Número total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de maio de 2013

há dragões no Porto (no Sea Life)

@Visão
O dragão marinho pertence à mesma família do cavalo-marinho, embora possa ser um pouco maior e atingir os 45 cm de comprimento. Dragões dos Mares é a nova exposição temporária do Sea Life, no Porto, onde permanecerá até ao final do ano. 
Especialista em camuflagem, originário das águas costeiras da Austrália, quase passa despercebido, uma vez que o seu corpo imita o das algas castanhas, o seu habitat preferido. 
Durante a época de acasalamento, as fêmeas colocam 250 a 350 ovos na zona da cauda, para que o macho (sim, neste caso são os machos a fertilizar os ovos) os carregue ao longo de dois meses até à sua eclosão. 
O dragão marinho não tem escamas, é revestido por diversas placas ósseas e alimenta-se de pequenos crustáceos. A mostra é o resultado de um programa de reprodução em cativeiro que abrangeu toda a rede mundial de oceanários da Merlin Entertainments. 


Sem comentários: