Número total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de abril de 2014

uma aventura por terras de Sintra

Chegar a Sintra é demorado. Principalmente se o transporte apresenta limitações e gera alguns contratempos. No entanto, quando se chega a Sintra, todos são compensados pela magia do lugar. Foi o que aconteceu ontem, quando se fez viagem até lá, no âmbito do estudo de "Os Maias", na disciplina de português do 11º ano.

Foram 120 os aventureiros. O projeto foi posto em marcha pelas professoras de português Amélia Lopes, Eduarda Ferreira, Helena Borges e Manuela Couto. Contou com a colaboração e companhia dos professores Aurélia Dias, Celeste Cabral, Fernanda Neves, Isabel Azevedo, Lídia Rodrigues e Humberto Nogueira. E muitos alunos.

Para iniciar a aventura, o grupo reuniu, depois do almoço, na escadaria do Palácio Nacional, situado no centro histórico da vila, monumento único que mantém a sua configuração desde meados do século XVI.
E começou a caminhada: espreitou-se o espaço onde antes se erguera o Nunes (hotel onde imaginamos o Eusebiozinho e o Palma Cavalão com as espanholas Lola e Concha), apreciou-se o mítico Lawrence (o hotel onde Maria Eduarda se instalara),
o hotel Lawrence
e o limite da subida foi o encanto de Seteais (o limite da viagem de Carlos, Cruges e Alencar a Sintra).
Seteais
Seteais


Depois de testada a capacidade de o eco repetir sete vezes o "ai" (SeteAis), desceu-se para visitar a Quinta da Regaleira
O grupo perdeu-se de amores pela esotérica quinta, e, após uma original visita em que cada um teve de saber usar um mapa e encontrar os lugares idealizados pelo Monteiro dos Milhões e pelo arquiteto/cenógrafo italiano Luigi Manini, rumou ao centro da vila.



Torre da Regaleira

Poço Iniciático

os Guardiões do Templo

jardins da Quinta
Antes de regressar à camioneta, fez-se fila na doçaria "Piriquita" pois ninguém se esqueceu das queijadas (que o Cruges esqueceu) e das restantes iguarias que fazem esquecer qualquer dieta em marcha.

Em Sintra, tudo é bonito e tranquilo. Até os pares de cães se mantêm imperturbáveis com a azáfama turística! 

segunda-feira, 28 de abril de 2014

não necessita prescrição e é gratuito

O Dia Mundial do Sorriso assinala-se a 28 de abril.
A data foi criada em 1963 por Harvey Ball, um artista de Worcester, Massachussets, que criou a imagem do smiley, reconhecida internacionalmente.

Sabia que:

- é mais fácil sorrir do que franzir a testa, sorrir movimenta  menos músculos do que franzir a testa;
- um simples sorriso alivia o stress, porque liberta endorfinas e serotonina (neurotransmissores) que contribuem para o bem estar, felicidade  e leveza, além de ativarem o sistema imunológico.
Também reduz a tensão arterial, melhora a digestão, é analgésico e deixa a pele mais bonita.

E quanto mais efusiva é a gargalhada, maior é a libertação de endorfina - "hormona da felicidade".

Assim, caro leitor, sorria sempre. Para já, sorrir não necessita prescrição e é gratuito.

domingo, 27 de abril de 2014

quinta-feira, 24 de abril de 2014

40 anos de abril festejam-se na escola

O departamento das Ciências Humanas e Sociais trouxe o espírito de abril à escola.
Os mais jovens cantaram e tocaram a mítica música "Somos livres", no auditório mostrou-se Portugal, os corredores iluminaram-se com imagens e a biblioteca rejubilou com os Poemas Ditos, com cor e com História.
docente e funcionária
 juntas
 na mesma causa

os mais jovens ajudaram a recordar os sons de abril
pelas mãos dos mais velhos
não faltaram os soldados e as mulheres de abril

 
no corredor, foi possível apreciar 40 anos de História

não faltou Salgueiro Maia
não faltou Otelo Saraiva de Carvalho
a poesia está na rua
o Futuro esteve atento


Hoje, comemorou-se abril na escola. Amanhã, a poesia, o abril e o futuro estarão nas ruas! Em liberdade.

40 anos de abril em águas santas

É este o programa da Freguesia de Águas Santas para a comemoração dos 40 anos de abril. Participe. 

quarta-feira, 23 de abril de 2014

"leva-me contigo!"

Neste dia mundial do livro... a tentação servida ao balcão do nosso bar.
Vá... leve um exemplar. É mesmo a sério. É para si.

Obrigado, Biblioteca! 

terça-feira, 22 de abril de 2014

23 de abril: dia mundial do livro

O Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor (também chamado de Dia Mundial do Livro) é um evento comemorado todos os anos no dia 23 de Abril, e organizado pela UNESCO para promover a o prazer da leitura , a publicação de livros e a proteção dos direitos de autor. O dia foi criado na XXVIII Conferência Geral da UNESCO que ocorreu entre 25 de outubro e 16 de novembro de 1995 .
A data de 23 de abril foi escolhida porque nesta data do ano de 1616 morreram Miguel de Cervantes, William Shakespeare e Garcilaso de la Vega . Para além disto, nesta data, em outros anos, também nasceram ou morreram outros escritores importantes como Maurice Druon, Vladimir Nabokov, Josep Pla e Manuel Mejía Vallejo .
Todos os anos são organizados uma série de eventos no mundo para celebrar o dia.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

vamos lá nascer de novo?

renascer verbo intransitivo
1. Nascer de novo.
2. Renovar-serejuvenescer.
3. Tornar a aparecerressurgirgerminar de novo.
4. Emendar-secorrigir-se.
5. [Teologia Tornar ao estado de graça.

in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

Vamos lá renascer? A partir de amanhã? Todos? Ainda bem ;)

terça-feira, 8 de abril de 2014

só para deixar ficar...


As amêndoas são a guloseima, por excelência, da Páscoa em Portugal. Servem de presente trocado entre as pessoas.

Até à Idade Média, era costume comer amêndoas cobertas com mel. Com a cultura da cana de açúcar, desenvolvida pelos portugueses, as amêndoas passaram a ser cobertas com açúcar. 

Em Portugal, tornaram-se bastante populares, não só durante o período da Páscoa, mas em outros acontecimentos especiais, como casamentos e baptizados.

Só para deixar ficar estas amêndoas docinhas aos nossos leitores.


segunda-feira, 7 de abril de 2014

é necessário ter tempo


E depois de conselhos de turma sucessivos, de muita limpeza de Primavera e de muitas arrumações mentais, é necessário ter tempo para relaxar, para dar descanso aos olhos e às cabeças, para que se possa agarrar o 3º período com toda a energia.

Votos de bom descanso e de boas leituras. 
Apreciem a Primavera.

O CRESCER volta já! ;)

APESAS brindou-nos com café-concerto

Foi no dia 4 de abril e foi um belíssimo serão. A APESAS pôde contar com todos e agradece toda a colaboração. Parabéns!




sexta-feira, 4 de abril de 2014

um Hola de Espanha!

Os alunos do secundário inscritos em EMRC da nossa escola e um aluno e professor da Escola Eb 3 Sec. Aurélia de Sousa estão em visita de estudo por terras de nuestros hermanos e enviaram-nos notícias.
"Ontem, conhecemos a cidade de Ávila e o Real Mosteiro do Escorial. Hoje, foi o segundo dia de viagem, e visitamos Toledo e Madrid, Amanhã, iremos ao Parque de Atrações de Madrid. Tem sido um bom momento de convívio e de aprendizagem."  
Pues, que os vaya bien e buen viage!, diz o CRESCER.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

toma e "embrulha"

       


Esta é a coleção "Embrulha!" idealizada pela turma de Artes do 10º ano. Muitos parabéns! Desejamos que continuem a embrulhar-nos bem ao longo da vossa passagem pelas ESAS.
Estas "roupas" podem ser apreciadas na Biblioteca.

este é o top dos tops


torneios de andebol!!!


Estamos a dois dias do fim de 2º período. 

Muitas atividades a decorrer, mas, como é habitual, os torneios galvanizam fortemente os nossos alunos. Grandes e pequenos inscrevem as suas turmas e todos estão prontos para jogar e vencer.

Desta feita são os torneios de andebol e decorrem ao longo de toda esta quinta-feira.

Bons jogos!

quarta-feira, 2 de abril de 2014

insucesso e abandono escolar custam ao país 250 milhões de euros por ano

O sistema de ensino português regista uma taxa de chumbos de 35%, o que, de acordo com um estudo centrado na análise do insucesso e abandono escolar, pode custar ao país 250 milhões de euros por ano.
O estudo da Associação EPIS -- Empresários Pela Inclusão Social, em parceria com o CESNOVA -- Centro de estudos de Sociologia da Universidade Nova, apresenta hoje as suas conclusões finais e recomendações na Escola Secundária Camões, em Lisboa.
O documento salienta que 35% de alunos já chumbaram pelo menos uma vez ao longo do seu percurso escolar, o que deve ser entendido como um indicador de que o sistema de ensino nacional "não está concebido para promover o sucesso e a equidade", frisando o estudo que há "uma cultura de retenção e de abandono que é necessário modificar de forma a atenuar o caráter seletivo desse sistema".
Apontam-se ainda os custos para o país de uma taxa de 35% de chumbos, que, tendo por base um custo médio por aluno no ensino básico e secundário de 4.000 euros, pode traduzir-se num "desperdício" que "nunca será inferior a 250 milhões de euros por ano".
"A solução não passará necessariamente por proibir a retenção ou de a iludir pela busca de sucesso a qualquer custo. A solução passa antes por preveni-la, e, acima de tudo, contrariar a cultura dominante que a aceita como algo de `natural`". @ RTP

terça-feira, 1 de abril de 2014

"let`s look at the trailer"

A turma do 12ºI de curso Profissional de Turismo irá proporcionar um ciclo de Cinema no auditório da nossa escola no dia 24 de Abril, atividade incluída nos dias do departamento CSH.

Qualquer turma poderá participar desde que esteja inscrita. 

Pedimos que até sexta - feira, dia 04/04 façam a sua inscrição. 

Contamos com a vossa colaboração.

"O Porto na tua escola"

A mostrar Cartaz definitivo.pngA turma do 11º J de curso Profissional de Turismo irá organizar um peddy paper na nossa escola no dia 23 de Abril (cf. convite em anexo), atividade incluída nos dias do departamento CSH.

O tema do Peddy Paper é "O Porto na tua Escola" 

Qualquer turma poderá participar desde que esteja inscrita. 
Visto ser uma atividade com alguma logística, solicitamos que até sexta - feira, dia 04 de Abril, façam a inscrição da turma, devolvendo o documento grelha Peddy Paper para o email (ginette.carvalho@aescas.net).

Águas Santas continua em movimento

O mês de março foi intenso para os alunos do Curso de Turismo.
Entre as horas de formação cumpridas na Escola, houve ainda tempo para visitas de estudo e atividades de prática simulada em contexto escolar.
No passado dia 15, cumpriu-se a tradição: mais uma visita à BTL (Bolsa de Turismo de Lisboa). Destacou-se, desta vez, a representação espetacular dos PALOP.



                                                                                                                                   
A 20, Cerca de 200 alunos do 5º e 6º anos, orientados pelos seus colegas mais velhos do 11º J, deslocaram-se ao Auditório da Junta de Freguesia de Águas Santas para assistir a uma divertida peça de teatro apresentada por uma companhia inglesa. Os pequeninos portaram-se muito bem e os futuros técnicos de turismo como verdadeiros profissionais.

                                         
Finalmente, a 28, enquanto a turma do 12º I participava, com outras turmas dos Cursos Profissionais, numa Jornada de Atividades de Exploração da Natureza no Parque de Santa Maria de Avioso, o 11º J participava numa riquíssima visita de estudo a Aveiro, coordenada pela professora Isabel Agrelos, com os alunos do 10ºE e 10º G.


Regressaram muito cansados mas muito satisfeitos…