Número total de visualizações de página

segunda-feira, 22 de abril de 2013

sessão de apresentação no âmbito da avaliação externa

"Esta é uma escola feita de mãos. E de muitas mãos!", disse o Diretor do nosso Agrupamento, Dr. Manuel Ferreira, citando o colega José Queirós, na Sessão de Apresentação, no âmbito da Avaliação Externa da Inspeção Geral de Educação e Ciência, que decorreu esta manhã no auditório da escola-sede.

público e mesas da Inspeção e Direção


momento da apresentação
Estiveram presentes honrosos convidados - presidente da Câmara Municipal da Maia, presidente da Junta de Freguesia de Águas Santas, presidentes das várias Associações de Pais, presidente da Associação de Estudantes, diretora do Centro de Formação, diretor do extinto CNO, representantes das Associações Recreativas e dos Escoteiros, empresários locais, outros diretores de outras escolas, representantes de estabelecimentos de ensino  superior,  bem como, obviamente, os três elementos da Inspeção, o diretor e subdiretora do Agrupamento, e o corpo docente e discente que, à hora do evento, não tinha componente letiva no seu horário e quis marcar a sua presença.

Os alunos do Curso Profissional de Turismo desempenharam o já assumido papel de técnicos de turismo, conduzindo os presentes aos seus lugares.

alguns dos convidados
A sessão foi aberta com as palavras do Senhor Diretor, Dr. Manuel Ferreira, e presenteada por uma apresentação criativa da responsabilidade do professor Cândido Pereira, que encontrou nos alunos do Grupo de Dança e Desporto Escolar e em diversos alunos da escola os atores para esta representação.

Depois da necessariamente detalhada caracterização do nosso agrupamento, foi sugerido pela equipa da Inspeção que os presentes se manifestassem. Foram, então,  ouvidas variadas vozes a elogiar o trabalho desenvolvido pelo corpo docente e discente da escola e, em particular, foram escutadas palavras de rasgado elogio e louvor à ação de gestão do nosso Diretor, Dr. Manuel Ferreira.

1 comentário:

J.S. disse...

Ainda bem que o CRESCER estava lá para poder levar a informação aos que não puderam estar.