Número total de visualizações de página

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

hoje é dia de… quê?

31 de outubro


Doçura ou travessura ?
É esta a pergunta que muitas crianças fazem na altura do Halloween quando andam de casa em casa, mascaradas, à procura de doces.
Nesta data, 31 de outubro, celebra-se o Halloween, mais concretamente, o Dia das Bruxas.

A origem desta data remonta há mais de dois mil anos como sendo uma celebração pagã conhecida como samhain que significava o “fim do Verão”, mas também era a altura em que se fazia o culto aos mortos. Constava-se que os espíritos regressavam para visitar os seus lares e familiares.
Já na igreja católica o 31 de outubro era celebrado como maneira de preparar a festa para o 1 de novembro (dia de Todos os Santos), antes chamado em inglês “All Hallow’s Eve”, nome este que levou ao atual Halloween.

Os símbolos que representam este dia são imensos, desde as abóboras às bruxas, das aranhas aos morcegos, dos fantasmas aos vampiros, entre muitos mais ..

Neste dia, os mais novos, principalmente nos EUA, mascaram-se e saem às ruas para pedirem doces fazendo a típica pergunta “trick or treat?”. Caso as pessoas não tenham doces, as crianças têm permissão de fazer uma travessura. Em Portugal esta tradição não é tão forte como nos outros países, mas atualmente já podemos ver, nesta altura do ano, máscaras e montras decoradas com os símbolos que representam o este dia tão terrível.
  

Se quiserem viver um momento de susto neste Halloween, passem no auditório da nossa escola, onde estará a Casa dos Horrores.
Liliana Ferreira e Patrícia Miranda

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

os resultados dos alunos portugueses melhoraram e o segredo está nas escolas

Portugal passou a ter mais 79% de escolas com resultados “Acima do esperado”. Este sucesso pode estar relacionado com: a formação e a motivação dos docentes; a criação de condições para o alargamento da educação pré-escolar; a melhoria dos recursos pedagógicos e uma maior autonomia das escolas”, elenca o documento hoje divulgado.
O estudo ‘Afinal, porque melhoraram os resultados?’, do projeto aQeduto, realizado pelo CNE em parceria com a Fundação Francisco Manuel dos Santos, aponta o trabalho das escolas e dos professores como o principal responsável pela melhoria dos resultados dos alunos portugueses entre 2003 e 2012 nos testes internacionais PISA – que avaliam competências a Matemática, Leitura e Ciências – da responsabilidade da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).
“As escolas que de facto fazem um trabalho acima do que seria expectável, dado que estão inseridas em meios desfavorecidos e conseguem resultados de excelência, tiveram um enorme crescimento durante este período, passando de 19% para 34%. Estas são as escolas que fazem a diferença e é muito importante tentar compreender quais as suas práticas”, afirma-se no estudo.
Na década analisada Portugal melhorou em 5% os resultados dos seus alunos. Nestes anos, o estatuto profissional dos pais piorou ligeiramente (1%), mas o seu nível de escolaridade melhorou 19%, “embora esse aumento tenha acontecido na base”, ressalva o estudo.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

a caminho da Associação de Estudantes

O movimento estudantil faz parte da História dos países livres. Em Portugal, fez-se sentir, de forma democrática, após o 25 de abril de 1974. Por isso, há que continuar a lutar pelos direitos dos alunos.

Como a nossa escola não foge à regra, temos na luta para a Associação de Estudantes duas listas: a D e T.

A campanha eleitoral decorre nos dias 8 e 9 de novembro, sendo o dia 11 o dia da decisão.

Boa sorte às duas listas. Façam esta escola crescer.

a "casa dos horrores" está de volta



Esta ano a tradição volta a repetir-se: a casa dos horrores está de volta.


Realizar-se-á no auditório, esta sexta feira (dia 28) de tarde e segunda (dia 31) o dia todo, durante os intervalos. Os cenários vão variando e a história não será a mesma nos dias em que se realiza o evento.

A atividade é organizada pela turma de EMRC do 12º ano.


Têm coragem para embarcar no susto ? 

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

j' aime le DELF

           


        Eis aqui um momento que nos encheu de enorme satisfação com a entrega dos Diplomas aos alunos da nossa Escola que realizaram com sucesso os exames do DELF Escolar, nível A2 e nível B1.

         O DELF (Diplôme d'Études en Langue Française) é um diploma oficial emitido pelo Ministério Francês da Educação Nacional, para certificar as competências dos alunos estrangeiros dos Ensinos Básico e Secundário, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas da União Europeia.
            Este projeto continua a ser dinamizado na nossa escola pelo Clube DELF e tem como objetivo oferecer apoio individualizado aos alunos que pretendam candidatar-se aos exames no âmbito do DELF escolar, com vista a uma preparação adequada - escrita e oral - para as  provas finais.
            Para obter mais informações (inscrição, datas das provas e tarifário), deves contactar o teu professor de Franc ouu ﷽﷽﷽﷽﷽actar o teu professor de Francoras responsês ou informar-te diretamente junto das professoras responsáveis pelo Clube DELF, as professoras Ana Barbeitos e Rosa Oliveira.
A certificação DELF pode ser uma mais-valia para o teu Curriculum Vitae!
Contamos contigo!

agora é que são ELAS!

Obrigada a vencer ou a empatar com golos, a seleção feminina de futebol fez história e apurou-se esta terça-feira, pela primeira vez, para o Campeonato da Europa de 2017. Portugal empatou com a Roménia a uma bola, em Cluj, e escreveu uma página de história na modalidade. Os golos da partida surgiram apenas no prolongamento.
Viva, viva! Parabéns!
daqui

a Pícua também está solidária

A EB1/JI da Pícua também está solidária na manifestação conjunta da luta contra o cancro da mama.




terça-feira, 25 de outubro de 2016

nota de Educação Física volta a contar para o acesso à faculdade

A nota da Educação Física vai voltar a contar para a média de acesso ao ensino superior a partir de 2017/18. Assim, a partir do próximo ano letivo, os alunos que iniciarem o 10º ano já terão que contabilizar a nota de Educação Física nas candidaturas às faculdades.

daqui


Esta nota deixou de ser contabilizada em 2012/13 para os alunos que iniciaram então o 10º ano. Em 2014/15 passou, efetivamente, a deixar de contar para todos os alunos que terminavam o ensino secundário. Com efeito, a nota só é tida atualmente em conta para os estudantes que prosseguem os estudos superiores na área do Desporto.

“É uma excelente notícia. Esperemos que realmente se concretize, porque a Educação Física, para além da dimensão motora, transmite também um conjunto de valores educativos e é por isso que está na escola. Estes valores são fundamentais para o desenvolvimento integral da criança e do jovem, não podemos afunilar o conhecimento só para áreas como o Português ou a Matemática. Temos de apostar no desenvolvimento integral e harmonioso da criança e do jovem”, disse à agência Lusa o responsável do PNED e um dos promotores deste memorando.
Igualmente presente esteve o presidente da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP), Rogério Jóia, que defendeu a adoção desta norma: “É fundamental e indispensável dar à Educação Física o verdadeiro valor que ela tem. Penso que só poderia haver esta alteração no sentido das pessoas perceberem claramente a importância que a condição física tem não só para o atleta, mas também para o desenvolvimento da pessoa humana”.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

"Mês Rosa" no Centro Escolar da Gandra

Comemora-se durante o mês de outubro  o "Mês Rosa", mês da luta contra o cancro da mama, tendo também a designação de "Pink October". O Centro Escolar da Gandra associou-se a esta causa. "Vamos abraçar esta causa."



Também foi notícia, aqui.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

gostas de nadar?

Este é um alerta para uma pré-inscrição. Posteriormente, saberemos qual a disponibilidade da piscina para conciliar todos os interesses. A iniciativa é do Desporto Escolar.




quinta-feira, 20 de outubro de 2016

como participar em 'Miúdos a Votos'

Dia 17 de março, há eleições nas escolas, para que os livros cheguem ao poder!

Numa iniciativa inédita, a VISÃO Júnior e a Rede de Bibliotecas Escolares organizam a eleição dos livros preferidos das crianças e jovens portugueses.
O processo será semelhante ao de umas eleições políticas, promovendo simultaneamente a leitura e a cidadania: haverá recenseamento, apresentação de candidaturas, campanha eleitoral, votação e escrutínio dos votos, organizados e participados por alunos. Durante a campanha eleitoral, estes defenderão junto dos colegas os seus livros preferidos – podendo fazê-lo em comícios, cartazes, programas de rádio e televisão, sessões de esclarecimento, debates…

A VISÃO Júnior cobrirá, na revista, no site e no Facebook, o período da campanha eleitoral nas escolas, tornando-a assim uma verdadeira campanha eleitoral nacional.
Saiba tudo, aqui.

intervalo entre aulas é, ou não, tempo de trabalho?

RUI GAUDENCIO



O Sindicato dos Professores do Norte (SPN), afeto à Federação Nacional dos Professores (Fenprof) entregou uma ação judicial no Tribunal Administrativo do Porto (TAF) por considerar uma "ilegalidade" a não inclusão dos intervalos como tempo de trabalho.
"Com o Governo de Passos Coelho, o tempo de intervalo de atividades letivas dos alunos deixou de ser considerado tempo letivo dos professores do 1.º ciclo do ensino básico. Situação mantida pelo atual Governo", lê-se no comunicado.
Segundo explica o sindicato, o que está em causa é o que está estipulado num despacho normativo da abertura do ano letivo que prevê "a não integração" dos intervalos entre tempos letivos na componente letiva dos docentes do 1.º ciclo do ensino básico. @ Público


quarta-feira, 19 de outubro de 2016

10 milhões de novos casos de tuberculose em 2015

Epidemia global desta doença continua a aumentar, garante OMS.
São números que fazem pensar. Sobretudo nos mais frágeis e mais vulneráveis.
Foto Pedro Noel da Luz

A OMS estima que 1,8 milhões de pessoas tenham morrido com tuberculose em 2015, entre as quais 400 mil com o VIH. Embora o número de mortes associadas à tuberculose tenha caído 22% entre 2000 e 2015, esta doença infeciosa continua a ser uma das 10 principais causas de morte em todo o mundo. Em 2015, 17% das pessoas com tuberculose acabaram por morrer com a doença, taxa que a OMS quer reduzir para 10% até 2020. 

Outra das preocupações é a tuberculose multirresistente aos antibióticos, que a OMS estima ter afetado 480 novas pessoas em 2015, a que se juntam 100 mil novos casos de tuberculose resistente à rifampicina, também eles elegíveis para o tratamento para a tuberculose multirresistente. 
Segundo a OMS, das 580 mil pessoas que em 2015 passaram a ser elegíveis para o tratamento específico da tuberculose miltirresistente, apenas 20% foram abrangidas. Globalmente, a taxa de sucesso deste tratamento foi de 52% em 2013. @ CM


terça-feira, 18 de outubro de 2016

IAVE disponibilizou informações sobre provas externas







Já se encontram disponíveis no site do IAVE informações gerais para professores, alunos e encarregados de educação sobre as provas de avaliação externa a realizar no ano letivo de 2016/2017.



segunda-feira, 17 de outubro de 2016

"a literatura não é feita apenas de romances"

Violante Saramago,
filha de José Saramago

Violante Saramago Matos viajou ao passado até 8 de Outubro de 1998, dia em que se soube da distinção máxima da Academia Sueca para o seu pai, o escritor José Saramago. Sobre Bob Dylan diz: “Penso que foi uma forma da Academia reconhecer que a literatura não é feita apenas de romances".


Leia aqui todo o depoimento recolhido pelo jornalista Márcio Berenguer 

solução "cantinhos da escola" (2)


De facto, alguns dos nossos seguidores acertaram. A imagem do desafio 2 (ao lado) corresponde a um pedacinho da sala de pausa dos professores, do pavilhão 5, piso 1.

Algumas "mãos" generosas pensaram em nós  e na comodidade que merecemos e tentaram fazer daquele espaço um espaço ainda mais agradável.

Todos agradecemos por isso.

(Ah, é verdade, os pés são pertença do professor Paulo Barros, tal como a professora Carmen referiu.)

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Rotary defende "Sou igual a ti"

Foi notícia no "Primeira mão".

O Rotary Clube Águas Santas/Pedrouços, sob a liderança de José Manuel Sampaio, tem um conjunto de ideias para ajudar os alunos com multideficiências.
Nos dias 27 e 29 foi apresentado o projeto: “Eu sou igual a ti”, apadrinhado pelo Prof. Doutor José Pinto da Costa, nos agrupamentos de escolas de Águas Santas e de Pedrouços, respetivamente.

os cantinhos da escola (2)


Aí vem o 2º desafio: o que é e onde pertence aquilo que a imagem aqui apresenta? Vale a pena estar atento. Há surpresas por todo o lado!
(Também podem adivinhar a quem pertence a pasta e os pés da imagem).
Tenham um bom fim de semana!

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Governo quer reduzir os currículos escolares do 1º, 5º e 7º ano a partir de 2017

Secretário de Estado da Educação diz que o Governo quer reduzir os currículos escolares apenas ao "essencial". Medida pode entrar em vigor em 2017, mas ainda não é certo se é para todas as escolas.
HUGO AMARAL/OBSERVADOR

Em declarações ao Diário de Notícias, o secretário de Estado da Educação, João Costa, diz que os currículos vão ter em atenção à matéria “que é essencial que os alunos aprendam para depois permitir uma melhor gestão do tempo e do trabalho”.
Para preparar esta medida, o Ministério da Educação já pediu às associações ligadas às várias áreas disciplinares para apresentarem até o início de 2017 um plano onde expliquem como é que essa redução de matéria pode ser aplicada em cada caso.
Ao Diário de Notícias, o secretário de Estado da Educação não especificou se esta medida será aplicada a todas as escolas do país ou se apenas a uma parte delas. “Em função da qualidade do debate [público da proposta], veremos se temos já todas no próximo ano ou só algumas”, explicou.
João Costa admitiu ainda que a medida pode vir a ser a aplicada ao 10º ano, mas não para já. 
A alteração dos currículos anos intermédios àqueles referidos pelo secretário de Estado — no primeiro ciclo, o 2º, 3º,4º; no segundo ciclo, o 6º; no terceiro ciclo o 8º e 9º — acontecerá através de uma “implementação gradual”, com a mudança a ser feita de ano para ano, à medida que os alunos do 1º, 5º e 7 anos continuam a sua escolaridade.
O secretário de Estado da Educação recusou semelhanças entre este projeto e as metas de aprendizagem fixadas pelos governos do PSD e do CDS, referindo que essas “são tão extensas nalgumas disciplinas que não são atingíveis”. @ Observador

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

a dança da chuva tem ciência


A chuva está de volta!
Sem ter um guarda-chuva e não querendo ficar ensopado coloca-se-nos um dilema: corremos ou seguimos devagar à chuva?
É claro que o pior é ficarmos parados à chuva a deslindar a solução da questão. A quantidade de água que tomba sobre a nossa cabeça é proporcional ao tempo em que estamos parados ou, acrescente-se, em movimento.
Se avançarmos, além de nos molharmos por cima, pela água que tomba na vertical, molhamo-nos pela frente, por avançarmos contra a que está adiante.
Ora, a encharcadela à frente é tanto mais rápida quanto maior a velocidade de progressão. Contudo, é também certo que, indo a correr, estamos menos tempo expostos à chuva, ou seja, recolhemos menos água à frente. O balanço destas duas condições de resultados opostos, é que a barrela pela frente deixa de depender da velocidade da progressão mas, sim, apenas da distância a percorrer como em ciência certa se pode demonstrar. Quanto a esta, a distância, não a podemos alterar.
Por isso, se é sua intenção molhar-se o mínimo, dê a corda toda aos sapatos, voe até ao seu destino. Quanto menor o tempo da corrida, menor a quantidade de água a cair-lhe por cima. A que é arrecadada pela frente é, em qualquer das duas situações, a mesma.

No caso contrário, esqueça a ciência. Avance, erga os braços e rodopie, estamos no outono.

Sérgio Viana

terça-feira, 11 de outubro de 2016

somos veeeerdes!


A cerimónia do dia das Bandeiras Verdes decorreu no dia 30 de setembro em Aveiro e a celebração contou com a presença do grupo Xutos e Pontapés.
O Agrupamento da Escola de Águas Santas, mais uma vez, recebeu orgulhosamente a bandeira verde referente ao ano letivo 2015-2016.
No regresso fomos presenteados pela amabilidade do Presidente da Câmara Municipal da Maia que fez questão de nos agradecer pessoalmente o empenho neste projeto tão nobre e relevante na sociedade atual. Os alunos estiveram sempre entusiasmados e representaram condignamente a nossa escola.
A todos os que se envolveram neste projeto, o nosso obrigado.
Os professores

Sónia Lisboa e José Gomes

Parlamento aprova propostas para reduzir tamanho das turmas

Será desta???

NFACTOS / FERNANDO VELUDO

O Parlamento aprovou nesta sexta-feira um conjunto de propostas de vários partidos estipulando um número máximo de alunos por turma na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário.
Do 1.º ao 4.º ano as turmas não deverão ter mais de 19 alunos (atualmente podem ir até aos 24) e, entre o 5.º e o 9.º ano, não podem ter mais de 20. Atualmente, as turmas dos 5.º ao 12.º anos de escolaridade são constituídas por um número mínimo de 24 alunos e um máximo de 28 alunos. A proposta do PEV é semelhante à do PCP que, no entanto, admite um total de 19 alunos por docente no pré-escolar. 

No projeto que “estabelece medidas de redução do número de alunos por turma visando a melhoria do processo de ensino – aprendizagem” os comunistas preveem ainda que as turmas só com crianças de três anos, não possam ir além dos 15 alunos. Esse deverá ser também o máximo observado para as turmas com crianças com NEE (que não devem ser mais de duas), seja no pré-escolar, no 1.º ciclo, ou no 2.º ciclo. No 3.º ciclo o limite sobe para 17 alunos. @ adaptado do PÚBLICO

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

"fair play"

Hoje, a rubrica do "fair play" visa dar a conhecer um pouco da história de uma das associações desportivas da comunidade. É a impressionante história da Associação Atlética de Águas Santas, vista pelo olhar do nosso repórter desportivo Daniel Carneiro.
1ª geração

A história da Associação Atlética Águas Santas começou com um grupo de jovens amigos que se juntavam durante as noites no campo de futebol do Seminário da Consolata e iam organizando festas, jogos, piqueniques, excursões.
Antes da existência de um documento formal o clube começou por existir de forma informal com a intenção de proporcionar aos jovens uma oportunidade de praticar desporto e para dar a conhecer Águas Santas e o jeito dos habitantes da vila por meio de uma Equipa de Futebol Infantil.
O clube foi oficialmente criado com o nome de ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DE ÁGUAS SANTAS em Novembro de 1963. O Parque de Jogos, ainda em terra batida, foi construído num terreno próximo ao Alto da  Maia  e  inaugurado  em Abril  de 1966  com um  festival Desportivo  em  que  o  “Andebol de 7” já foi rei.
À medida que os iniciantes do andebol do clube construíam e mantinham uma imagem de desportivismo e qualidade competindo nas divisões regionais, a época de 1969/70 viu um acontecimento que haveria de marcar a história do clube: a formação,  pela primeira vez, de uma equipa de Juvenis que se estreou de forma brilhante no Campeonato Regional com um 3º lugar.

O início dos anos oitenta foi entusiástico com a chegada à 1ª Divisão Nacional e a inauguração do pavilhão, com piso em cimento, pronto a receber os jogos das  equipas. Isto ocorreu em 1981.
No seguimento do melhoramento notório que foi o assentamento do piso de madeira no pavilhão em 1987, a equipa mostrou quais os seus objetivos e capacidade para os alcançar. Com um percurso quase perfeito assegurou a subida à 1ª Divisão Nacional, conquistando ainda o Campeonato Nacional da 2ª Divisão, ainda antes do início do século XXI.

Logo no ano de estreia (1999-2000) na 1ª divisão, a equipa sénior conseguiu ficar na 1ª metade da tabela, confirmando-o em 2000-2001 com uma presença no “play-off do título” entre os oito primeiros classificados e conquistando o direito de, pela primeira vez, participar nas competições europeias (Taça Challenge). A época seguinte de 2001-2002 foi histórica, sobretudo, pela conquista da Taça de Portugal numa final frente ao ABC. O maior feito de sempre da história do clube.
última geração
O período difícil da economia do país faz do presente do clube, um presente difícil. Ainda assim, a sua capacidade de mobilização, o peso enorme da história de 50 anos de um clube magnífico iluminam e tornam possíveis os objetivos futuros. 

Para mais informação, consulte o site da AAAS, o qual serviu de inspiração ao Daniel Carneiro.

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

sorrir é o melhor remédio?

O Dia Mundial Oficial do Sorriso, conhecido como World Smile Day, foi criado em 1999, sendo celebrado desde então todos os anos na primeira sexta-feira do mês de outubro. Este dia internacional do sorriso foi criado por Harvey Ball, um artista de Worcester, Massachussets. Ball é o criador da imagem do smiley, reconhecida internacionalmente. Todas as atividades deste dia podem ser conhecidas no site oficial da data, que tem como lema: "Faz um gesto de bondade. Ajuda uma pessoa a sorrir".
Nota: A 28 de abril também se celebra o sorriso a nível mundial, uma vez que na internet se espalhou a ideia de que esta era a data do dia mundial do sorriso. 

o que fazer aos 15% de jovens portugueses que não estudam nem trabalham?

Os jovens com percursos escolares curtos são os mais afetados RITA BALEIA
A crise destruiu um em cada dez empregos detidos por jovens com menos de 30 anos nos países da OCDE, entre 2008 e 2013. Evitar a exclusão social destes jovens poderá passar por assegurar a sua transição automática para o superior, defende investigador.

Apesar do ligeiro desagravamento, o cenário não permite grandes suspiros de alívio. Portugal continua a somar 15% de jovens com idades entre os 15 e os 29 anos que não estudam nem trabalham nem estão em formação, segundo o mais recente relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), divulgado nesta quarta-feira. Nos piores anos da crise, entre 2008 e 2013, o país chegou a somar 19% dos jovens nesta situação. 
Para impedir que caiam na exclusão social, o caminho mais rápido será mantê-los dentro da escola, criando mecanismos automáticos de transição para o ensino superior e sem lugar ao pagamento de propinas, defende Joaquim Luís Coimbra, um investigador da Universidade do Porto (UP).@ PÚBLICO

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

mimos do dia do professor



O que seria de nós se não houvesse "mimos"? 

A equipa dos alunos de EMRC todos os anos brinda os professores com um trabalho que muito nos honra. 

Os alunos produzem esses mimos e fazem a distribuição pelas salas de aula, lendo o texto ao professor que aí leciona.

Este ano as palavras foram de Madre Teresa de Calcutá.

Muito bonito. Obrigado, equipa!

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

"habemos" Guterres!


Hoje, dia 6 de outubro, pelas 15 horas (hora em Portugal continental), será realizada a votação formal que irá aclamar formalmente António Guterres como secretário-geral da ONU, sucedendo ao sul-coreano Ban Ki-moon.
António Guterres venceu as cinco primeiras votações para o cargo, que aconteceram a 21 de julho, 5 de agosto, 29 de agosto, 9 de setembro e 26 de setembro.

Quais as expectativas? Quais os desafios? 

hoje também é o dia do professor

fonte: SPGL
Este dia promove todos aqueles que escolheram o ensino como forma de vida e que dedicam o seu dia-a-dia a ensinar, crianças, jovens e adultos. A mensagem do Dia Mundial do Professor está na dignidade e na importância do professor na sociedade, como construtor de pessoas. Este dia do professor, um profissional que é na prática um pilar da sociedade, é um pouco ofuscado em Portugal pela comemoração da Implantação da República, na mesma data.
Este dia do professor também é ofuscado pela falta de reconhecimento social e político. Veja-se como o congelamento das carreiras tem afetado a vida destes profissionais. Arrepia fazer as contas! A dignificação também passa pelo reconhecimento salarial.

dia de... quê?


Alguma vez pensaram que uma qualquer data pode ter sido importante na nossa vida, pode ter sido especial para o mundo?  
Este é o propósito desta rubrica: dar a conhecer algumas datas especiais que se celebram e porquê. As alunas responsáveis são a Liliana Ferreira e a Patrícia Miranda.

Começando pelo início, pois é pelo início que se começa, a nossa viagem vai levar-nos à História do nosso país, à nossa Pátria - PORTUGAL!

 1143, 5 de outubro
“1143, quem não sabe esta data não é bom português"
Faz hoje 873 anos que Portucale se tornou campeão de si mesmo: conquistou a sua independência face à Hispânia.
Foi nesta data que Espanha reconheceu a independência de Portugal, o que levou à assinatura do Tratado de Zamora. Foi com a assinatura do tratado em Zamora que resultou o nascimento daquele que é considerado o mais antigo Estado-Nação do mundo ocidental: PORTUGAL.
Neste Tratado de Zamora, ficou assente que Afonso VII de Castela e Leão concordava com a transformação do Condado Portucalense em Reino de Portugal com Dom Afonso Henriques com o título de ‘Rex Portucalensis’– Rei de Portugal, embora continuasse, apesar do reconhecimento da Independência, como vassalo do Rei de Castela e Leão, que se intitulava Imperador da Hispânia. Porém, caso único entre todos os Reis da Ibéria, Dom Afonso Henriques nunca prestou essa vassalagem. A partir desta data, Dom Afonso Henriques passou a enviar ao Papa remissórias declarando-se vassalo lígio e comprometendo-se a enviar anualmente uma determinada quantia em ouro, pelo que, em 1179, o Papa Alexandre III, através da Bula Manifestis Probatum, reconheceu Dom Afonso Henriques como ‘Rex’.

1910, 5 de outubro
O FERIADO VOLTOU!!!
Após alguns anos sem celebrarmos este dia, o feriado regressou. Mas o que aconteceu no dia 5 de outubro de 1910?

Há 106 anos atrás, Portugal deparou-se com uma grande mudança: grupos de cidadãos portugueses, partidários de um sistema de governo republicano, foram-se revoltando e acabaram por conseguir terminar com a monarquia e implantar a República, como vinha acontecendo noutros países da Europa. 
Isto aconteceu a 5 de Outubro de 1910. A República foi proclamada dos Paços do Concelho (a Câmara Municipal) em Lisboa. A importância deste facto foi tal que se decidiu que essa data fosse um dia feriado. O último rei foi D. Manuel II que partiu para Inglaterra com a restante família real, ficando aí a viver no exílio. O primeiro presidente foi Teófilo Braga, mas foi apenas presidente do Governo Provisório até às eleições, onde foi eleito como primeiro Presidente de Portugal Manuel de Arriaga.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

"eu sou igual a ti"



No âmbito da campanha "Eu sou igual a ti", promovida pelo Rotary Clube de Águas Santas e Pedrouços, estão todos convidados a participar na III Corrida e Caminhada Solidária que terá lugar no próximo dia 23 de outubro, pelas 10:00. 



As inscrições são feitas na biblioteca.

 

🏃ou a  🚶o que interessa é participar para ajudar.   

oferta desportiva do agrupamento

Neste ano letivo, o Agrupamento de Escolas de Águas Santas irá dar continuidade à sua oferta de prática desportiva, no contexto do Desporto Escolar. De realçar que estas atividades são de caráter gratuito. Se for da vontade dos alunos pertencer a um dos grupos/equipa criados, com treinos semanais e quadro competitivo (normalmente ao sábado de manhã – calendário a fornecer posteriormente), é necessário realizar a inscrição junto do professor responsável pela modalidade ou do professor de Educação Física. Posteriormente, o mesmo professor fornecerá ao aluno uma declaração de autorização (nome completo; nº, ano e turma; data de nascimento; nº de B.I./C.C.) que terá de ser preenchida e assinada pelo Encarregado de Educação.
Na nossa escola existem os seguintes grupos /equipas:
Atividades
Escalão/sexo
Professor Dinamizador
Futsal
Infantis B Masculino
(2004/2005)
Marco Ramos/Paulo Pinho
Basquetebol
Juvenis - Masculino (1999/2000/2001)
Fernanda Sá
Natação
Vários/Misto
Daniel Braga
ARE (Dança)
Jorge Mendes
Desporto Adaptado
Cláudia Brito
Boccia
Vasco Ferreira

Os treinos da Natação decorrerão no Complexo Municipal de Piscinas de Águas Santas e os das restantes modalidades serão realizados no Pavilhão Municipal de Águas Santas II (Corim), com horário a definir pelos professores responsáveis. Os encarregados de educação dos alunos selecionados deverão responsabilizar-se pelo transporte dos seus educandos, de e para a instalação desportiva respetiva, assim como, fornecer todo o material adequado para poder participar nas sessões de treino da modalidade. As saídas previstas de caráter competitivo são comunicadas atempadamente aos encarregados de educação, sendo da responsabilidade do Agrupamento de Escolas de Águas Santas, o reforço alimentar e o transporte.
Dada a grande adesão de alunos ao grupo/equipa de Natação, poderá ser necessário restringir o número de inscrições. Desta forma, agradecemos a maior brevidade possível na declaração de intenção de inscrição.

Daniel Braga

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

enchente em Serralves para ver Miró

O neto do artista catalão, profundo conhecedor da obra do avô, Joan Punyet mostrou-se comovido pela multidão que ontem se deslocou a Serralves para ver a exposição da obra de Miró.
Acha que “é um privilégio para Portugal ter uma relação tão importante com a obra de Miró”, e está satisfeito por esta coleção ir permanecer no Porto. “Claro que é muito interessante que fique aqui, na cidade onde esteve Sonia Delaunay, a fugir da I Guerra Mundial, onde Eiffel desenhou pontes, que tem a Casa de Chá de Siza, uma cidade de grande cultura artística e literária, e também gastronómica”. 

Confrontado com o facto de bastantes visitantes parecerem particularmente impressionados com as tapeçarias de Miró representadas na exposição - algumas das 33 que o pintor realizou em 1972 e 1973, conhecidas comosobreteixim (sobretecidos) -, Joan Punyet classifica-as como “anti-pintura” e acha que a sua força tem a ver com o facto de ter sido nelas que o avô espelhou “toda a fúria, raiva e frustração de um homem que via o que ele via naquela época”, lembrando o golpe de Pinochet e a “grande convulsão política” de Espanha no final do franquismo. “Em 1975, não queríamos outra guerra civil, e o meu avô, que se tornara o pintor mais importante do mundo após a morte de Picasso, em 1973, sentia que tinha de ajudar a que houvesse uma transição democrática em Espanha”. Uma “responsabilidade cultural e social” que lhe impunha cautelas diplomáticas, de modo que “toda essa tensão e frustração que sentia eram direccionadas para a sua obra”. @ adaptado de PÚBLICO