Número total de visualizações de página

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

as doenças cardiovasculares continuam a ser a primeira causa de morte em Portugal

Pelo menos 80% destas mortes prematuras poderiam ser evitadas. Tabagismo, alimentação indevida, falta de exercício físico e abuso do álcool são os quatro principais fatores de risco.
Cerca de 35 mil portugueses morrem anualmente por doenças cardiovasculares, que continuam a ser a principal causa de morte e representam um terço de toda a mortalidade da população em Portugal.

No Dia Mundial do Coração, que esta sexta-feira se assinala, as associações ligadas à cardiologia recordam que as doenças cardiovasculares continuam a ser a primeira causa de morte em Portugal, apesar de pelo menos 80% das mortes prematuras por estas patologias poderem ser evitadas.
A Fundação Portuguesa de Cardiologia sublinha que muitas mortes precoces podiam ser prevenidas através do controlo dos quatro principais fatores de risco: tabagismo, alimentação indevida, falta de exercício físico e abuso de álcool.
Das 35 mil mortes por doenças cardiovasculares calcula-se que 20 mil sejam por acidentes cerebrovasculares e mil por enfartes do miocárdio.
Contudo, mais de metade da população portuguesa entre os 18 e os 79 anos apresenta pelo menos dois fatores de risco para a doença cardiovascular. (adaptado daqui)


quinta-feira, 28 de setembro de 2017

o dia mundial do turismo, na ESAS, foi assim

Ontem, dia 27 de setembro, comemoramos o Dia Mundial do Turismo.
A data começou a ser celebrada em 1980, após decisão da OMT - Organização Mundial de Turismo e visa mostrar a importância do Turismo.
Tornar o mundo num local melhor e apostar no desenvolvimento sustentável apoiado no respeito pela natureza, pela cultura e pelos seus anfitriões são os objetivos da celebração deste dia.
O Qatar foi o país escolhido para acolher oficialmente o Dia mundial do Turismo este ano.
Em Portugal, realizaram-se ao longo do dia diversas comemorações.
Na ESAS, foi assim.




quarta-feira, 27 de setembro de 2017

"pensa verde, preserva o planeta"


Os alunos do curso profissional de Turismo visitam todas as turmas, deixando uma mensagem importante sobre o Dia Mundial do Turismo, que hoje se comemora, e que se pretende sustentável. 
Aos professores é oferecido um postal com uma mensagem sugestiva.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

alerta: seis em cada dez crianças não consomem a dose recomendada de fruta e legumes

Não é novo o alerta e é bastante preocupante.

Mais de 17 mil crianças avaliadas: 65% não cumprem a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) para uma ingestão mínima de três porções de fruta e duas porções de legumes diárias.

De acordo com o estudo, que envolveu 17.698 crianças com idades entre os dois e os dez anos de escolas e jardins-de-infância de todo o país, 65% não cumprem a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) para uma ingestão mínima de três porções de fruta e duas porções de legumes diárias.

Esta percentagem sobe para os 68,2% nas crianças com seis e sete anos, disse à agência Lusa o presidente e fundador da APCOI, Mário Silva, sublinhando que "é o grupo que mais se destaca pela negativa, o que menos consome" frutas e legumes. @ Público

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

turismo sustentável: o que é?

Como vê o Turismo? Como acha que deve ser fomentado? Sabe o que é o Turismo Sustentável? 

"Segundo a OMT o turismo sustentável deve ser aquele que salvaguarda o ambiente e os recursos naturais, garantindo o crescimento económico da atividade, ou seja, capaz de satisfazer as necessidades das presentes e futuras gerações. Portanto, o desenvolvimento turístico deve pautar por "economizar os recursos naturais raros e preciosos, principalmente a água e a  energia, e que venham a evitar, na medida do possível a produção de dejetos, deve ser privilegiado e encorajado pelas autoridades públicas nacionais, regionais e locais". (Artigo 3 Código de Ética - OMT). (daqui)


Depois de amanhã*, Dia Mundial do Turismo, alunos do Curso Profissional de Técnico de Turismo irão passar por todas as turmas para lerem um pequeno texto alusivo a estas comemorações.

* editado

parabéns!



Todos adivinharam.

Ganharam as eleições para o Conselho Geral as listas proponentes e ganhou, sobretudo, a grande adesão à votação.


As listas vencedoras foram todas as listas A.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

adivinha para fim de semana



Uma pergunta de grande dificuldade:

Quem sabe quem venceu a eleição para o Conselho Geral? 



Bom fim de semana!

mais uma campeã!




Telma Silva, aluna do 9°B , sagrou-se campeã mundial de Karaté, na Roménia, nas modalidades de Kata individual e coletivo, escalão de juvenis.


Somos uma escola de campeões!

Parabéns à Telma e a todos os que trabalham com ela e a preparam tão bem. A escola regozija-se com estes valores.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

as eleições no último dia de Verão

As eleições para o Conselho Geral estão prestes a acabar, bem como está prestes a terminar o último dia de Verão

Das eleições há que relevar a curiosidade de para os diferentes setores com assento no Conselho Geral só se ter apresentado uma única lista. 
Como é lógico, independentemente disso, é necessário votar. Aquele que não vota (seja como for) não se envolve e, por isso, permite que os outros decidam por si.
Efetivamente, nem sempre os jovens entendem esse dever como um direito. Talvez porque nunca tenham vivido sem liberdade! Há que explicar a importância do ato e mostrar que o exercício da cidadania também passa por não ser indiferente e votar. Hoje, puderam votar todos os alunos com mais de 16 anos ou que faziam 16 anos até dezembro.

Não será difícil adivinhar os resultados.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

o A3 recebe com amor




O pavilhão A3 vestiu-se de nova roupagem para receber os meninos do 2º ciclo.















Entre corações, recomendações e quadros preparados para receber trabalhos das várias turmas é bem evidente a preocupação de todos os profissionais que ergueram este cantinho de amor.

Quem não quer ter aulas neste espaço tão aprazível?

Pedro Carvalho, campeão mundial de Karaté

imagem de FB

O Pedro Carvalho, nosso aluno do 10º F, sagrou-se campeão mundial da modalidade de Karaté, na Roménia.
Muitos parabéns ao Pedro e a todos os que o preparam e com ele trabalham.
Também a escola tem muito orgulho neste prémio.

amanhã há eleições para o Conselho Geral

Chegou via e-mail, por parte da presidente do Conselho Geral e do senhor Diretor,  a seguinte missiva que a todos diz respeito. O CRESCER apenas pretende que não se esqueçam.

"A Administração do Agrupamento de Escolas de Águas Santas rege-se por princípios democráticos, entre os quais se destaca o princípio da participação, contribuindo por isso para desenvolver o espírito e a prática democrática através da participação de todos os intervenientes no processo educativo, garantida através da eleição dos seus representantes, assegurada por Pessoal Docente e Não Docente.
Desta forma, na próxima 5ª feira, dia 21 de setembro, terá lugar a eleição dos seus representantes no Conselho Geral deste Agrupamento, órgão responsável pela definição das linhas orientadoras da atividade desta Escola, existindo listas de candidatos afixadas no Átrio e Sala de Trabalho.
A participação na eleição do Conselho Geral significará que, todos os Docentes e Não Docentes, tem interesse e poderão contribuir desta forma para uma melhor Escola, conjuntamente com os representantes dos alunos, dos pais e encarregados de educação, da Câmara Municipal, bem como outros representantes da comunidade local."

terça-feira, 19 de setembro de 2017

"+ espaço" já existe!

Lembram-se desta notícia?
E do resultado deste concurso?
Gonçalo Morais, mentor do projeto "+ espaço"


Pois bem, houve concurso, houve resultado, o Orçamento Participativo para as Escolas permitiu (ajudou) e o Gonçalo Morais está de parabéns, bem como a escola. 

O Gonçalo defendeu um projeto que denominou como "+ espaço" e a sua proposta consistia em cobrir parte do espaço exterior onde se concentram alguns serviços.

À data, o CRESCER escreveu estar "convicto que esta proposta foi ao encontro de uma necessidade/vontade dos alunos da escola, (...) pois querem ter "+ espaço" coberto na sua escola".

Agora, com o apoio da Direção do Agrupamento, já temos mais zonas de sombra nos dias soalheiros e não teremos de apanhar chuva para aceder a alguns serviços fundamentais da escola nos dias mais invernosos.

Isto de "dar voz aos alunos" e concretizar as suas propostas é muito nobre. Só prova que somos uma escola de "muitas mãos."

partidos políticos na estrada

Do Minho ao Alentejo, passando pela região do Grande Porto, Oeste e Ribatejo, os líderes dos principais partidos vão passar hoje o primeiro dia da campanha oficial para as eleições autárquicas na 'estrada'.
Muita arruada, muitos almoços e muitos jantares e, também, (deseja-se!) muito conteúdo.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

estar sentado demasiado tempo pode matar, mesmo que faça exercício

Novo estudo concluiu que comportamento sedentário aumenta risco de morte precoce, mesmo que faça exercício depois de muitas horas instalado na cadeira.
foto de Sara Matos da Global Imagens

Estar sentado por períodos de tempo excessivamente longos é um fator de risco para a morte precoce, e nem sequer importa se faz exercício. Esta é a conclusão de um estudo norte-americano, publicado na segunda-feira no Annals of Internal Medicine, e que teve como objetivo analisar a associação entre o comportamento sedentário, em episódios prolongados e ininterruptos, e a mortalidade.

A investigação, conduzida por Keith Diaz, do Departamento de Medicina da Universidade Columbia, em Nova Iorque, teve por base uma amostra de aproximadamente oito mil adultos e verificou a existência de uma relação direta entre o tempo sentado e o risco de mortalidade precoce. À medida que o tempo que cada pessoa passa sentada aumenta, sobe também o risco de morte precoce, sendo que as pessoas que ficam sentadas por menos de 30 minutos registam um risco mais reduzido. Para medir o tempo de sedentarismo, a equipa de investigadores recorreu a acelerómetros.

Analisando os dados, a equipa de cientistas descobriu que o comportamento sedentário representava, em média, cerca de 12,3 horas, na média de 16 horas em que uma pessoa está acordada. @ DN

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

uma boa questão

Qual é a sua opinião? Ensino profissional resolve insucesso no secundário? Governo e antecessores acham que sim

foto de BRUNO LISITA
Mais de um terço dos estudantes deixa o secundário antes de o terminar, revela relatório anual da OCDE. Governo aposta no ensino profissional onde Portugal se distingue por conseguir bons níveis de sucesso. @ PÚBLICO

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

acerca da comunicação “Ciência da Vida – Genética da Adaptação e a Diversificação da Vida” do encontro “A Ciência por quem a Faz e por Quem a Ensina”

O Doutor Agostinho Antunes mostrou na sua comunicação como as mutações do ácido desoxirribonucleico (ADN) explicam a diversidade de formas de vida, cada uma adaptada a determinado meio.
Com o advento, na última década, de meios técnicos de sequenciação do ADN e de novas tecnologias de análise aliadas, mais recentemente, de suporte informático, permitiu a atribuição, muito mais fácil, de significado à informação genética presente no ADN.
Através destas técnicas também tornou possível traçar o trajeto da alteração genética dos seres vivos e relacioná-la com a sua adaptação ao meio e evolução das espécies já postulada por Charles Darwin, embora sem evidências genéticas expressivas.
Agostinho Antunes mostrou como a evolução da molécula de ADN e a obtenção de mutações em genes específicos que codificam a produção de proteínas explicam as características de cada espécie. Os genes vão sendo lentamente alterados em pequenos passos ao longo da evolução do organismo. Hoje, este caminho permite-nos compreender a diversificação de formas de vida e as alterações das suas características morfológicas.
Demonstrou-o com vários exemplos numa explosão de formas de vida, interrelacionando as características morfológicas com os genes que as originam. Foram os casos da risca longitudinal dos peixes que lhes confere a sensação ao toque, a adaptação das aves ao voo, a receção tetracromática da luz pelas aves que lhes confere uma perceção extraordinária da cor muito além da receção dicromática pelos mamíferos, sendo os humanos a exceção com a receção tricromática, os recetores olfativos que têm origem numa grande família de genes, a produção de venenos que nem sempre tem carácter predatório podendo também ser defensivo ou mesmo para atribuição de vantagens reprodutoras, a capacidade de obtenção de energia em ambientes pouco oxigenados e alguns outros exemplos.
Na sua apresentação colorida e diversificada por exemplos tornou possível a compreensão, partindo do historial de alteração dos genes, dos fundamentos da adaptação e evolução dos seres vivos.


Sérgio Viana

economia: de graúdos para miúdos

O Gonçalo Morais decidiu iniciar uma nova rubrica no CRESCER. É o olhar de um aluno "graúdo" a tentar explicar aos mais "miúdos" o que é isso da economia.



Após um ano de alguma deliberação e de bastante procrastinação finalmente tive “coragem” de iniciar a redação de artigos que falem da área da economia.
Em primeiro lugar, algo que escapa muito às pessoas é o facto de a economia ser uma ciência social, tal como a geografia, a psicologia, etc. Isto deve-se a esta estudar a “realidade social”, ou seja, a realidade em que todos nos encontramos inseridos, tudo o que se passa no meio social: o desemprego, a imigração, a religião, etc.
Contudo, devido à complexidade da realidade social, os fenómenos não podem ser analisados por uma só ciência. O seu grau de complexidade é de tal modo elevado que necessita de outras ciências. Daí os fenómenos enunciados anteriormente serem considerados fenómenos sociais totais. Logo, é impossível pensar em analisar um fenómeno, como o consumo (por exemplo), só na perspetiva da economia. É necessário olhar para ele “com outros olhos”.
Por fim, resta-me referir que este pequeno artigo esteve mais relacionado com as ciências socias do que com a economia propriamente dita, mas é necessário entender as bases das ciências sociais para podermos compreender a economia como um todo.

Gonçalo Morais

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

de volta às aulas!

O CRESCER saúda os seus leitores e deseja que todos tenham um bom ano letivo.


Parafraseando Ricardo Reis (heterónimo de Fernando Pessoa), desejamos que cada um assuma a máxima:"Põe quanto és no mínimo que fazes."
Assim, todos seremos capazes de atingir os objetivos pretendidos: sucesso educativo e escolar.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

olha o sol que vai nascendo...



Podia ser esta a banda sonora da manhã de hoje. 
Os meninos do 5º ano foram recebidos pelos seus diretores de turma e por alguns dos seus professores e, por sua vez, os encarregados de educação puderam ouvir as boas-vindas por parte do Diretor do agrupamento.
Todos gostamos de ser bem recebidos e de entender as perspetivas que nos oferecem e o que desejam de nós. Pois assim aconteceu.






A alegria dos nossos mais pequenos era óbvia, a par de sentirem a responsabilidade de quem pisava pela primeira vez a "escola dos grandes". Esses "grandes" ajudaram a recebê-los e a escola agradece-lhes por isso.

Pois é, meninos do 5º, agora é começar com garra e determinação e logo, logo estão a receber outros "caloirinhos". Só faltam 8 anitos!

Sejam bem-vindos!

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

11 de setembro: a Natureza; o Homem e o Encontro de Cientistas

Hoje, a Natureza, na figura do Irma, fez desabar um "inferno de chuva e de vento" na Florida. Vejam como se movimenta este furacão.

Há 16 anos, o Homem fez desabar a crença no próprio Homem. Lembremos para que não se esqueça.

Por cá pela casa, o 7º encontro de cientistas decorreu com grande entusiasmo. Faremos notícia pela voz dos especialistas na área.

sábado, 9 de setembro de 2017

a ciência por quem a faz e por quem a ensina

É já o 7º encontro e com ele a nossa escola projeta-se para o mundo, fazendo a diferença. O centro de formação maiatrofa, com sede na nossa escola, organiza este encontro que terá lugar já no dia 11 de setembro (2.ª feira), aqui mesmo, na Escola Básica e Secundária de Águas Santas. 
À semelhança do que aconteceu nos seis encontros anteriores, durante a manhã haverá palestras proferidas por cientistas portugueses sobre a ciência que por cá se faz e, à tarde, haverá visitas de campo dirigidas aos professores de diferentes áreas.
Pode encontrar o programa no seguinte endereço: www.cfaemaiatrofa.org/encontro2017 .

receção aos professores

Boa noite! Só agora conseguimos aqui chegar. Nós duas: Eduarda Ferreira e Manuela Couto, responsáveis por este jornal. 



A receção aos professores e funcionários que hoje decorreu ilustra bem o espírito que se vive nesta casa. Aqui há dedicação, festa e emoção. E trabalhar em festa, ensinar em festa, aprender em festa é singular e, por isso, extraordinário.

Sejam todos muito felizes a trabalhar!

(não há falta de acento nem falta de AO que esmoreça a delícia do bolinho)

Por fim, queremos saudar todos e deixar-vos palavras que não são nossas, mas que consideramos inspiradoras:

"A escola pode tornar-se (...) uma espécie de porto seguro quando as famílias sofrem e não sabem sê-lo. E os professores, os adultos significativos que com um gesto, uma palavra ou uma expressão, têm em si o poder mágico de evitar que alguém que cresce se zangue para sempre com as pessoas e com a vida.
Ora, claro que isto não é fácil e que existem cansaços, desalentos e frustrações, que conseguem por vezes desgastar os dias e roubar a esperança das histórias seguintes.
E é por isso que eu sei, porque sinto, que os bons professores também precisam de colo, precisam que lhes digam, muitas e muitas vezes, que podem realmente fazer a diferença e ser fonte de inspiração, conquistando assim a enorme honra de não serem esquecidos.
Eu fá-lo-ei sempre com a gratidão de quem sabe que tem o privilégio de aprender todos os dias com aqueles que têm em si o poder de mudar o mundo.
Seja este um bom ano! De escola e de vida." (daqui)




quinta-feira, 7 de setembro de 2017

olá!

Bem-vindo a 2017/2018!
Votos de grandes aprendizagens e de muito sucesso educativo e escolar.
Esta é "uma escola de mãos, de muitas mãos."