Número total de visualizações de página

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

80 anos após a morte de Pessoa


Esta segunda-feira, dia 30 de novembro, assinalam-se 80 anos desde a morte de um dos mais célebres poetas portugueses, Fernando Pessoa.

Como forma de se assinalar o dia, serão feitas várias homenagens ao escritor luso, entre elas a interpretação de «Ode Marítima», de Álvaro de Campos, um dos heterónimos de Pessoa, no São Luiz Teatro Municipal em Lisboa, a partir das 19 horas, ou a conferência sobre a sua obra, na Reitoria da U.Porto, pelas 18 horas.

Nos últimos dias foram também feitas várias exposições, conferências, peças de teatro e leituras em homenagem ao autor do «Livro do Desassossego». A casa Fernando Pessoa, instituição que preserva o seu legado e espólio no mesmo edifício lisboeta no qual viveu os últimos 15 anos de sua vida, tem também homenageado o poeta com várias leituras das suas obras.

Fernando Pessoa faleceu a 30 de novembro de 1935, aos 47 anos, em Lisboa, vítima de pancreatite causada pelo abuso de álcool.

"O começo de todas as ciências é o espanto das coisas serem o que são”

Na passada sexta feira, dia 27 de novembro de 2015, a nossa escola recebeu durante todo o dia alunos das várias escolas do primeiro ciclo, no âmbito da promoção do interesse pela ciência aos mais novos.
Em laboratório aberto, houve lugar e tempo para várias experiências relacionadas com a Física e com a Biologia, realizadas pelos alunos de 12º ano, estudantes do curso científico, com a ajuda dos seus professores. Não faltaram alguns exemplares de animais domésticos que alegraram ainda mais o dia aos futuros alunos da nossa segunda casa.
Esta foi mais uma prova de que esta escola é feita de mãos que, para qualquer projeto, estão prontas a unir-se.
As imagens valem mais do que mil palavras.
Carolina Saldanha









"O começo de todas as ciências é o espanto das coisas serem o que são” ensinava Aristóteles há mais de dois milénios.
Decidimos, na E.S.Á.S., adotar esta filosofia, celebrando o, ainda que atrasado, Dia da Ciência, onde os finalistas do secundário abrem as portas dos laboratórios de Biologia, Física e Química aos finalistas do 1º ciclo das restantes escolas do agrupamento, apresentando-lhes diversas maravilhas da natureza, através de um amplo leque de ensaios e experiências da mais prodigiosa tríade científica.
O objetivo? Cativar os nossos pequenos com alguns segredos do fantástico mundo natural, para que um dia, os que neste campo desejarem criar raízes, possam crescer, florir e tornar-se grandes. Grandes como Alexandre III da Macedónia, Xá da Pérsia, Faraó do Egito e o Senhor da Ásia, mais vulgarmente conhecido como Alexandre, o Grande - o magno pupilo conquistador do citado filósofo estagirita, cujos ensinamentos, infere-se, serão dignos de seguimento pela nossa parte, mas sem medo de questionar: há sempre lugar para perguntas, no verdadeiro espírito da Ciência celebrada no dia 27, numa transmissão de conhecimentos do 12º ao 4º ano, uma quase “passagem de testemunho” dos alunos que deixam em breve a escola para os que aí  virão, não tarda nada.
Hugo David
Fotos de Ana Pinto e de João Carvalho
(Post atualizado às 14h)

semana da diversidade

SEMANA DA DIVERSIDADE

 A Diversidade é o normal!!!
"Afinal....o normal é ser diferente!!!"

O Serviço de Psicologia e Orientação e a Equipa de Educação Especial têm o prazer de anunciar   a "Semana da DIVERSIDADE" que irá decorrer dos dias 3 a 9 de dezembro  de 2015, com atividades direcionadas a toda a comunidade educativa.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

as escolhas de...

Todas as sextas-feiras o CRESCER vai andar por aí a fazer perguntas e vai querer conhecer as escolhas dos visados.




Desta vez, pedimos as escolhas relativas a um filme, um local, uma personalidade do mundo da informática...



As escolhas de Teotónio Silva, docente de Informática.




Um filme


Eu achei muito interessante o filme A Escolha de Sofia, em que participa a Meryl Streep. Gosto muito dela, mas há ainda outro em que ela participa, Kramer contra Kramer, que eu aprecio bastante.
Este filme relata uma luta jurídica de um casal divorciado pela custódia do filho. A mãe, na sequência da sua vida conjugal, saiu de casa e, mais tarde, quis ficar com o filho. O pai, por sua vez, recusa-se, passando-se a ação quase toda em tribunal. Entretanto, o pai consegue ficar com a criança, mas, no fim, mesmo tendo ganho o caso, deu- a à mãe porque achou que ela lhe era muito importante.

Um local
Gosto da zona Norte. Um tio meu, por volta de 1950, foi viver para Vila Real e eu ia muitas vezes para lá quando era pequeno. Adorava as viagens de comboio da Régua e as que fazia pelos montes.

Por outro lado, eu nasci em Bissau e gosto bastante da minha terra, apesar de haver muitos sítios que ainda não conheço. No ano passado voltei lá e senti que, trinta anos depois, já não conhecia nada e, às vezes, é preciso voltar às raízes para não as perder. Tenho muitas recordações do tempo que passei, da paisagem, do cheiro, do calor humano. As pessoas são mais ou menos iguais em todos os sítios, isto é, encontramos em todo lado gente boa e gente má e criamos as nossas companhias. No primeiro contacto não conseguimos perceber como é que as pessoas são, mas temos de pensar com as nossas cabeças. Encontramos pessoas boas em todo o lado, desde que tenhamos essa sorte. E, por isso, acho que tenho tido sorte porque as tenho encontrado durante a minha vida.


Uma personalidade do mundo da Informática e da Tecnologia


Eu gosto do Steve Jobs. Acho que é um visionário, uma pessoa que pegou na arte e a trouxe para a tecnologia, que não serve de nada se for só tecnologia. Se soubermos só daquilo, temos uma visão muito reduzida das coisas. A tecnologia ajuda-nos a atingir outros objetivos, mas não devemos olhar para ela restritamente, porque a nossa vida não pode estar completamente absorvida por isso. A tendência é, e continuará a ser, ter tecnologia em tudo. Houve uma altura, por exemplo, em que se falou em colocar chips às crianças, como se faz aos animais. A tecnologia sim, mas com limites. É muito importante ter momentos em que ela não nos vem “incomodar”, em que podemos conversar, ler um livro e abstrairmo-nos do mundo em vez de estarmos constantemente a ser solicitados por outras coisas.  É importante deixar que as questões mais tradicionais, as questões filosóficas e a interação real com os outros (como a conversa) dominem o nosso pensamento, não a tecnologia. Mas, infelizmente, está a acontecer o contrário. O problema é que há cada vez mais pessoas que sabem muito sobre tecnologia e que não sabem mais nada. Isso é muito mau.

Ana Pinto e Rita Almeida

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

a Junta de Freguesia de Águas Santas e o registo criminal



Já todos sabem da necessidade da apresentação de registo criminal à entidade empregadora por parte dos funcionáros públicos que trabalham com crianças e adolescentes.

Muito haveria a discutir sobre essa "obrigação", o que até pode ser um belo pretexto para um futuro texto. Quem agarra o desafio?

Por hoje, o CRESCER vem informar que a Junta de Freguesia de Águas Santas resolve, na hora, o problema de quem queira cumprir com essa formalidade. Basta fazer-se acompanhar do B.I. ou C.C. e dirigir-se ao balcão do cidadão que, contra o pagamento de 5 euros, terá o registo na mão. Resida ou não em Águas Santas.

é hoje, é hoje!

ENRIC VIVES-RUBIO
Quando hoje, às 16h, der posse ao XXI Governo, chefiado pelo líder do PS, António Costa, o Presidente da República deverá apresentar a sua posição sobre o processo de formação do executivo, bem como a leitura que faz dos desafios que se apresentam a Portugal na próxima legislatura.
Não é expectável que Cavaco Silva apresente um caderno de encargos, tanto mais que está em fase final do seu segundo mandato presidencial, mas tudo indica que, no discurso de posse do Governo, o Presidente repita o que tem sido a sua atitude de procurar sinalizar os obstáculos e as dificuldades que o país ainda tem de enfrentar e a necessidade de que seja feita uma governação cuidada e dentro do que são os compromissos do país e em obediência às regras que estão estabelecidas com os credores da dívida. Outra questão que deverá ser reafirmada pelo Presidente é a necessidade de o Governo respeitar as instituições e os acordos internacionais a que está obrigado. @ PÚBLICO

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

chapéus há muitos!!! :)

Este é mais um projeto que está no kickstarter à procura de investimentos. Trata-se do KasBrella, um guarda-chuva que abre ao contrário. Deve estar a pensar: qual a vantagem disso??? Mas existe, e é bem relevante! Veja o vídeo e verá que essa ideia é muito mais genial do que pensa. Tanto é que o projeto precisava de £25,000 mas até ao momento já arrecadou mais de £178,000.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

habemus imperium

Composição do novo Governo já está em Belém

Reinaldo Rodrigues/Global Imagens

António Costa foi indigitado primeiro-ministro. Presidente justifica decisão com posições dos parceiros sociais contra a manutenção do governo de gestão.
António Costa já enviou ao Presidente da República a composição do Governo socialista.

24 de novembro: dia mundial da ciência

O Dia Mundial da Ciência tem o seu lugar na agenda mundial a 24 de novembro.
O objetivo do Dia Mundial da Ciência é enaltecer o papel da ciência para o desenvolvimento humano, assim como destacar grandes nomes da ciência, colocar desafios para o futuro e instigar o gosto pela ciência nas gerações mais novas.
Neste dia realizam-se várias atividades, sobretudo nas escolas, onde se tenta despertar o interesse na ciência nos alunos, com a realização de experiências, a exibição de filmes sobre cientistas famosos, a realização de trabalhos de grupo, etc.

Frases sobre ciência

“Existe uma coisa que uma longa existência me ensinou: toda a nossa ciência, comparada à realidade, é primitiva e inocente; e, portanto, é o que temos de mais valioso." Albert Einstein
“O fim da ciência não é abrir a porta ao saber eterno, mas sim colocar limites ao erro eterno”. Galileu
“A ciência explica a natureza e cria novos mundos que não percebemos com os nossos sentidos”. Marcelo Gleiser

merci!

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

o convite vem da escola sede


o convite vem da Pícua


É com muito prazer, que os Docentes, Técnicos e a Associação de Pais e Encarregados de Educação do Centro Escolar da Pícua, convidam os familiares dos nossos alunos a comparecerem na Feirinha de Natal que terá lugar na nossa Escola na próxima sexta feira, dia 27 de Novembro, entre as 20.00 horas e as 22.00 horas.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

as escolhas de...

Todas as sextas-feiras o CRESCER vai andar por aí a fazer perguntas e vai querer conhecer as escolhas dos visados.

Desta vez, pedimos a escolha de um livro/autor, de uma música e de uma personalidade desportiva.


As escolhas de Serafim Borges, docente de Educação Física.






Um livro/autor

O Saramago é o meu autor preferido há muito tempo. Ainda não li os seus livros todos, mas quase. Se tiver de escolher um livro dele, escolho o Evangelho Segundo Jesus Cristo porque, para além da qualidade da obra e do agrado que tenho pelo livro, tem um certo simbolismo, uma vez que marca um pouco a rutura do Saramago com o Regime da altura, governado pelo atual Presidente da República, que o impediu de concorrer a um prémio internacional, a mando do Secretário de Estado da Cultura da altura, Sousa Lara. Foi isto, juntamente com outras coisas, que marcou a decisão de Saramago de deixar Portugal e mudar-se para a Ilha de Lanzarote, em Espanha, e aí viver até ao final da sua vida. E, portanto, é um dos vultos mais marcantes do país e que, mais tarde, ganhou o Prémio Nobel, mas que é posto fora do país devido aos seus ideais e, sobretudo, porque era comunista assumido e não lhe permitiram ter o destaque que merecia. Mais tarde, o mundo encarregou-se de fazer aquilo que o país não foi capaz de fazer.

Uma música



Tenho de destacar a We Are The World. Eu era um jovem de dezassete anos quando aconteceu o Live Aid, em 1985, e esta música simboliza um movimento que procurou conquistar fundos para matar a fome em África. Infelizmente, trinta anos depois, nada mudou, mas não deixo de destacar o altruísmo dos artistas, uma vez que este movimento não foi feito por economistas nem por políticos, mas por músicos que conjugaram todos os seus esforços em dois espetáculos que ocorreram em paralelo em Filadélfia e Londres. Assim, essa música ficou marcada, para mim, como símbolo do desprendimento e do altruísmo dos artistas face às causas humanitárias.

Uma (?) personalidade desportiva

Miguel Oliveira
Telma Monteiro
Nelson Évora
Marcos Freitas
Gostaria muito de destacar os feitos dos desportistas portugueses que, infelizmente, são pouco falados. Gostaria de destacar o Miguel Oliveira, que muito recentemente foi vice-campeão mundial em MotoGP, uma modalidade que não tem apoios nenhuns em Portugal, ou o Marcos Freitas no Ténis de Mesa, uma modalidade sem expressão nenhuma em Portugal, ou a Telma Monteirohá muitos anos top mundial do Judo. Por serem modalidades pouco acarinhadas em Portugal, faz com que eles tenham de trabalhar ainda mais para alcançar os seus objetivos. No topo desses todos, o Nelson Évora, que foi a nossa medalha de ouro em Pequim, em 2008. Seguiu-se um conjunto de lesões terríveis que marcaram muito a sua carreira, mas agora recupera e aos trinta e um anos está outra vez a competir e a ganhar. 
Ana Pinto e Rita Almeida

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

1ª edição do Concurso Literário Águas Santas


Com o objetivo de fomentar nos jovens o gosto pela leitura e pela escrita, a Junta de Freguesia  promove a 1ª edição do Concurso Literário Águas Santas.
Para participar nesta iniciativa, todos os interessados devem consultar as normas de participação.

Então, meninos, quem não gostaria de ser premiado pela criatividade da sua escrita? Os prémios são aliciantes e a vontade de participar anda algures por aí.


mais de 20% dos alunos do terceiro ciclo e do secundário são fumadores

PREOCUPAÇÃO.
Mais de 20% dos estudantes do terceiro ciclo e do secundário fumam e os mais novos são, entre estes, os que mais relatam terem começado a fumar na escola, revela um estudo feito em Coimbra.
Reuters
Os estudantes mais novos, com idades compreendidas entre os 12 e os 13 anos, são "os que mais relatam ter começado a fumar na escola, sendo a tendência maior nas raparigas", concluiu um estudo sobre hábitos tabágicos em meio escolar, afirma a Universidade de Coimbra (UC), numa nota divulgada esta segunda-feira.
De acordo com a investigação, "a grande maioria (79%) de estudantes não fuma" e, entre os 21% de fumadores, "cerca de metade (10,2%) fá-lo regularmente, consumindo em média meio maço de cigarros por dia". @ JN

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

vamos aprender: diferença entre dizer Daesh ou Estado Islâmico

da REUTERS
Azeredo Lopes, professor de direito internacional público, acha bem que passe a utilizar-se o termo "Daesh" em vez de "Estado Islâmico". Antes de mais, porque lhe retira o peso simbólico. "Se é uma organização que existe essencialmente para nos destruir, eu acho muito bem que, de uma vez por todas, não lhe façamos o favor de a promover, reconhecendo-lhe dois estatutos fundamentais que eu me recuso reconhecer-lhe: o estatuto de Estado, que, do ponto de vista jurídico-político, é o estatuto mais nobre do direito internacional, e o estatuto de representação islâmica, que eu recuso aceitar que possa ser corporizado por uma associação de bandidos, assassinos e terroristas", sublinha.
Daesh é a expressão literal não traduzida do auto-denominado Estado Islâmico ou ISIS, a sigla de Islamic State, em inglês. Azeredo Lopes sugere que "se passarmos a designá-lo com um nome mais neutro, menos conquistador, menos forte, menos poeticamente apelativo, seguramente que estamos a combatê-lo, porque ele combate-nos também através da difusão do medo e da eficiência de uma imagem que conseguiu universalizar, muitas vezes aproveitando a circunstância de, em termos comunicacionais, nós sermos relativamente infantis". O que significa que divulgamos e consumimos de forma indiscriminada a propaganda gráfica do terror e "comemos gulosamente um produto que foi concebido para nos aterrar".
O professor de direito internacional lembra "o impacto que teve nas nossas mentes" os vídeos "onde são degoladas pessoas", para frisar que "até desse ponto de vista, esta organização é muito mais aperfeiçoada do que alguma vez foi a Al Qaeda". Por isso, Azeredo Lopes entende que a comunicação social não devia divulgar essas imagens, porque, com isso, está a fazer um favor ao Daesh: disseminar o medo.
Acresce que, em árabe, a sonoridade da palavra é semelhante a outros vocábulos que têm, para os terroristas, sentido pejorativo e que significam "esmigar" e "esmigalhar". @ TSF

terça-feira, 17 de novembro de 2015

o dia num minuto


"A França está em guerra". O presidente francês, François Hollande, prometeu esta segunda-feira que a França utilizará "toda a força no combate a estes terroristas". Num discurso previsivelmente marcado pela consternação, Hollande elogiou os valores da República francesa, um "país de liberdade", e prometeu uma resposta aos jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico lembrando que "a democracia francesa já venceu adversários mais difíceis". Para Hollande a situação é grave e o diagnóstico imediato: "A França está em guerra". Reiterando que "o que aconteceu na sexta-feira é um ato de guerra e uma agressão contra o nosso país e os nossos valores", o chefe de Estado francês prometeu recorrer "a toda a força no combate a estes terroristas".


Cavaco lembra que esteve cinco meses em gestão. O Presidente da República recordou esta segunda-feira que, enquanto primeiro-ministro, esteve cinco meses em gestão e aconselhou a que se verifique o que aconteceu nos dois casos de crises políticas anteriores, em 1987 e 2011. Questionado se não considera urgente que decida sobre a crise política, o chefe de Estado recomendou que se verifique o que aconteceu em casos anteriores: "vá ver nos dois casos de crises anteriores que aconteceram - [um foi em 1987 e outro em 2011].

Portugueses vão gastar menos no Natal. Uma verba de 143 euros em presentes, outros 118 euros em alimentação e bebidas e 54 euros em socialização – um total de 315 euros por lar é o que as famílias portuguesas preveem gastar a celebrar o Natal de 2015, segundo as conclusões do Estudo de Natal 2015 da Deloitte. A confirmar-se as expectativas reveladas no inquérito da consultora, o valor global representará "menos 5,6% face ao ano anterior", o que a Deloitte conclui ser a demonstração de "elevada prudência na alocação" do orçamento das famílias portuguesas "para a quadra natalícia". @ jn

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

8ª edição geração depositrão

Na 8ª edição da Geração Depositrão o objetivo é o de incentivar a reciclagem de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos, assim como pilhas/acumuladores (há "pilhões" em cada setor junto às funcionárias e na sala dos professores), promovendo-se assim mais uma importante ação de educação ambiental, passando a escola a funcionar como ponto de recolha na zona envolvente quer da comunidade escolar bem como de moradores próximos entre outros. Desta forma evita-se a deposição inadequada destes resíduos, muitos dos quais tóxicos e problemáticos.


As escolas serão premiadas de acordo com o peso total conseguido – as recolhas serão feitas regularmente. O nosso “DEPOSITRÃO” será colocado a partir de amanhã, dia 17 de novembro, no espaço junto à entrada do auditório (entre este e o refeitório escolar) na escola sede do agrupamento. Haverá igualmente um ponto de recolha na sala dos professores em frente ao placard da Eco-Escolas. 

Solicitamos a cooperação de todos, até porque a união faz a força, neste projeto (em especial dos Diretores de Turma e Associação de Pais), fazendo chegar à escola o máximo de resíduos de equipamentos, lâmpadas e pilhas que consigam angariar. 
Este ano haverá uma forte componente social e as escolas (incluindo as do 1º ciclo) poderão apresentar instituições, entidades ou empresas locais associadas, onde sejam recolhidos os resíduos diretamente, contabilizando o peso respetivo para a escola (núcleo da campanha).

ATIVIDADE DE RECOLHA: Recolha de todo o tipo de REEE (pequenos e grandes eletrodomésticos e lâmpadas) e pilhas/acumuladores. 

Quem estiver interessado poderá, ainda, participar num conjunto de outros desafios incluídos nas atividades criativas (que obviamente serão devidamente divulgadas).

ATIVIDADES CRIATIVASRecriar: constrói o teu Depositrão (todos os graus de ensino); Mural REEE: construir um mural alusivo à reciclagem de REE e pilhas (JI e 1º ciclo); BD Família Depositrão: chegou uma nova personagem (2º e 3º ciclo); Selfie criativa REEE: criação de uma foto criativa com o Depositrão, alusiva à reciclagem de REEE e pilhas (ensino secundário, profissional, superior).
Aproveitamos para informar que a C.M. Maia instalou um Oleão (Laranja) que se encontracolocado entre o refeitório e a reprografia. Assim, quer trabalhe, estude, seja E.E. ou vizinho desta nobre instituição escolar poderá trazer óleos alimentares usados de casa, de preferência em embalagens plásticas para dar o melhor destino a estes resíduos que nunca devem ir pela canalização abaixo, bastam umas gotas para contaminar o equivalente a uma piscina de água doce. 

direito ao contraditório: "E agora?"

O CRESCER lança uma nova rubrica. O "direito ao contraditório" pretende e ambiciona fazer chegar aos leitores opiniões passíveis de serem contestadas, num salutar e democrático convívio de ideias.
Esta é a primeira. A responsabilidade dos textos é dos seus autores.  
E agora?
       As campanhas terminaram, os votos estão contados e a lista L saiu vencedora. Mas o que é que muda?
       A lista L já era responsável pela Associação de Estudantes, por isso, continuaremos a ver as iniciativas que foram característica desta AE, no último ano, a serem promovidas. Mas o que é que significaria se em vez de ser a lista L a ganhar tivesse sido a U ou a M? Se analisarmos os “programas eleitorais” das diferentes listas, verificamos que a matriz era a mesma, as medidas eram muito idênticas, existia até uma convergência programática entre as diferentes listas. De facto, aquelas que se deveriam ter afirmado como verdadeiras alternativas, as listas U e M, não o conseguiram, e apresentaram-se como uma continuação das políticas que têm vindo a ser promovidas nos últimos anos pela Associação de Estudantes. As medidas que ambas as listas propunham, além de muito idênticas, não significavam uma verdadeira mudança na nossa escola.
       A esta nova Associação de estudantes faço apenas um apelo: é necessário que se mudem mentalidades e se faça da Associação um verdadeiro ponto de encontro e de debate entre todos os alunos, onde estes possam expor as suas ideias e preocupações sobre a escola, e que estas cheguem à direção.
          E agora?... Agora é necessário continuar a criar uma escola onde os alunos são protagonistas. 

António Pedro Santos


sexta-feira, 13 de novembro de 2015

última hora: a lista vencedora foi...

Foi num clima de grande respeito e cordialidade que os alunos votaram para a sua Associação de Estudantes. O S. Pedro abençoou a eleição e as três mesas de voto foram colocadas no pátio exterior que liga o pavilhão A1 ao bar. Em cada mesa votou cada um dos ciclos: 2º ciclo, 3º ciclo e secundário.




As urnas encerraram ao fim da tarde e feita a contagem dos votos, a lista L foi a vencedora.
Assim, a Associação de Estudantes volta a ter como presidente a Carolina Saldanha, presidente da A.E. anterior.

O CRESCER formula votos de um excelente mandato à nova A.E., bem como deseja um ano pleno de sucessos académicos!
São mais umas quantas "mãos" a lutar por esta escola, eleitos por um público que depositou grande confiança neles. Agora, é preciso fruir a vitória e lançar mãos à obra.

as escolhas de...

Todas as sextas-feiras o CRESCER vai andar por aí a fazer perguntas e vai querer conhecer as escolhas dos visados.


Desta vez, pedimos que dissertasse sobre uma música, os seus gostos e sobre como é trabalhar nesta escola… 


As escolhas de Rita Mendes, auxiliar de ação educativa.






Música

Não consigo escolher uma, mas gosto muito das músicas modernas, como as de zumba e kizomba. Músicas com ritmo. Não sei dançar, mas gostava de saber, porque acho que é bonito, dá para perder calorias e há de permitir que nos libertemos do cansaço.



Os seus gostos

Gosto de animais e tenho dois cães, o King e a Estrela, e uma gata, a Mimi. Acolhi a Estrela para não ser abatida, pois a antiga família dela não podia continuar com ela. A Mimi foi atropelada e acabou por ficar comigo. Quando acontece a maratona do cão, eu costumo levá-los. 
Também gosto muito de estar em família e de conviver. Sempre fui habituada a isso.
Mas também adoro caminhar, de preferência à beira-mar, com o meu marido, com os cães e com o resto da família, pois sinto-me mais leve e relaxada. 



Trabalhar nesta escola

Estou na escola há quase quinze anos e gosto muito do que faço. É realmente um gosto trabalhar aqui. Às vezes até digo a brincar que trabalhar é o meu desporto. Adoro o contacto com os alunos e acho que sem eles a escola não faria sentido. São eles que me movem. 



Ana Pinto e Rita Almeida

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

um pequeno passo para a escola, um grande passo para cada um de vós

R de reflexão


Amanhã, os nossos alunos vão a votos para a Associação de Estudantes. Hoje, estiveram em Reflexão.

O CRESCER faz votos para que todos exerçam esse direito e esse dever que a democracia lhes dá.

Acreditem que será um pequeno passo para a escola, mas um grande passo para cada um de vós

ninguém é tão feliz quanto aparenta nas redes sociais

A curta metragem “What’s on your mind?“, em alusão à típica frase facebookiana “O que você está pensando?”, de Shaun Higton, gera polémica ao questionar o problema da vida editada, que distorce a vida real. 
Claro que nem todos usam o espaço virtual para se exporem, mas a tal ideia de mostrar a sua “felicidade” é algo recorrente na linha do tempo da grande maioria dos utilizadores das redes sociais.

A verdade é que ninguém é tão feliz quanto aparenta o respetivo Instagram ou Facebook.
Veja a curta. Pense um pouco sobre o assunto.

“Devemos preocupar-nos com as raparigas” e com a sua saúde mental

Não adianta já perguntar nos inquéritos,
 como perguntávamos, “a que horas te deitas?”
para saber se estão a dormir bem.
Porque eles levam o telefone. 
ENRIC VIVES RUBIO
Candace Currie, que esteve 20 anos à frente do grande inquérito internacional da OMS sobre a adolescência, diz que é preciso melhorar as perguntas que se fazem aos adolescentes para perceber melhor o que se passa. Com as raparigas. E também com os rapazes.

E em Portugal, o relatório divulgado em Dezembro, já com os dados de 2014, mostrou que as meninas portuguesas reportam mais queixas de nervosismo, do que os rapazes, mais queixas de ansiedade, mais sintomas físicos, como dores de cabeça. Nalguns destes indicadores pioraram mais do que eles nos últimos anos. E há três vezes mais meninas que dizem que se magoam fisicamente, de propósito, frequentemente...

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

muita atenção: somos o que comemos!

Não se descuide!
Os números não deixam margem para dúvidas: os portugueses comem muito mais proteína animal (carne, ovos e pescado) e laticínios do que o recomendado e muito menos fruta e hortícolas. Estes hábitos alimentares inadequados têm um peso muito considerável (19,2%) nos fatores de risco associados às principais doenças – ou seja, contribuem mais para elas do que outros hábitos, como por exemplo a pouca atividade física ou o consumo de álcool. Além disso, continuamos a consumir mais calorias por dia (3398) do que o ideal (de 2000 a 2500). 
A estes fatores junta-se outro que representa uma enorme preocupação em Portugal: a ingestão de sal, que é o dobro do recomendado, o que se traduz numa população em que 44% dos homens e 40% das mulheres sofrem de hipertensão arterial.

Quando se olha para o mundo, Portugal anda relativamente a par dos países desenvolvidos (e está bastante melhor no consumo de fruta, por exemplo), enquanto os dados da média mundial mostram que, a partir de 2002, houve mudanças drásticas: o consumo de carne disparou, assim como o de leite e o de vinho, enquanto o de vegetais, leguminosas e cereais está em queda. Ou seja, o mundo parece estar a distanciar-se da balança alimentar recomendada. 

entrega dos diplomas aos finalistas de 2014/2015


No próximo dia 18 de novembro, pelas 18h30m, haverá lugar para a cerimónia anual de entrega dos diplomas aos alunos que concluíram no passado ano letivo o 12º ano. 

Os diretores de turma desses alunos serão os responsáveis por essa entrega. 

Será muito agradável voltar a ver quem por cá estudou e dignificou a nossa escola, bem como será, certamente, muito honroso receber o diploma merecido.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

ploc!!! *

Caiu...
daqui
... o governo!

onomatopeia que simula som de queda de objeto

assim decorre a campanha para a A.E.

Cada lista, no seu espaço, vai usando dos decibéis possíveis, e todos os intervalos servem para dançar, pular, jogar e cantar...
O alvo de todos as listas é o público mais jovem, porque mais influenciável e, como mais numeroso, um hipotético público eleitor.
Portanto, a disputa vai assim...