Número total de visualizações de página

quarta-feira, 13 de junho de 2012

cursos que colocaram todos os alunos no desemprego

daqui

Pela primeira vez, o Ministério da Educação lançou a média de empregabilidade dos cursos e mestrados existentes em Portugal. Há vários casos em que a taxa de insucesso atinge os 100%. Línguas Estrangeiras Aplicadas, em Évora, e Ecoturismo, na Escola Superior Agrária de Coimbra, fazem parte desta lista.

No pólo oposto está o curso de Medicina, da Universidade de Coimbra. É o que emprega mais gente. Teve apenas 0,08% de desempregados.

Em segundo lugar, está o curso homólogo administrado no Porto (0,09%), e em terceiro o da Universidade Nova de Lisboa (0,1%), de acordo com os dados fornecidos ontem pelo Ministério da Educação.

Entre as maiores faculdades públicas de Direito, por exemplo, a taxa de desemprego é maior no Porto, com 6,3%, seguindo-se Coimbra, com 4% e a Universidade Nova de Lisboa, 1,2%.

Com este ranking, o Governo tenciona limitar a abertura de novas vagas em cursos sem saídas profissionais. Poupados parecem estar, no entanto, as áreas de Ciências, Matemática e Informática e Engenharia, consideradas prioritárias.

Caso as instituições queiram propor o aumento de lugares, é recomendada a redistribuição interna das vagas por esses cursos, assumidos como apostas. @JN

Sem comentários: