Número total de visualizações de página

quarta-feira, 3 de maio de 2017

quase 100 suspeitas de cancro de pele no rastreio nacional de 2016

Vivemos tempos estranhos: há muita falta de vitamina D , mas também há muitos casos de cancros de pele. Por isso, como em tudo, o melhor será mesmo a moderação. Não evitar o sol, mas prevenir-se  e saber proteger-se.


Quase 100 suspeitas de cancros de pele foram detetadas em 2016 no rastreio nacional que avaliou cerca de 1.700 pessoas, segundo a Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo (APCC).

daqui
"O que pretendemos é (...) amplificar as mensagens de prevenção primária e secundária de cancro de pele, que visam chegar às crianças e aos adolescentes com muitas iniciativas no país decorrentes de ações de escola e no desporto, em que queremos que pratiquem desporto ao ar livre mas com segurança, assim como os trabalhadores ao ar livre, que devem ser sensibilizados para a proteção necessária quando trabalham ao sol", afirmou Osvaldo Correia.

Sem comentários: