Número total de visualizações de página

segunda-feira, 17 de junho de 2013

uns hoje + outros dia 2 = equidade (?)

Hoje, só alguns alunos fizeram exame de Português.
Os outros farão dia 2 de julho, às 9h30m, diz Nuno Crato.

"Então não se marcou uma nova data para os exames que iriam decorrer hoje, por isto e por aquilo... Falta de garantias de marcação de uma nova greve... Problemas de comunicação... E agora... Nova data... 2 de julho! 
Será que foi acordado com os sindicatos um compromisso de não marcação de nova greve para esse dia? Será que esse compromisso já havia sido assumido, mas o Governo mentiu ao dizer que não?
É que se assim não for, não consigo compreender o porquê de não terem marcado esta nova data já na passada 6.ª feira e a marquem só agora, depois de se terem criado discrepâncias entre alunos. É pura teimosia! É arrogância! Mas acima de tudo, uma tremenda falta de inteligência." Ricardo Montes in Profslusos

Entretanto, o GAVE ainda não disponibilizou os critérios de correção da prova de hoje. 

4 comentários:

Cristina Leitão disse...

Isto não está correto! É um exame nacional e é para todos! Ou deveriam ter feito todos o exame ou não deveria ter feito ninguém...


Cristina Leitão disse...

Todos os regulamentos de exame foram,nesta data, desrespeitados em várias escolas pelo país fora para que alguns alunos realizassem os exames a todo o custo:
- salas sem professores suplentes.
- ausência de professores coadjuvantes.
- professores de Português a vigiar Português.
- técnicos a vigiar exames.
- salas com mais de 20 alunos (em Cinfães, enfiaram 180 alunos num refeitório e numa escola da Póvoa do Varzim, alunos fizeram exame num ginásio!!).
- alunos com telemóveis a realizar exames e a comunicarem conteúdos para fora.
- alunos a produzirem barulho e a invadir salas de exame.
- ausência de secretariado de exames.
- ausência de inspeção, sempre presente quando se cumprem as regras.
Aberto este precedente, deduzo, portanto, que o ME considere as regras pouco importantes, pelo que não estamos obrigados a cumpri-las na próxima fase nem nos próximos anos. A partir de agora vale tudo.

Maria disse...

Houve exame na ESAS, ou não realizaram?

Ana disse...

Realizaram-se em algumas salas. Houve 20 e tal professores que garantiram o serviço de entre todos os professores do agrupamento (200 e tal) que foram chamados!!!