Número total de visualizações de página

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Governo quer rever reformas antecipadas ainda este ano

O Governo quer alterar ao longo deste ano o regime das reformas antecipadas de modo a introduzir um regime alternativo "mais justo" para as carreiras contributivas mais longas, afirmou o ministro da tutela na passada sexta-feira.

Vieira da Silva disse, a este propósito, que é intenção do Governo alterar a legislação ainda este ano, evitando assim que as pessoas que pedem a reforma antecipada possam ter cortes que possam atingir os 60%.
"O Governo trabalhará para que possa, tão rapidamente quanto possível, construir um regime alternativo mais justo que defenda as carreiras contributivas mais longas [...] em legislação próxima e depois de ouvidos os parceiros sociais, para que possa ser suspensa essa legislação [em vigor]", disse Vieira da Silva.
Na quinta-feira, o Ministério do Trabalho informou que os trabalhadores que pedirem a pensão antecipada passam a ter 30 dias para decidir se pretendem continuar ou não com o pedido, face aos anteriores dez dias. @ JN

Sem comentários: