Número total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

memórias...

Era uma vez uma turma de Humanidades muito curiosa.

De entre todos os elementos, havia um grupo de rapazes por demais divertido, educado e com um sentido de humor peculiar.

Recordo-me de todos, um a um. Enchiam-me a alma de cada vez que estava com eles.

E recordo-me de um dia me terem mostrado um desenho, feito a esferográfica, que era representativo do grupo. Objectivo: tentar adivinhar o logótipo. Pareciam-me duas raquetes de ténis, mas não os sabia admiradores da modalidade. Arrisquei temerária, consciente do erro.

Riram. Não eram raquetes, claro.

Eram duas coxinhas de frango. Ah, bom! Sim, isso eu entendia. Às sextas-feiras eles iam almoçar a uma churrasqueira próxima da escola (manjar providencial em proximidade de fim-de-semana) e alcunhavam-se de “Come Frangos”.

Como o sabor daqueles almoços transformava a desgraça em alegria!!! E como eles tinham a consciência disso!!! E como riam!!!

Hoje são meus colegas, homens adultos, em futuro que certamente saberá sorrir-lhes porque a quem tem esse sentido de humor, a Sorte não pode ser negada.

Um abracinho a cada um dos meus queridos "Come Frangos"!

MC

7 comentários:

Marcelo disse...

Não posso deixar de revelar o sentimento de nostalgia com que fiquei depois da leitura deste texto.
Bem me lembro do desenho, parece que estou a olhar para ele. E tão bem me lembro daquelas sextas-feiras de 2003, onde estas coisas aconteciam como se fossem as coisas mais normais e naturais do mundo! Bons momentos, muito bons!

ESÁS disse...

Nunca esquecemos os bons alunos, os bons professores e, sobretudo, as BOAS pessoas.

EU disse...

Apesar de nunca ter leccionado essa turma, até eu me emocionei ao ler os comentários dos dois "come frangos"!!! Sim porque o nome ficou-lhes para sempre e, pelo menos enquanto por lá andarmos, volta e meia lá vem a lembrança daqueles tempos em que tudo era diferente e havia daqueles alunos que sabiam estar e ao mesmo tempo eram tão divertidos. Uma aula era uma aula, um professor era um professor havia tempo para tudo!

EU disse...

Sinto-me hoje qual Vieira pregando aos peixes!Oh que bem esteve o orador, diante de um público atento, obediente e ordeiro, apesar de irracional! Vedes vós todo aquele bulir, vedes vós todo aquela desatenção? Pois tudo aquilo é não estarem pensando os discípulos que a sua atitude os há-de tramar!

the girl in the other room disse...

Pessoas assim não se esquecem, de facto :)

Luzia Lemos disse...

Estas "memórias" alimentam-nos a alma!
Eu conheci e conheço os "papa frangos".
Partilhei com eles espaço de sala de aula, saberes e amizade.
Ri com eles e também dividi momentos tristes.
Sabem todos eles do que falo- um aviso por telefone e aí estavam a abraçar uma outra Senhora Professora.
Partilharam comigo o "aparecimento" de um grande amigo!

Recordo-os com muito carinho!

Luzia Lemos disse...

Hi, Marcelo!
"Blue" under the rain or snow, sun or....whatever...
Good, great "blue", yes, they are....