Número total de visualizações de página

terça-feira, 30 de novembro de 2010

75 anos depois


Fernando Pessoa morre a 30 de Novembro de 1935.

75 anos depois da sua morte, Pessoa está vivo entre nós.

Paradoxo? É habitual com o poeta.

Na véspera da sua morte escreveu "I know not what tomorow will bring." Ironia do destino!

Nós sabemos o que o futuro lhe reservou: a eternidade.



A morte é a curva da estrada,
Morrer é só não ser visto.
Se escuto, eu te oiço a passada
Existir como eu existo.

A terra é feita de céu.
A mentira não tem ninho.
Nunca ninguém se perdeu.
Tudo é verdade e caminho.

23-5-1932, Poesias, Fernando Pessoa

3 comentários:

Jorge Silva disse...

Fantástico apontamento! Vou partilhar.
E muitos parabéns... este cantinho é recheado todos os dias com os vossos mimos.
Sigo-vos com muita atenção e agrado.

mc disse...

Obrigada, Jorge.
Só existimos por Vocês existirem.

the girl in the other room disse...

A ironia da frase dele é qualquer coisa. Pessoa, o génio.