Número total de visualizações de página

sexta-feira, 23 de maio de 2014

a diferença entre “Exames Nacionais” e “Provas Finais”

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????


… é a justificação que o MEC dá para não haver um limite de 25 provas a cada classificador enquanto decorrem as atividades letivas.

Já suspeitava no ano anterior desta possível justificação, mas agora é confirmada com as declarações do MEC ao jornal Público. No entanto, como podem ver aqui o despacho 18060/2010 também se refere aos exames nacionais do ensino básico.

E vir argumentar que uma prova final não é o mesmo que um exame nacional é o mesmo que vir dizer que estas provas finais não têm o mesmo valor dos exames nacionais. E assim, cai por terra a fundamentação do rigor tanto apregoado por Nuno Crato.
Quem corrige? Quem dá as aulas? 
Escolas podem não abrir devido a folgas dos avaliadores dos exames
É um alerta que parte dos próprios diretores escolares. As escolas básicas e secundárias podem estar uma semana paradas. É que os professores que foram examinadores durante as provas nacionais de português e matemática vão ter direito a folgas e, por isso, alguns estabelecimentos podem ficar com número reduzido de docentes. Blog DeAr Lindo

Sem comentários: