Número total de visualizações de página

terça-feira, 31 de maio de 2016

quatro minutos de contacto direto, olhos nos olhos


Um vídeo produzido pela Amnistia Internacional da Polónia e pela agência publicitária DDB&Tribal promove os primeiros contactos olhos nos olhos entre refugiados acabados de chegar à Europa, vindos da Somália e da Síria, com europeus de Bélgica, Itália, Alemanha, Polónia e Reino Unido, num armazém de Berlim próximo do famoso 'Checkpoint Charlie'.
A experiência produz um resultado muito emotivo e remete, conforme relembra o site "Mashable", para a teoria desenvolvida pelo psicólogo Arthur Aron em 1997: quatro minutos de contacto directo, olhos nos olhos, sem qualquer interrupção aproximam as pessoas mais do que qualquer outra situação.
"É preciso um coração de pedra para ver este vídeo sem verter uma lágrima", opina Draginja Nadazdin, director da Amnistia Internacional na Polónia. "Na actualidade, quando o mundo parece perdido em divisões e conflitos, vale sempre a pena olhar para tudo a partir da perspectiva de outra pessoa", refere. @ Económico

Sem comentários: