo de eterno retorno!