Número total de visualizações de página

quinta-feira, 17 de março de 2016

visita ao Conhecimento e às Artes

No dia 15 de março de 2016, as turmas C, F, G, H, D e E fizeram uma visita de estudo a Lisboa, nomeadamente ao Pavilhão do Conhecimento e ao Museu Coleção Berardo, no âmbito das disciplinas de Psicologia e História.
O dia começou cedo e enevoado e a viagem foi longa. Choveu durante a manhã mas, de tarde, o sol apareceu, permitindo agradáveis passeios em Belém. 
No Pavilhão do Conhecimento, havia três exposições: Espinafres e Desporto; Viral; Explora. As exposições foram bastante interativas e integraram a realização de várias atividades que, para além de serem divertidas, tinham um caráter lúdico, permitindo que todos aprendessem mais sobre temas tão diversos como: física, fenómenos de contágio, uma alimentação e um estilo de vida saudáveis, a disparidade entre a realidade e a perceção humana, entre outros.
Uma das atividades que atraiu mais participantes foi a condução de uma bicicleta suspensa, num cabo, a seis metros do chão – um contrapeso de 200 kg preso à parte de baixo da bicicleta fazia com que o centro de gravidade estivesse abaixo do ponto de apoio  e a força da gravidade permitia que a bicicleta se equilibrasse. 
No Museu Coleção Berardo, que se situa no Centro Cultural de Belém, os alunos tiveram a oportunidade de aprofundar os seus conhecimentos acerca da arte da primeira metade do século XX.
As visitas guiadas foram esclarecedoras e permitiram uma integração das obras e das correntes artísticas (como o dadaísmo, o construtivismo, o surrealismo, o expressionismo abstrato e a pop art) no respetivo contexto histórico e ideológico. Os alunos puderam ver obras de artistas como Picasso, Marcel Duchamp, Maria Helena Vieira da Silva, Salvador Dalí, Jackson Pollock e Andy Warhol. 
Para além de toda a aprendizagem adquirida, destacam-se, como aspetos positivos, o convívio intra e inter-turmas e com os professores e ainda os passeios solarengos em Belém. Este foi um dia que ficará, certamente, na memória de todos. 
Francisca Pinto

Sem comentários: