Número total de visualizações de página

terça-feira, 4 de outubro de 2011

e assim se implode o ME, senhor ministro???

Nuno Crato avançou hoje que o corte na Educação irá implicar a redução de novas contratações e redistribuição de professores. O Governo português prevê cortar em 2012 o seu orçamento em Educação em mais de 600 milhões de euros, noticia a agência espanhola EFE, citando o ministro Nuno Crato.
Num encontro com a imprensa estrangeira, Crato precisou que esta diminuição na despesa é equivalente a 8% do orçamento total do sector, estimado em 7.800 milhões de euros.

in Económico com Lusa

Sem comentários: