Número total de visualizações de página

sexta-feira, 29 de maio de 2015

IR: 12 horas consecutivas a declamar "Os Lusíadas"

O Centro de Arte de Ovar recebe no sábado, 12 horas quase consecutivas de narração de "Os Lusíadas", num espetáculo do ator António Fonseca e que envolve também 120 cidadãos daquela cidade e das de Braga, Felgueiras e Porto.
"No fundo, este vai ser um 'happening' sobre uma obra que, por exigir muita competência técnica e gramatical, é realmente muito difícil de ler, mas muito fácil de ouvir", declarou António Fonseca.
"A partir das 10 horas vou começar a dizer o Canto I e depois seguem-se os outros, com intervalos de 10 minutos entre si e uma pausa para o almoço, até que às 23 horas se apresentam as outras 120 pessoas em palco, para lerem comigo o Canto X", acrescenta. 
O bilhete para o espetáculo custa 5 euros e dá acesso à versão integral de "Os Lusíadas", mas os espetadores têm liberdade para escolher entre o visionamento total ou parcial da apresentação.
"Como esta é uma obra mais ou menos conhecida, as pessoas têm referências", reconhece António Fonseca. "Por isso é que há umas que vão ver tudo e outras vão escolher só a parte sobre a Inês de Castro no Canto III, o Adamastor no Canto V, a chegada à Índia no VII, ou a Ilha dos Amores no IX", antecipa.
O elemento comum a cada um desses atos será um estilo literário que revela "uma grande obra coletiva, que toda a gente aponta como a matriz da Língua Portuguesa".
.

Sem comentários: