Número total de visualizações de página

terça-feira, 17 de julho de 2012

"Vigília pela Educação" de quarta para quinta-feira


Um grupo de cidadãos está a promover uma vigília pela educação, de quarta para quinta-feira, por todo o país, por considerar que o Governo "está a pôr em causa um pilar fundamental da democracia e da República".

"Vigília pela Educação" é o nome da iniciativa "apartidária" que está a ser divulgada através da rede social Facebook, disse hoje à Lusa o professor João Paulo Silva, um dos promotores.
"A ideia é que, em todo o país, as pessoas saiam à rua e defendam a escola pública", sublinhou o professor, para quem, "mais do que falar e contestar a questão A ou B, o que está em causa é a própria educação".
João Paulo Silva disse que a ideia nasceu "num pequeno grupo de cidadãos", na sequência da manifestação de professores realizada na semana passada, em Lisboa.
"Na nossa opinião - um conjunto de pessoas que se foram encontrando através do Facebook -, algumas medidas implementadas pelo ministro Nuno Crato estão a colocar em causa a própria educação", explicou.
A vigília está marcada para as 19:00 de quarta-feira nas praças da República, ou outras, em todas as capitais de distrito. A iniciativa apenas terminará no dia seguinte, quinta-feira, pelas 12:00.

Sem comentários: