Número total de visualizações de página

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

breves e amargas


Ministério da Saúde poderá poupar no tratamento da sida, cancro e outras

O Ministério da Saúde tem luz verde para poupar nas despesas com o tratamento da sida, cancro e doenças reumáticas. Um parecer do Conselho de Etica considera que, em certas circunstâncias, há fundamento para conter custos com medicamentos. Mas a forma como o documento está a ser interpretado levantou criticas da Ordem dos Médicos e da oposição, que quer esclarecimentos do Ministro da Saúde. @ RTP

Desempregadas realizaram mais interrupções legais de gravidez

As mulheres desempregadas são aquelas que, em 2011, realizaram mais abortos legais até às 10 semanas de gestação por opção, representando 19,44 por cento do total de 19.802, revela um relatório da Direção Geral de Saúde (DGS). @ TSF

1 comentário:

Maria disse...

Muito amargas, mesmo!