Número total de visualizações de página

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

e porque o Outono chegou...

daqui
Se deste outono uma folha,
apenas uma, se desprendesse
da sua cabeleira ruiva,
sonolenta,
e sobre ela a mão
com o azul do ar escrevesse
um nome, somente um nome,
seria o mais aéreo
de quantos tem a terra,
a terra quente e tão avara
de alegria.
Eugénio de Andrade

1 comentário:

Alice disse...

Parabéns, meninas! O blogue está fantástico.