Número total de visualizações de página

quarta-feira, 4 de junho de 2014

sol amigo, vou proteger-me!

Estão aí os dias de sol a chamar cada vez mais por nós. Mas porque o cancro de pele é um dos tipos de cancro mais frequentes, o CRESCER quer recordar alguns dos cuidados a ter na sua proteção. 

Com a deteção precoce, muitos dos casos são tratáveis mas a maioria dos tipos de cancro de pele seriam evitáveis com o uso de proteção solar em todas, mas mesmo todas, as zonas expostas.
Zonas do corpo que não devem escapar ao protetor solar:
Orelhas - Um estudo diz que as orelhas são o terceiro local onde aparecem mais carcinomas basocelulares por isso deve protegê-los, colocando sempre protetor solar.
Couro cabeludo - Você pode até não perceber mas o seu cabelo pode acabar por cair, se não tiver cuidado. Deve usar um chapéu para evitar apanhar escaldões no couro cabeludo.
Pálpebras - É recomendado o uso de um protetor solar com SPF alto na cara, especialmente junto aos olhos, uma vez que essa zona absorve o creme com mais facilidade.
Pele junto às axilas - É uma zona fácil de se esquecer mas também é uma zona que pode ficar escaldada rapidamente por isso já sabe, coloque o protetor solar.
Sob as alças - Ao colocar o creme no corpo uma das zonas que as pessoas mais se esquecem é a area por baixo das alças do biquini, deixando essa pele desprotegida.
Peito dos pés - É uma zona que que apanha muito sol por isso deve estar sempre bem protegida. Se preferir coloque o protetor logo em casa, antes de chegar à praia ou à piscina. 
Costas das mãos - Aparentemente, as mãos estão protegidas mas, normalmente, ao espalharmos o creme no corpo estamos a colocar o creme nas palmas das mãos mas esquecemo-nos das costas das mãos.
Lábios - O lábio inferior precisa um pouco mais de protetor solar, pois é 12 vezes mais propenso a desenvolver cancro que o lábio superior.
Dobra dos joelhos - A zona que ninguém vê mas é a área que quando apanha escaldão não o deixa andar (nem sentar-se) em condições. @ Visão

Sem comentários: