Número total de visualizações de página

sábado, 14 de fevereiro de 2015

namorar, sim, com muito amor e sem violência

Foto iStockphoto
A PSP recebeu 1549 participações de violência no namoro em 2014, mais 499 do que em 2013, quando deram entrada naquela força de segurança 1050, adianta a Polícia de Segurança Pública, em comunicado.

"Entre a comunidade juvenil, de 2013 para 2014, observou-se um aumento das situações de violência no namoro, facto corroborado pelo aumento de aproximadamente 50% das participações registadas na área de responsabilidade da PSP", refere a Polícia, justificando a subida com a "desocultação do fenómeno".

Das 1549 queixas que chegaram à PSP no ano passado, 699 foram denunciadas por estudantes e em 1457 casos as vítimas eram estudantes, indicam os dados da PSP.

As queixas apresentadas pelos estudantes têm vindo a aumentar, passando de 576, em 2013, para 699, no ano passado, representando uma subida de quase um quarto.

Segundo a Polícia, a violência no namoro praticada entre os jovens assume, tal como nos adultos, as vertentes físicas e psicológicas, mas evidencia-se "particularmente na violência social".

A PSP definiu como "primeira prioridade" para o ano letivo 2014/2015 a intervenção na violência no namoro, tendo em conta que a exposição a fenómenos de violência doméstica em ambiente familiar é propiciador de replicação entre os mais jovens nas relações de namoro e, no futuro, nas relações mais próximas de conjugalidade.

Sem comentários: