Número total de visualizações de página

sexta-feira, 23 de março de 2012

breves

Alunos com necessidades educativas vão passar a fazer os mesmos exames que os outros estudantes.

Tutela quer reduzir a rede para menos de metade nos municípios do Porto, Gaia, Matosinhos, Faro ou Tavira. Escolas das regiões de Lisboa e Alentejo desconhecem ainda as propostas do governo. 

O responsável da Direcção Regional de Educação do Norte (DREN), João Grancho, assegurou, em declarações ao PÚBLICO, que o número máximo de alunos por agrupamento resultante das propostas de agregação de escolas naquela zona do país chega, “num caso excepcional e por hipótese académica”, aos 3700, mas “não atinge, nunca, os 4000”. 

Sem comentários: