Número total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de abril de 2014

insucesso e abandono escolar custam ao país 250 milhões de euros por ano

O sistema de ensino português regista uma taxa de chumbos de 35%, o que, de acordo com um estudo centrado na análise do insucesso e abandono escolar, pode custar ao país 250 milhões de euros por ano.
O estudo da Associação EPIS -- Empresários Pela Inclusão Social, em parceria com o CESNOVA -- Centro de estudos de Sociologia da Universidade Nova, apresenta hoje as suas conclusões finais e recomendações na Escola Secundária Camões, em Lisboa.
O documento salienta que 35% de alunos já chumbaram pelo menos uma vez ao longo do seu percurso escolar, o que deve ser entendido como um indicador de que o sistema de ensino nacional "não está concebido para promover o sucesso e a equidade", frisando o estudo que há "uma cultura de retenção e de abandono que é necessário modificar de forma a atenuar o caráter seletivo desse sistema".
Apontam-se ainda os custos para o país de uma taxa de 35% de chumbos, que, tendo por base um custo médio por aluno no ensino básico e secundário de 4.000 euros, pode traduzir-se num "desperdício" que "nunca será inferior a 250 milhões de euros por ano".
"A solução não passará necessariamente por proibir a retenção ou de a iludir pela busca de sucesso a qualquer custo. A solução passa antes por preveni-la, e, acima de tudo, contrariar a cultura dominante que a aceita como algo de `natural`". @ RTP

Sem comentários: