Número total de visualizações de página

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Nos centros de dia para idosos em Serpa e Beja


ALUNOS DE ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL EM PROJETO NO BAIXO ALENTEJO
Portefólio fotográfico da autoria de Sandra Azevedo (12º F)
No âmbito da Disciplina de Animação Sociocultural, os alunos do 12º ano do Curso Profissional de Técnico de Animador Sociocultural desenvolveram, ao longo do ano, um projeto de turma subordinado à problemática: “A Animação na Terceira Idade”.
Para a concretização deste projeto coletivo de turma, os alunos partiram do princípio de que um dos aspetos sociais mais importantes dos últimos tempos tem sido o acentuado envelhecimento da população, associado à queda da fecundidade e, sobretudo, ao aumento da esperança média de vida, resultado do progresso material e da evolução do conhecimento médico.
Nas últimas décadas, tem-se vindo a acentuar um considerável aumento de lares públicos e privados para idosos e a necessidade crescente de programar ações relacionadas com a animação sociocultural para a terceira idade, bem como de proporcionar experiências de aprendizagem às pessoas idosas e de manter um ambiente rico e estimulante, fazendo desta idade um espaço e um tempo positivos para aumentar as possibilidades de educação ao longo da vida.
A animação sociocultural na terceira idade suporta-se, pois, nos princípios de uma gerontologia educativa, promotora de situações que auxiliem as pessoas idosas a planificarem estratégias para a evolução natural do seu envelhecimento, que lhes promovam novos interesses e novas atividades, estimulando e treinando a vitalidade física e mental, enquanto se faz ocupação útil dos tempos livres disponíveis.
Consequentemente, assiste-se a uma procura premente de animadores socioculturais com perfil profissional adequado à intervenção nesta faixa etária, o que vem reforçar a ideia de que a terceira idade constitui um dos âmbitos mais promissores para o futuro da animação sociocultural.
Assim sendo, os alunos abraçaram o projeto de animação dos utentes em dois centros de dia da terceira idade localizados nos concelhos de Serpa e de Beja, na região do Baixo Alentejo, uma das mais envelhecidas do país.
O projeto de turma de intervenção em animação sociocultural teve em conta os seguintes objetivos: reconhecer a importância das relações intergeracionais; animar, cultural e socialmente, os grupos da terceira idade; reconhecer a importância do trabalho em grupo e do trabalho multidisciplinar; revelar capacidades de organização e gestão da intervenção; reconhecer o papel do animador sociocultural enquanto técnico que desenha e implementa projetos em diferentes contextos comunitários e, finalmente, reconhecer o animador sociocultural enquanto agente ativo do desenvolvimento partilhado das comunidades.
Todos os alunos da turma, acompanhados pelo professor de ASC, estiveram nos passados dias 29 e 30 de Maio, em Serpa (Lar de S. Francisco) e em Beja (Centro Social do Lidador), onde desenvolveram um inovador programa de animação com os utentes dos dois centros de dia alentejanos. Em cada uma das instituições, estiveram presentes mais de uma centena de idosos que interagiram com os nossos alunos na leitura de poemas, nas danças tradicionais, no cante alentejano e noutras modas do cancioneiro português, tendo mesmo os utentes do Centro Social do Lidador, em Beja, atuado com o seu grupo de cante alentejano. A par do trabalho realizado, os alunos tiveram a oportunidade de visitar o Museu de Etnografia e o Museu do Relógio, em Serpa e o Museu Regional e o Museu de Arqueologia, na cidade de Beja.
Foram parceiros do projeto, a Comissão Municipal de Cultura e Turismo de Serpa, a Santa Casa da Misericórdia de Serpa/Lar de S. Francisco e a Divisão de Ação Social da Câmara Municipal de Beja/Centro Social do Lidador.
Em síntese, poder-se-á dizer que foram atingidos todos os objetivos previstos neste inovador projeto de turma em animação sociocultural e que se traduziu num cívico e afetivo (re)encontro de gerações, agora que os nossos alunos vão iniciar o seu percurso profissional.

Sem comentários: